Editorial para a Vogue inspirado nos anos 40, com a Lara Stone, a Frida Gustavsson e o Alexandre Skarsgard (Höy!) e ainda com a assinatura da Grace Coddington, é muita, mas muita covardia!

Não sei nem para onde olhar em uma hora dessas.

Talvez o post com o título mais longo do Guilt. Mas tinha que ser, para tanta magia assim reunida em um único lugar, não tinha como ser diferente. Höy!

Tá vendo o porque que a Grace Coddington é muse e não decepciona, mostrando ainda que além de tudo, tem um bom olho para a magia hein? Clap Clap Clap!

Spellbound, para a Vogue US de Julho by Peter Lindbergh

Etiquetas: , , , , , , , , , , , , ,

6 Respostas to “Editorial para a Vogue inspirado nos anos 40, com a Lara Stone, a Frida Gustavsson e o Alexandre Skarsgard (Höy!) e ainda com a assinatura da Grace Coddington, é muita, mas muita covardia!”

  1. Letícia Says:

    vc notou que tem o vestido de andorinhas que a Michele Williams usou (não lembro em que evento)? bjs

  2. Francine Barbosa Says:

    Ai, tava reconhecendo o vestido Dove (rs…), mas não sabia de onde, tks Letícia!

    E achei esse ensaio um clima tão Hitchcock ❤ (tem retrospectiva completa dele: http://www.mostrahitchcock.com.br/)

    bjos

  3. Elenice Ginar Says:

    A palavra “classe” fotografada.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: