1º The Modern Guilt Awards

Bom, 2009 esta acabando de fato e eu fiquei pensando que deveria fazer uma premiação antes de terminar o ano, afinal o Guilt foi um báfu só esse ano (para 6 pessoas, rs) e por isso decidi que nada melhor para comemorar um ano incrível que se passou do que uma comemoração báfu. Pensei, pensei nas categorias, dei alguns telefonemas e tudo se resolveu. E com isso eu anuncio a todos vcs leitores do TMG o primeiro The Modern Guilt Awards, edição 2009. Com o meu quereeedo amigo Neil Patrick Harris Barney apresentando o prêmio mais importante das internetis, alôka! Muita gente maravileeeandra, outras nem tanto tmbm, báfus, performances e coiseeetas que vcs só vão descobrir se acompanharem a premiação até o final, estão preparados? Prometo que vai ser melhor que o Oscar, mais divertido do que o Emmy, mais outting do que o Tommy, com apresentaçáns mais dignas do que o Grammy e menos injusto do que o Golden Globe. Então vamos lá, The Modern Guilt Awards 2009…entre por favor!

Hoy do ano

<Alexander Skarsgard>

Alguém aqui, leitor do Guilt, tinha alguma dúvida de que ele ganharia o prêmio de Höy do ano? Hein? Alexander Skarsgard…entre por favor e venha buscar o seu prêmio de mordida demônia do báfu sangrento do ano! Clap Clap Clap

Toda cagada do ano

<Ririhanna>

Riri querida é pra vc mulher! Ganhou disparada na frente de todas as outras que tmbm se esforçaram muito em busca do prêmio em formato de cocô do ano (siam, essa categoria tem um formato especial de troféu). Scarlet Johanson e Nicole Kidman ficaram em segundo e terceiro lugar na categoria…talvez, se vcs se esforçarem mais, quem sabe o ano que vem vc levam neam? Clap Clap Clap Riri, pelo conjunto da obra do ano, decotes vulgares, tecidos de quinta, quadril de 2 metros sempre marcado e trabalhado na celula e quase sempre um peitcheeenho assim meio no sweet scape. Ou seja, ninguém conseguiu superar o números de vzs em que ela saiu de casa toda cagada durante esse ano todo. Ti dedico esse prêmio e garanto que ela é séria concorrente a se tornar a grande vencedora nessa categoria épica por muitos e muitos anos. Riri pede para agradecer a Ropahrara por seu posto de rainha da marca.

Listen Up! do Ano

<Music For Men, The Gossip>

Music For Men, do The Gossip! A banda ahazÔ com o seu Segundo álbum que é delicioso do começo ao fim, sem contar o vocal báfu da Beth Dito que esta ainda mais incrível do que nunca, fora o fundamento fashion dela que é sempre um báfu, com direito a coleção assinada por ela mesmo e tudo mais. Clap Clap Clap!

Banda Báfu do ano

<Kings Of Leon>

Kings of Leon entre por favor! HOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOY! O cd pra mim já parece meio antigo e só por isso não empatou com o The Gossip no quesito Listen Up de tão incrível que tmbm é, mas o que a banda ahazou esse ano não tem como negar neam? Fora que o Calleb ficou em segundo lugar no Höy desse ano, forte concorrente desde sempre, mesmo com aquele cabelo exótico e físico de grilo de quando eles surgiram. Mesmo com namoro do Calleb e a angel  que é meio óbvio, mas é meio assim tmbm neam? Não sei se eu acredito. Mas eles tocaram em todos os lugares, programas e festivais importantes (menos aqui no Brasil, uma decepção na minha vida, o que quase me fez não dar esse prêmio para eles, mas é claro que eu não resisti porque This Sex Is On Fire, rs) e por isso vão levar o prêmio importantíssimo para casa. Clap Clap Clap Höy!

Trucón do ano

<Casal Twillight, NOT>

Eu acho uó ter que falar isso, tipo outting público neam? Mas só não pega o fundamento quem não quer neam? Clap Clap Clap e o prêmio vem em formato de chuva de tomates podres por toda essa mentira da publicidade de Hollywood (vamos pensar em dar uma capa de chuva para proteger o Robert, mas ainda vamos pensar no caso)

ps: descobri esses dias que a Kirsten fez Into The Wild…o que quase me fez repensar esse prêmio, pq é um filme muito do incrível hein? Fikdik

Euqueroporquequero do ano

<os casacóns da Givenchy>

Eu sempre quero muitas coisas…mas esse Givenchy me fez ficar de cara pensando em estourar os cartões de crédito todos eles só para ficar um pouco mais parecido com o David Bowie, que já usou algo parecido nos 70’s. Chorei lágrimas de diamantes!

Maravileeeandra do ano

<Alexa Chung>

Alexa Chung nos mostrou o que é ter estilo durante quase o ano todo com o seu maravileeeandro e injustamente cancelado It’s On MTV. Seu sotaque britânico + shoes incríveis + looks báfus + namorado roqueiro + um sofá repleto de estrelas garantiu a minha muse Alexa o prêmio Maravileeeandra do ano, no formato de uma foto polaroyd de Coco Chanel antiga & vintage e os pergaminhos  com toda a modelagem secreta de YSL. Clap Clap Clap, e vê se volta logo com outro progama báfu pra gente ahazar tah gata?

ka ke ki ko ku do ano

<o tombón da Geylo>

Foi o tombo da Geylo neam? Sem dúvidas, o tombo mais merecido ever, queremos pelo menos um desses por mês pra rolar de rir da cara da bruxa do oeste latino, Geylo! Clap Clap Clap…e o seu troféu tropeço vem em forma de rasteira, que é pra ela cair de novo no palco e todo mundo ter mais uma chance de rir mais uma vez da cara dela neam?

Ricah do Ano

<Lady Gaga>

GagaOhhLala, want your bad romance! E qual outro nome vc mais ouviu falar durante todo esse ano? Nem Amy, nem Madonna, nem Britney conseguiram tombar com ela que teve provavelmente 2009 como o ano da sua vida. Teve vídeos báfu, looks exóticos, muito ombro marcado, o clipe báfu de Paparazzi e Bad Romance que chegou para ficar pra sempre na cabeça de todo mundo e virar coreô obrigatória na pixxxta. Achei chic, achei ricah. Clap Clap Clap e esse prêmio eu faço questán de entregar pessoalmente para a minha futura BFF, que promete ser a apresentaçón báfu do ano para marcar a primeira edição do The Modern Guilt Awards 2009. Momento histórico e pure art…promete ela, alôka!

CoffeE & TV do ano

<Dexter>

Dexter, True Blood, Glee, Nurse Jack. Talvez uma delas deva sair vencedora da noite. True Blood só não vai levar porque aquele final de temporada foi uó neam? Nurse Jack foi uma das melhores estréias do ano, e trouxe de volta a eterna Carmela Soprano no formato nurse viciada em painkillers, que foi bem báfu tmbm. Glee foi uma das estréias mais diverteeedas e foufa do ano e como eu já disse, acho bem burra a comparação com o musical da Disney. E Dexter que teve uma das melhores temporadas do ano e com um final bafônico que ninguém estava esperando, foi a série que mais me deixou ansioso aguardando a cada semana o novo episódio e por isso, Dexter, entre por favor que o prêmio é seu! Clap Clap Clap (o prêmio dele é uma plaqueta de acrílico fluo com uma gota do meu sangue, ui!)

Chocho do ano

<Unibane e a paulêmica do vestideeenho>

Como eu não achei o vestidón em questão nada digno, resolvi trocar por esse aqui que é bem melhor, fikdik

Unibane levou neam? Com a paulêmica do vestideeenho cafona da querida futura madreeenha de bateria, Geyse! Clap Clap Clap (esse prêmio será enviado via Sedex pq não queremos esse tipo de gente violenta, agressiva e intolerante em a nossa festa)

Tah magrona, tah gatona, tah gostosa do ano

<Fernanda Young>

Fernanda Young que quase foi tombada por Margie Simpson, mas é claro que ter uma mulher inteligente, criadora da deliciosa Vani de Os Normais e talentosa como Young na capa da Playboy é uma coisa raríssima, e por isso o prêmio é dela, que tah magrona, tah gatona e tah gostosa merrrmo! E que mostrou que é possível ser uma mulher mega culta, engraçada e belíssima ao mesmo tempo! Clap Clap Clap (e seu prêmio é em formato de corset que eu acho chic e vc tmbm)

Euri do ano

<Party Down/The Hangover>

Party Down… a série é uma comédia sensacional que eu recomendo para todos vcs. Engraçada mesmo, com atores incríveis e histórias absurdas de garçons wannabe actors da Califórnia.Mas aqui rolou um empate, pq The Hangover foi um dos filmes mais engraçados que eu já vi na minha vida e olha que esse nem é meu gênero preferido. Clap Clap Clap, Bradley Cooper sobe ao palco para receber o seu merecido prêmio ao som de um Hoy coletivo ao lado da super talentosa Jane Lynch!

Foufurices do ano

< Kingston & Zuma/Violet & Seraphine>

Kingston e Violet, com seus nano irmãos foufurices Zuma e Seraphine sem nenhuma dúvida são os maiores merecedores dessa categoria (Sorry Suri de salto alto!). Essas criatureeenhas foram as coisas mais foufas que passaram aqui no Guilt durante o período de sua existência. Kingston é nosso rei, Violet nossa rainha e sonhamos com o dia em que os dois se encontrarem na caixa de areia do play. Imagino Loving You tocando ao fundo e um amor de infância surgindo a partir desse encontro maravileeeandro! E os irmãos Zuma e Seraphime seguem o mesmo caminho das foufurices dos irmãos mais velhos. Clap Clap Clap, o prêmio jujubas do Guilt é de todos vcs, foufos mil!

Chorei lágrimas de diamantes do ano

< Show do Radiohead em SP>

Esse ano eu estive mais sensível do que nunca por muitos motivos. Mas nada me emocionou mais do que o show do Radiohead na Chácara do Jockey em SP. Foi o show mais emocionante e maravileeeandro ao vivo que eu djá vi e acho difícil de alguma outra banda conseguir superar o hype pra mim. Chorei igual criança e me emocionei do começo ao fim do show com Creep fazendo fundo para a minha despedida do encontro emocionado com Thom Yorke, que eu amo desde muito tempo. Clap Clap Clap, o prêmio In Rainbows é do Radiohead e formato de lágrima de diamantes.

Wannabee dos ânus

<Xunior Lisma e Felipolus Solarium>

No comments, uíam!

Suzy Vieira Solto do ano

< Suzy Vieira >

Suzy Vieira Solto do Ano é tipo o prêmio de bruxa má super vilão do ano, o prêmio poderia ser do Eric de True Blood, Ben de Lost, Sonia Abrão e por ai vai…mas achei melhor dar o premio para a propria Suzy, por ser o nome do prêmio e porque ela fez por merecer, como sempre neam? Branca Feelings!

Movie/Doc do ano

<Where The Wild Things Are/The September Issue>

Nessa categoria teremos dois prêmios, o filme do ano que vai para Where The Wild Things Are e toda a sensibilidade e foufura que Spike Jonze transformou o livro ilustrado de Maurice Sendak, que já era bem foufo. E o doc incrível The September Issue, que foi o acontecimento do ano, já assisti umas 3 vzs e sempre me emociono com a  Grace Coddington, que eu sonho um dia ter como minha mentora. Clap Clap Clap, e os dois sobem ao palco de mãos dadas e me dão um beijo duplo de foufureeenhas foufa.

Jogaçón do ano

< Planeta Terra 2009, Playcenter>

Planeta Terra! Me senti adolescente, aos 13 again e foi bem báfu. Blame todas as atrações incríveis e o set báfu do N.A.S.A, que sobe ao palco para receber o prêmio! Clap Clap Clap, com Spike Jonze documentando tudo (que foi apenas o  nosso primeiro encontro), é claro!

Coleçón do ano

<Viktor & Rolf – Verão 2010>

Viktor & Rolf…speechless! Aquelas zilhões de milhões de camadas por todos os lados, com aqueles buracos e Roisin Murphy cantando na trilha do desfile me emocionou. Clap Clap Clap!

Runaway do ano

< Alexander McQueen – Verão 2010 >

McQueen conseguiu equilibrar todo mundo naqueles saltos absurdos, em sua viagem ao fundo do mar com o monstro da lagoa. Foi incrível e eu djá disse isso aquiam, mas para quem não viu ainda, sempre vale a pena. Detalhe, foi o début de Bad Romance, que encerrou o desfile ahazando.

Catwalk do Ano

<Lara Stone>

Lara Stone reinou em todas as publicações desse ano, e nada mais justo do que o prêmio de catwalk do ano ir para ela, que além de tudo é minha companheira de viagem para a Russia (alôka) ao lado da Lady Gaga!

Capa do ano

< Beth Dito – Dazed & Confuzed >

Beth Dito ahazô na capa da D&C de maio, que foi a capa mais diverteeeda do ano. E a mais dramática tmbm)

Fikdik do ano

< Vampire Feelings >

Ninguém mais aguenta essa linha vampire feelings que anda rolando por ai neam? Já deu neam meopovo? Vamos procurar outro assunto, outras coiseeenha pq essa linha presas grandes já cansou…Exceto por True Blood, que tem outro fundamento tmbm e  além disso é criação do Allan Ball, o que só por esse nome  já diz muito do nível da série.

Prontofalei do ano

< Post “The (ex) Office” >

Para quem não viu aindra,  o post do The (ex) Office foi o mais legal ever da história do Guilt. Clap Clap Clap! Essy sobe ao palco vestindo Dior Homme Vintage, Gravatas Borboletas e Sneakers Lanvin!

Comofaz do ano

<The Modern Guilt by Essy>

E o último prêmio da noite vai para o The Modern Guilt em si, ou seja eu mesmo, por toda a diversão que ele vem me proporcionando durante a sua ainda curta existência e eu espero que para vcs tmbm pq eu me divirto pencas aquiam. Clap Clap Clap! Todos de pé aplaudem e gritam desesperadamente o nome do blog! Rá!

E assim, com essa premiaçán báfu terminamos a primeira edição do The Modern Guilt Awards! E agora licença que é hora da after party que eu estou jurando que vai ser báfu! Vejo vcs todos em 2010! Smacks

Essy, The Modern Guilt

Etiquetas: , ,

13 Respostas to “1º The Modern Guilt Awards”

  1. Leo Says:

    Melhor premiação do ano! Achei bem justa

  2. Mike Says:

    kkkkkkkkkkk

    Eu ri muito com a sua premiação

  3. Murilo Says:

    Sensacional! Todas as categorias muito bem representadas

  4. Jana Says:

    Primeira grande gargalhada do meu ano!

  5. Meyre Says:

    Hahahahahahahahaha! Faça sempre a sua premiação que eu adorei!

  6. Diego Says:

    Eu achei uma delicia de premiação, a apresentação de Gaga foi babado! Muito melhor do que o Oscar

  7. HO HO HO « The Modern Guilt Says:

    […] tenho a minha própria premiação, não sabia? Então Check-ch-check-check-check-ch-check it out, ano 1 e ano 2 da premiação mais sensacional de todos os tempos. E não tem Grammy, Emmy, Oscar, Golden […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: