Episodes – É, não foi dessa vez Matt LeBlanc

Uma série que traz a volta de um dos astros de Friends (interpretando ele mesmo) não pode simplesmente ignorar esse fato e decidir coloca-lo no ar por apenas alguns minutos em seu episódio piloto, não é mesmo?

E é exatamente isso que acontece com a nova série do Showtime, algo que eu considero imperdoável. Ainda se a série fosse boa mesmo sem ele, ainda vai neam? Mas não é, fikdik.

O elenco é fraco, bem fraco. As piadas não funcionam e em alguns momentos chegam até a ser ofensivas. Por exemplo quando o Mark faz piada sobre um documentário com crianças com síndrome de Tourette (shameonyou), ou quando o chefe e dono do canal de tv faz piadas intermináveis e sem a menor graça com a sua mulher que é deficiente visual (shameonyou2).

E não me entendam mal, porque todos vcs sabem que eu adoro comédias de absurdos e textos politicamente incorretos, desde que sejam inteligentes, mas esse não é o caso da série, não mesmo. Em Episodes, essas piadas parecem mais de mau gosto do que qualquer outra coisa e esse tipo de humor não me agrada.

Matt LeBlanc eu achei que se arriscou demais interpretando ele mesmo na série. Porque todos nós temos aquela imagem dele como um cara divertido, bacana. O Joey neam? Mas na série ele passa longe de tudo isso e o seu personagem chega perto de se tornar um ator arrogante e medíocre qualquer de Hollywood. Mas será que ele é assim mesmo? Espero que não, porque durante os 10 anos de Friends ele me enganou direitinho, humpf!

O casal protagonista é bem fraco também. Ele ainda é melhor do que ela, um pouco mais engraçado e caricata, mas mesmo assim não cola.

E aquela abertura hein? Achei podre…

Estava ansioso para ver o Joey de novo, mas com apenas 2 eps toda essa ansiedade passou. Preguiça…

Melhor aguardar pela série do Chandler e rezar para que a decepção não se repita.

Talvez a história ainda fique melhor a partir do momento que eles começarem a filmar a tal série dentro da série (confuso, eu sei), o que ainda não aconteceu nos dois primeiros episódios, outro grande erro. Um grande risco porque talvez até lá, muita gente já tenha perdido a paciência assim como eu, que não gostei de nada do que eu vi até agora, fikdik.

O promo engana muito bem e faz a série parecer mais engraçada do que ela realmente é (ou pelo menos do que foi até agora), recomendo então à quem se interessar em ver Episodes, que pule os dois primeiros e comece a assistir a partir do próximo ainda inédito (1×03), que quem sabe fica melhor neam?

Etiquetas: , , , , , , , ,

22 Respostas to “Episodes – É, não foi dessa vez Matt LeBlanc”

  1. Ricardo Says:

    Esse humor é mais The Office do que Friends. As piadas são mais elaboradas e em torno de situações que, intencionalmente, são desagradáveis. Eu gostei do projeto. FIKDK.

    • Essy Says:

      Sim, mas com a diferença de que em The Office eu consigo rir, o que não aconteceu até agora em Episodes.
      Mesmo não esperando nada como um novo Friends (mesmo porque isso o LeBlanc já tentou em Joey e não deu muito certo) eu continuo achando a série fraca. Bem abaixo das demais comédias do Showtime (Tara, Nurse Jackie, Big C) e acho imperdoável aquele episódio piloto, que é a nova série Matt Leblanc, mas que ele quase não aparece. Comofaz?
      Ainda vou dar uma chance pq quero ver o que vai acontecer quando eles estiverem finalmente gravando a tal versão do seriado inglês (do casal que eu acho meio bocó tmbm), mas se continuar nesse ritmo, eu não sei se vou resistir até lá. Preciso reafirmar que eu adoro o Matt LeBlanc, mas acho que ele esta correndo um grande risco vivendo ele mesmo na tv, ainda mais se ele for mesmo daquele jeito que estão pintando em Episodes.
      Não achei as piadas tão bem elaboradas assim, achei sem graça meeesmo. Piadas elaboradas como em The Office que vc mesmo mencionou, como em The Big C que é do mesmo canal, ou até mesmo como na escrachada e politicamente incorreta It’s Always Sunny in Philadelphia, que não tem um humor muito comum e fácil de digerir, isso eu ainda não consegui enxergar na série, fikdikdenovo, rs

  2. É, realmente eu não consegui achar graça em Episodes « The Modern Guilt Says:

    […] Episodes, a nova série do Joey de Friends, não deu pra mim. E eu bem que tentei hein? Mais uma vez, sorry Matt […]

  3. Joana Says:

    A série não é sobre o Matt e sim sobre oc asal de roteiristas.
    E o caso do documentário sobre crianças não foi uma piada, a cena foi feita, não para rir, mas para criar um desconforto da roteirista com Matt. Assim como a cena em que o chefe da Tv faz piadas com a mulher….não era mesmo para ter graça, mas para mostrar como ele é um canalha…..Acho que você não entendeu NADA…ficou esperando Friends e siplesmente não entendeu a série, que tem um humor mais sarcástico e inteligente. É, não é pra todo mundo

    • Essy Says:

      Sobre um casal de roteiristas chatos demais, sem carisma e irritantes, diga-se de passagem. Fora isso, eu não consigo ignorar o fato do Matt interpretar um versão escrota dele mesmo. Como eu já disse nesse post antigo (tisc tisc), acho esse caminho arriscado.
      Quando vc interpreta alguém vc ganha uma escudo. Melhor, vc ganha uma armadura. Agora quando vc interpreta vc mesmo, é como se vc estivesse nu e digamos que essa imagem do Matt não foi das melhores. Decepcionou…
      Ironia, desconforto, sarcasmo, todos nós frequentamos essa escola e talvez eu seja da classe do Chandler Bing (rs), então não me diga que eu não consegui entender hein?
      O problema é quando esse desconforto se torna muito maior do que a piada e ai nada funciona. Esse tipo de humor eu não acho inteligente. Já viu Louie? Fikdik de um humor do desconforto inteligente…
      Continuo achando Episodes uma grande porcaria e não entendi nada das indicações da série para o Emmy.
      Mas quando eu vejo que séries que eu AMO como Fringe, SOA ou Community sendo completamente ignoradas novamente pela premiação, eu me convenço ainda mais que estou do lado certo da força.

  4. Joana Says:

    Eu não falei que tinha graça…só falei qeu você não entendeu a parte do chefe do estudio fazendo piadas com a própria mulher…onde ninguém da mesa ria….obviamente isso NÃO era uma piada…..Eu gostei….não é pra ser pastelão e concordo que não é um humor absolutamente genial…ams está muito longe de se ruma porcaria

    • Essy Says:

      Bom, já assumiu que não tem graça, então esse já é um ponto ao meu favor, rs. Confirmou!
      Agora esse seu “não entendeu” foi o que eu achei mais injusto no seu comment. Chegamos a conclusões diferentes e isso esta longe de ser algo como um simples “não entendeu”…
      Não fui assistir a série esperando o novo Friends não viu? Que isso até mesmo o Matt tentou no passado, com a sua flopadíssima Joey, que não deu certo é claro.
      Fui com a expectativa de assistir coisa boa e no entanto, acabou não acontecendo.
      Não era para ser pastelão, mas tinha que ser no mínimo engraçado, e pra mim não foi.
      Não acho também que esta muito longe de ser uma porcaria, acho que está ali do lado, pau a pau com a porcaria, rs
      Pra mim definitivamente não deu…tanto que eu nem assisti tudo. Preguiça…

  5. Alberto Says:

    Vi todos os Episódios na espera de que pudesse ter salvação, realmente gosto do Joey e queria ver outra serie boa com o Matt.

    Ele realmente se arriscou muito, a serie foi muito ruim, mas muito mesmo.

    Capaz de ele ter tentado dar uma de Charlie Sheen, cara bonzão, rico e pegador, o problema é que ficou um cara escroto (desculpe a palavra mas é essa mesmo), desesperado pra fazer uma serie qualquer (a serie que acontece dentro de Episodes).

    Tomara que saia alguma coisa realmente boa pro Matt fazer, mas acho que depois dessa ele se queimou um pouco.

    • Essy Says:

      Adoraria tabmém ter tido uma experiência positiva com a nova série do Matt, mas não rolou…
      Achei mesmo que ele se arriscou demais e sem muita necessidade, interpretando ele mesmo como um douchebag, acabando com aquela imagem que a gente tinha dele do passado e não de uma forma positiva.
      Um risco que talvez ele só saia ileso porque a série não é das mais populares…(embora já tenha rendido indicações)
      Mas esperamos algo melhor vindo dele, ou que pelo menos ele seja uma pessoa melhor do que aquele escroto (ok, está perdoado pela palavra) que vimos em Episodes.

  6. A lista preguiça dos vencedores do Golden Globes 2012 « The Modern Guilt Says:

    […] Matt LeBlanc, Episodes […]

  7. matheus Says:

    Eu gostei da 1 temporada

  8. Mario Henrique Says:

    A série é tão fraca que foi renovada pra uma segunda temporada, além de ser indicada ao Globo de Ouro de melhor série de comédia e também ter a fraca atuação de Le Blanc, que foi indicado á um Emmy e levou um Globo de Ouro.

    É uma série de outro nível, com um humor de outro nível, e com uma metalinguagem deliciosa, porém complicada para alguns. Por isso alguns leigos que não vêem aquele humor escrachado, com claques e tombos, logo acham que a série é fraca.

    PS.: Um texto fica impossível de ser levado a sério e/ou respeitado quando o autor usa “fikdik”, “neam” ou “humpf” em cada parágrafo.

    Abraço!

    • Essy Says:

      Aconteceu tudo isso sim, mas a minha opinião continua a mesma em relação a Episodes. Até tentei assistir um ou outro episódio para ver se eu mudava as minhas impressões, mas não rolou. Humpf! (irritando vc, Vol.1)

      E também não dá para levar o Globo de Ouro a sério (em uma categoria de comédia que não tinha ninguém de Community ou Parks and Recreation, por exemplo), ainda mais com aqueles concorrentes na mesma categoria, neam? (irritando vc, Vol.2)

      Ainda acho que ele levou porque a concorrêcia estava fraca e também por alguma memória afetiva dos tempos de Friends antigo. Fikdik. (irritando vc, Vol.3, mas essa eu nem uso mais tanto assim…)

      Mas tem gosto para tudo nessa vida, até para os tipos cabecistas e quem gosta de uma metalinguagem de vez em quando. Eu prefiro rir em séries de comédias (que eu acredito que o propósito seja achar graça), ou pelo menos ter vontade de rir, só por eles terem pensando em algo tão absurdo ou usado uma referência qualquer, mesmo que eu não acabe de fato rindo.

      Outra coisa que não dá realmente para levar a sério é a linguagem do Guilt. Estou escrevendo um blog informal, com humor e cheio de opiniões e impressões pessoais, e não uma bula de remédio ou o meu trabalho de conclusão de curso. Se for por esse lado, vc não vai conseguir me entender (e talvez o “esforço” não seja necessário, a não ser que a sua intenção seja se tornar uma pessoa mais bacana, rs)

      Abraço!

  9. Raphael Says:

    No globo de ouro o Matt “só” concorreu com Alec Baldwin – (30 Rock) o David Duchovny ( Californicatione) o Johnny Galecki (The Big Bang Theory) concorencia ele tinha sim e muita !!!!!

    • Essy Says:

      Só vejo uma possível concorrência com o Alec Baldwin (que deveria ter levado), porque todo mundo sabe que o Leonard é o elo mais fraco de The Big Bang Theory, o mais chato da turma, neam? rs
      E Californication deveria ter encerrado a sua história no final da Season 4, que já estava bem arrastada, mas teria sido ok.
      Matt ganhou prêmio de consolação pelo conjunto da obra e eu achei que ficou mais do que na cara…

  10. Marco de A. Filho Says:

    Cara, sinceramente to achando a série muito show!! Estou chorando de rir com o Matt.. muito engraçado! Realmente foi um pouco estranho no começo ele se passando por ele mesmo dessa forma ” escrota “, mas é porque eu estava esperando algo parecido com FRIENDS. A série está ótima pelo fato de fugir completamente do esperado.. Indico a todos!!

    • Essy Says:

      Estava até com vontade de ver alguma coisa da Season 2 de Episodes, mas a preguiça sempre acaba falando mais alto no meu caso, rs.
      Jura que melhorou tanto assim?
      Tudo bem as indicações que a série acabou levando, devem mesmo ter dado uma animada na produção.
      Não gostei mesmo da primeira temporada. Mas vc recomenda algum episódio do tipo bem bom dessa Season 2, que possa me fazer rever meus conceitos em relação a série?

      • Marco de A. Filho Says:

        Melhorou bastante!! Eu ri demaais com o 8º episódio,kkkkkkk, mas é interessante você assistir todos pra não se perder.. garanto que não vai se arrepender!!!

      • Essy Says:

        Vc sabe que na summer season nem precisa fazer muita força para me convencer a ver qualquer coisa, neam?
        Vou tentar ver pelo menos esse então… (Thnks!)

  11. Léo Says:

    A opinião de uma pessoa que escreve “fikdik” e “shameonyou” vale menos do que nada. Além do mais, a série é ótima, feita para pessoas que gostam e ENTENDEM piadas sarcásticas e sujas,

    • Essy Says:

      Leo…

      Nesse caso, a opinião de quem naquela época escrevia “fikdik” porque hoje não escreve mais (shameonyou eu continuo escrevendo, inclusive repito agora para vc: #shameonyou), valeu no mínimo esse seu comment, que embora não tenha sido dos melhores, fez vc parar a sua vida azeda para passar aqui e descontar sua raiva.

      E nem todas as pessoas que ENTENDEM piadas sarcásticas e sujas, vão gostar de Episodes. E acredite, sou uma delas! #Fuén

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


<span>%d</span> bloggers like this: