The Edge Of Glory – o video mais simples porém honesto de Gaga

The Edge Of Glory é simples, direto e porque não emocionado?

De última hora, o até então diretor do video Joseph Khan foi dispensado por discordar da visão artística da cantora e Gaga assumiu a frente do projeto como diretora com a sua Haus Of Gaga.

Dizem que a música foi feita para o seu avô que morreu recentemente e o video vem carregado de uma melancolia no olhar dramático de Gaga, que esta para poucos sorrisos. Dizem também que esse é o prédio onde ela vivia em NY (ou um prédio semelhante, já que depois do ep no 60 minutes, nós descobrimos que ela não foi bem vinda por lá, rs) antes da fama e de onde saiu todo esse fundamento.

Assistindo ao video, a princípio vc percebe que ele é inegavelmente mais simples do que qualquer um dos seus últimos videos, mas isso não significa que é ruim. Com um single tão poderoso, Gaga só precisou de muita fumaça, uma iluminação antiga e um climão 80’s para mostrar o seu limite. E o  figurino (o estampado) é da última coleção assinada pelo próprio Versace antes de ser morto na década de 90, vintage. Cool!

Como a música fala de solidão, Gaga aparece sozinha, dançando solta, sem coreô marcada certa e talvez esteja mesmo fazendo uma homenagem a uma época onde tudo em sua vida era menor e mais simples. Uma homenagem a sua casa também, NY, que obviamente poderia ter sido mais explorada além de um beijo no chão, mas eu acho que ela tentou ser mais literal do que sair correndo pelas ruas de NY explorando os cenários mais famosos da cidade (o que eu acho que seria sensacional e era o que eu estava esperando, fikdik).

No video aparece também o saxofonista qué é uma lenda de NY, Clarence Clemons, que tocou anos ao lado do Bruce Springsteen e que atualmente se recupera de um enfarto, para quem ela pediu energia gracinha do CFDA Awards, quando ganhou o prêmio de Fashion Icon, dias atrás. Ou seja, pode até ser simples, mas tem fundamento!

O problema é que Lady Gaga cresceu de forma assustadora e talvez por isso o video tenha ficado devendo em fundamento e grandeza, mesmo com toda a história foufa por trás da produção. A cada no video, todos esperam por algo novo, maior e com aquelas imagens sensacionais e absurdas que atualmente só ela consegue fazer, mas dessa vez o apelo foi mais, simples, direto e até mesmo emocionado, como eu disse no começo do texto.

Eu bem fiquei esperando ela correndo na ponte do Brooklyn, como em cenas daquele outro video dela em parceria com o Google Chrome, que saiu no mês passado e que tinha “The Edge Of Glory” como trilha (e que eu AMO!). Será que aquelas imagens faziam parte do fundamento do Joseph Khan, antes de ser dispensado? Pq não me pareceu que aquelas cenas nas ruas em NY foram produzidas apenas para o Google Chrome, hein? Humpf!

Ao certo eu não sei se o video ficou simples demais pelo drama do diretor, se foi proposital, ou se Gaga economizou no fundamento dessa vez, mas fato é que ao ovir “The Edge Of Glory” todas sentem a emoção da música e já pensam em sair fazendo performances por ai que eu sei hein?

Vejo todas penduradas na sacada e fazendo o catwalk pela vizinhança, rs

PAWS UP!

ps: eu só eu achei que ela se inspirou no Tr3vor para essa coreô, hein? Quem sabe não foi até uma homenagem hein? rs

Etiquetas: , , , , , , , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: