Paper Heart, um filme de amor para leigos

Amor para leigos. Não consigo pensar em uma definição melhor do que essa para “Paper Heart” filme de Nicholas Jasenovec, que é pura foufurice foufa.

Primeiro que o filme começa com uma grande questão, que é a pergunta que não quer calar da protagonista dp filme: o que é o amor hein?

Ou melhor: What is love?

Baby Don’t hurt me, don’t hurt me, no more…

Desculpem a piada infame (estou tendo problemas com piadas infames por esses dias), mas eu senti a necessidade ridícula de cantar essa música agora. Blame 90’s e essas músicas chicletes.

E com essa pergunta na cabeça e um clima de documentário, nós passamos a seguir a vida de Charlyne Yi (que é a personagem principal do filme e tmbm foi escritora dele ao lado do ditetor), que viaja pelos USA (e um pouco do mundo tmbm) a procura de uma resposta concreta sobre o assunto, ou quem sabe algo que a faça entender melhor essa questão.

Entre especialistas, professores, amigos e casais apaixonados, ela vai ouvindo as mais diversas teorias sobre esse sentimento que nos faz querer estar com alguém (awnnn!). Achei bem digno quando um dos professores usa a ciência para tentar explicar para ela como que acontece a atração entre as pessoas e tudo mais e no final de tudo ele diz que apesar de todo o conhecimento da ciência, existe tmbm um pequeno toque de magia que acontece quando vc se apaixona por alguém, algo um tanto quanto inexplicável. Foufo mil.

Enquanto a menina segue a sua busca, ela acaba conhecendo o Michael Cera (que eu AMO) e a partir dai um romance entre os dois começa a acontecer. Mas nada muito convencional e nem bocó como de costume.

O delicioso do filme é que vamos descobrindo esse sentimento junto com Charlyne e vamos acompanhando o crescimento de tudo isso, o que eu achei bem divertindo e sensível tmbm. E o filme passa por todas as etapas, do começo ao fim do relacionamento, melhor dizendo.

Ao longo do filme, temos o depoimento de vários casais apaixonados, geralmente casais com mais idade. E eles vão contando a sua história de amor, que é ilustrada no filme com uma espécie de teatro de marionetes/fantoches de papel, onde os bonecos passam a interpretar a história  que o casal esta nos contando. Foufo mil!. E tudo isso feito de forma simples, quase que precária, com quase nada de recurso e muita criatividade. O resultado são cenas maravileeeandras e completamente lúdicas.

Uma das que eu mais gostei, foi a do casal onde o marido estava na guerra e que voltou para o nascimento do seu filho, onde quando ele chegou no quarto de hospital e viu deitados na cama, a mulher da sua vida juntamente com o seu filho que tinha acabado de nascer, ele não aguentou e desmaiou, literalmente. (euri)

E tem tmbm a cena do parque, com as crianças explicando o que é o amor para elas e o que elas entendem por esse sentimento. E com estamos falando de crianças, as respostas são as mais absurdas possíveis.

Por ter sido feito com essa característica tão forte de documentário, onde o próprio diretor do filme, no filme é interpretado por um ator, as histórias vão se confundindo e desde o começo vc passa a achar que aquilo é real.

O filme é simples, muito simples na verdade, com poucos recursos e uma excelente idéia eles conseguem resolver aquilo de forma muito digna, talvez criando um novo conceito de história de amor. Conceito esse que eu acho bem mais interessante, fikdik.

No final, somos poupados de mais um encerramento de história óbvio e ganhamos a versão interpretada por bonecos (como nas demais histórias), sobre o que enfim aconteceu com o casal Yi & Cera.

E achei bem chic  ela ser a heroína com os braços fortes, no final, rs.

Foufo mil!

Etiquetas: , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: