A lista preguiça dos vencedores do Golden Globes 2012

Engolir a lista de indicações do 2012 Golden Globes Awards já foi bem puxado. Agora, vcs estão preparados para a lista com os vencedores? Porque nós vamos ter que comentar hein?

Primeiro, vamos ver os vencedores nas categorias de cinema:

Melhor Filme de Drama

“The Descendants”

Dizem que é ótimo, mas eu não assisti ainda e talvez nem assistiria se não fosse o prêmio. Agora fiquei curioso e entrou para a minha lista de filmes que eu tenho que ver antes do Oscar.

 

Melhor Ator em Filme de Drama

George Clooney, “The Descendants”

Ok. Eu ando com preguiça do George Clooney e acho que ele tem cara de quem tem bafo de café, prontofalei. (sorry!)

Melhor Atriz em Filme de Drama

Meryl Streep, “Iron Lady”

Meryl sempre é indicada e quase nunca ganha só porque não dá para ficar premiando a mesma pessoa toda hora. O que é sempre uma pena, pq ela é sempre ótima. 

 

Melhor Filme de Comédia ou Musical

“The Artist”

Esse dizem que é realmente maravileeeandro e que faz a linha do fundamento antigo do cinema, e eu estou bem curioso para ver. 

 

Melhor Ator de Filme de Comédia ou Musical

Jean Dujardin, “The Artist”

De onde a gente conhece esse Dujardin, hein?

 

Melhor Atriz de Filme de Comédia ou Musical

Michelle Williams, “My Week With Marilyn”

O que deixa bem claro que a briga pelo Oscar de melhor atriz esse ano estará entre ela e a Meryl, ou seja, ficaremos felizes de qualquer forma. 

Melhor Animação

“The Adventures of Tintin”

Espero mesmo que seja bem boa, porque eu estou louco para ver!

 

Melhor Filme em Língua Estrangeira

“A Separation” (Irã)

 

Melhor Ator Coadjuvante

Christopher Plummer, “Beginners”

Awnnnn! Fiquei tão feliz com o prêmio para ele? Mais do que merecido, porque aquele seu personagem é adorável. E vc não viu “Beginners” ainda? Humpf…

 

Melhor Atriz Coadjuvante

Octavia Spencer, “The Help”

Que está levando todas, diga-se de passagem e esse detalhe não deve ser a toa.

 

Melhor Diretor

Martin Scorcese, “Hugo”

Disputa entre velhinhos super parecidos e da pesada nessa categoria hein?

 

Melhor Roteiro

Woody Allen, “Midnight in Paris”

Teve algum roteiro mais delicioso esse ano?

 

Melhor Roteiro Original

Ludovic Bource, “The Artist”

Tá, diz que tem, rs. 

 

Melhor Canção Original

Masterpiece, de W.E., com letra de Madonna, Julie Frost e Jimmy Harry

Madonnão levando um prêmio para casa hein? Go Girl! (tomara que a música seja bem melhor do que aquele primeiro single que vazou do seu novo álbum…)

Agora, vamos ver os vencedores nas categorias dos prêmios para a TV:

Melhor Série de TV – Drama

Homeland

Aplaudi de pé. Prêmio mais do que merecido! Clap Clap Clap!

Melhor Atriz de Série de TV – Drama

Claire Danes, Homeland

Nada me deixou mais feliz na noite de ontem. E no discurso, ela ainda citou a sua série antiga, My so called life. #TEMCOMONAOAMAR?

Melhor Ator em Série de TV – Drama

Kelsey Grammer, Boss

Ok, mesmo tendo sido convencido por leitores do Guilt a assistir a série, confesso que eu não vi ainda nem o piloto (boo hoo). Apesar de ter amado a abertura e aquela cena deliciosa de coisinhas hein? (e essas cenas são sempre assim? Alguém pode me dizer?)

Melhor Série de TV – Comédia ou Musical

Modern Family

Tá, entre as concorrentes, Modern Family era mesmo a melhor dessa lista hein? (apesar de dizerem por ai que a inscrição para o prêmio fosse referente a Season 2, o que me deixou na dúvida…). Mas como essa Season 3 está bem sensacional, tudo bem também. E o que era o Phil de terno branco?

Melhor Atriz de Série de TV – Comédia ou Musical

Laura Dern, Enlightened

Sério? Quem assiste? Até Glee merecia mais hein?

Melhor Ator de Série de TV – Comédia ou Musical

Matt LeBlanc, Episodes

SÉRIO? Matt Leblanc interpreta ele mesmo como um ator canastrão e depressível e mesmo assim, é o melhor do ano? Pior que isso, só se aquela mulher da série levasse alguma coisa (e eu que descobri um dia desses que ela já participou de Doctor Who? WOO!). Tudo bem que a concorrência estava fraca, exceto por um nome, que é melhor do que os outros 4 indicados juntos: Alec Baldwin! 

ps: e como ignorar aquele abertura pavorosa?

Melhor Minissérie ou Filme para Televisão

Downtown Abbey

Melhor Atriz de Minissérie ou Filme para Televisão

Kate Winslet, Mildred Pierce

Melhor Ator de Minissérie ou Filme para Televisão

Idris Elba, Luther

Tenho uma implicância enorme com ele por sua participação irritante em The Office. 

Melhor Atriz Coadjuvante de Minissérie ou Filme para Televisão

Jessica Lange, American Horror Story

Eu tinha quase certeza que ela levaria. 

Melhor Ator Coadjuvante de Minissérie ou Filme para Televisão

Peter Dinklage, Game of Thrones

Outro prêmio mais do que merecido. Clap Clap Clap!

E foi isso, agora aguardem o post especial para mais tarde, com o nosso assunto preferido: red carpet!

Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

16 Respostas to “A lista preguiça dos vencedores do Golden Globes 2012”

  1. Mônica Says:

    Mais revoltante do que Matt LeBlanc ter vencido, é Kelsey Grammer ganhar do Bryan Cranston. Já não gosto do cara (assisto The Real Housewives of Beverly Hills – hahahaha -, programa com a ex- Sra. Grammer, e fiquei sabendo que o cara é um completo babaca), e aí ele vem e fatura o prêmio que era pra ser do Mr. White? Não dá.
    AMEI que Homeland e Claire Danes ganharam!
    Fiquei morrendo de vontade de ver The Artist e My Week with Marilyn (o que foi a Michelle Williams falando da Mathilda no discurso de agradecimento??? Fofa!).
    E não me desce Modern Family ganhar como série de comédia. É engraçado, amo o Phil e o Cam, assisto toda semana, mas… Leslie Knope e cia são imbatíveis pra mim.

    • Essy Says:

      No caso do Matt LeBlanc, tmbm achei super revoltante e eu odiei Episodes. Já sobre o Boss, tenho ouvido coisas boas sobre o seu trabalho na série.
      Agora o fato de descobrir que ele é um babaca, pode acabar me influenciando a não gostar dele, rs.
      Eu tmbm não me contive com os prêmios de Homeland, super merecidos.
      Outro prêmio que me deixou bem feliz foi o de ator coadjuvante para o Christopher Plumber. Awnnn!
      Modern Family está bem boa nessa Season 3, mas Parks realmente vem excelente desde muito tempo.
      O que foi o último ep com a candidatura fail da Leslie?
      Euri muito

  2. matheus Says:

    “Tá, Modern Family levando novamente um prêmio pela temporada que não merecia (sim, essse prêmio foi para a fraca Season 2).”

    Fala besteira não, lek
    Foi pela 3ª temporada.

    A série já foi indicada ao Globo de Ouro 3 vezes (pela temporada de 2009, 2010 e 2011, ou seja, 1ª, 2ª e 3ª)

    Abçs

    • Essy Says:

      Então, vc me deixou com um dúvida enorme.
      Muitas pessoas me falaram sobre Modern Family estar concorrendo ainda com a Season 2 nesse Golden Globe.
      Procurei de novo depois do seu comentário, achei pessoas concordando com o que eu escrevi, mas como não achei nada oficial e realmente consta que eles já concorreram 3 vezes ao Golden Globe (e eu acho que não deve ser possível concorrer duas vezes com a mesma temporada neam? rs), sendo assim, resolvi modificar o meu post então.

      Thnks!

  3. matheus Says:

    “Idris Elba, Luther

    Tenho uma implicância enorme com ele por sua participação irritante em The Office.

    Assiste The Wire que vc vai mudar de opinião

    • Essy Says:

      É, eu gostei dele em The Wire (rs), mas ODIEI em The Office (que eu revi recentemente, por isso a mágoa). Acabei largando a série por falta de tempo, mas é uma das que eu ainda vou ver inteira, sem pressa.
      E para a minha surpresa, minutos antes de escrever esse comment, passou uma propagando de The Wire na Tv aberta. Confere?

  4. Denise Says:

    Se a Claire Danes não ganhasse eu ficaria revoltada! Foi super merecido mesmo. Outras que super mereceram foram a Jessica Lange e a Kate Winslet. Adoro a Kate, é uma de minhas preferidas.
    O filme The Descendants já estava em minha lista de filmes para assistir. Li a sinopse, vi o trailer e me interessei, só não imaginei que fosse ganhar 2 prêmios. Também nunca tinha ouvido/lido nada sobre The Artist até sair a lista dos concorrentes. Aí li a crítica da Ana Maria Bahiana e fiquei curiosa.
    Quem também merece estar na corrida ao Oscar por melhor atriz é a Tilda Swinton, com o filme We need to talk about Kevin. Li o livro e assisti o filme, ela está muito, muito bem.
    Não assisti The Help, você assistiu? Não sei, li a sinopse e não me empolguei… E Beginners quero muito ver, mais ainda depois que li seu post!
    Agora vou esperar seu post sobre o Red carpet! (Apesar de nenhum vestido ter enchido meus olhos…)

    • Essy Says:

      Eu já estava me preparando psicologicamente para não jogar o meu chocolate quente na tv, caso a Claire Danes não levasse essa. Ufa! Ainda bem que eu nem precisei me controlar muito, rs.
      Não tinha dado a mínima para “The Descendants”, mas agora esta na minha lista para antes do Oscar.
      E confirmou, “We need to talk about Kevin” já estava na minha lista. Acho que eu escrevo sobre na próxima semana, se tudo correr bem.
      “The Help” também está nessa lista, mas o próximo mesmo é “Carnage”, que eu estou para ver por esses dias.
      E o personagem do Plummer em “Beginners” é sensacional, do começo ao fim.

  5. Dani Z Says:

    Estou preguiça hoje por ter ido dormir muito tarde ontem, assistindo até a última gracinha do Gervais, que por sinal, NÃOTAVABOMNÃO.
    The Help é um bom filme, fala das desgraceiras de ser empregada no sul dos EUA nos anos 60. Mas não é nada demais. A Octavia está perfeita e mereceu seu premio. Viola Davies também está ótima no filme e estava linda com seu cabelo curtinho e vestido cor de pinhão ontem. Meryl estava certa de que o prêmio iria para ela.
    Não assisti Iron Lady mas ví o desempenho assombroso da Tilda em Precisamos Falar Sobre Kevin, filme que me deixou atordoada por alguns dias. Difícil abordar o desamor entre mãe e filho e neste filme chegamos a um clima muito desconfortável, e deve-se a perfeita atuação da Tilda. Tão perfeita que chega a dar medo. Recomendo a leitura da entrevista do garoto que faz o Kevin na página da Vanity Fair deste mês.
    Mas fiquei feliz mesmo por Homeland. Nunca assisti BOSS, nem Enlightned, nem a série do Joey. Quem sabe no carnaval?
    Achei gracinha o casal Macy cantarolando o anúncio da premiação, gostei da Helen Mirren, lindona bem à vontade apresentando o prêmio do Morgan Freeman e fiquei apavorada com a cara do Elton, meio deformado e com o cabelo meio seboso de Madge, que não teve esportiva e foi respondona com o Gervais. Achei silly.
    Michele Williams estava bem bonitinha e amei o look da Claire Danes.
    Madeleine Stowe está tão botoxada que a expressão é sempre a mesma, um mezzo sorriso, não se sabe se de ódio ou prazer.
    Achei muito cabelo na cabeça da Salma e um certo exagero nas caudas de Elle McPherson e laçarote da Charlize. Jolie chique, gélida como sempre e a bengala do marido, de mão em mão.
    Mas fica aqui nossa grande decepção: a ausência de Ryan, aonde estava Ryan? Nos braços da Mendes? Noooooooo.
    To be continued…..

    • Denise Says:

      Vc assistiu Beautiful Boy? O tema é bem parecido com Precisamos falar sobre o Kevin, ou seja, mostra pais de um filho que cometeu um assassinato em massa na escola/universidade. Mas em Beautiful Boy o filme mostra a vida desses pais após o evento, como eles lidam com o que aconteceu, com o amor que sentem pelo filho e a repulsa pelo que ele fez e as dúvidas que surgem nessa situação: eu tenho culpa? O que fiz de errado? Como não vi?
      Como vc gostou de Precisamos falar sobre o Kevin, pode ser que goste desse também…

      • Essy Says:

        Eu também não assisti esse.Pensei em pedir um dia desses mas desisti, não lembro porque. Devo?
        Bom, já gostei da sinopse. Vou pedir sim, rs. (Ai como eu sou convencido fácilmente, hein? rs)

    • Essy Says:

      AMO leitor com opinião. AMO!

      Estou para ver “The Help”, mas tenho ouvido coisas boas mesmo sobre o trabalho das duas.
      Amei o cabelo e o vestido da Viola Davis, que era simples até, mas perfeito e chic.
      Estou bem ansioso para ver a Tilda no seu novo trabalho, e já achei o garoto um foufo em uma foto do Terry Richardson em uma das premieres do filme, eu acho. Vou ler a entrevista até, thnks.
      Recomendo que pelo menos a nova série do Joey vc pule no Carnaval.Não vale a pena…
      Helen é rainha! E a Madonna poderia ter levado melhor a piada mesmo. Eu adoraria ser escolhido pelo Gervais para virar piada. Significa que eu ainda importo.
      Michelle estava bem foufa mesmo, simples até e a Claire estava pronta para receber o seu prêmio bem maravileeeandra!
      Já eu achei que a Salma encolheu. Jolie realmente perdeu a vida neam? Acho que ela trocou os sentimentos por paciência para cuidar de tantas crianças de uma só vez, rs.
      Agora, nada preenche a ausência do Ryan na premiação. Nada. Aliás, senti um rombo na falta de magia hein?
      Ficaram devendo…

  6. Dani Z Says:

    Valeu a dica Denise, ouvi falar, vou ver se encontro. Ainda sobre Kevin, me perturbei mais do que gostei, mas acredito que a arte tenha esse fundamento né? Perturbar. Gostei principalmente da conclusão do filme, (spoiler! ) O guri fez de tudo para destruir a mãe, e, ainda assim não conseguiu, pois a mulher insistia, sobrevivia, visitava, trabalhava, era xingada, mas não foi destruída. Quando ela pergunta se ele estava certo do que fez e ele diz: ” Eu achava que sim, mas agora não tenho certeza”, é a única vez em que ele demonstra vacilação, pois ao vê-la alí, como qualquer mãe que visita um filho, mesmo que este seja um monstro, ele admite a sua derrota. Putz, me arrepio só de lembrar.

    • Essy Says:

      Opa. Aproveitei os ensinamentos do curso de leitura dinâmica que eu fiz por correspondência para pular os spoilers antes que eu veja.
      Já estou considerando passá-lo na frente até…

  7. Vinicius Nicolau Says:

    Eu sou um dos que faz uma campanha pesada a favor de Boss e fiquei feliz pra cacete quando vi que o Kelsey Grammer ganhou (apesar de AMAR Breaking Bad…)

    Só não entendi: “Apesar de ter amado a abertura e aquela cena deliciosa de coisinhas hein? (e essas cenas são sempre assim? Alguém pode me dizer?)” é que não vi a cerimônia…

    • Essy Says:

      Ah, sim, vc tem mesmo culpa nessa minha curiosidade por Boss. Não consegui ver ainda, mas estou com vontade, o que já é um bom sinal.
      Agora sobre o que eu escrevi, estava me referindo a uma cena de sexo do episódio piloto (que veja bem, me recomendaram, rs), que é super bem feita, com uns cortes sensacionais em slow e que tem também uma trilha absurda!
      Isso que eu queria saber se é recorrente para esse tipo de cena na série, rs.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: