Você quer liderar algum dia? Então aprenda a seguir.

Título do post que é um dos sábios ensinamentos que aprendemos com a volta de Game Of Thrones e o seu episódio de estreia da Season 2 (2×01 The North Remembers).

E a megalomania de GOT continua excelente como sempre, com tudo super grandioso, dos cenários aos seus figurinos, até ao número de extras em cena, além dos inúmeros personagens nas tramas principais (reclamação de muitos) e o feito de mesmo com tudo isso, conseguir não deixar a história cansativa, o que poderia facilmente acontecer em uma produção grandiosa em todos os sentidos como essa. Não é a toa mesmo que a série vem quebrando diversos recordes de audiência, além de ter se tornado um dos títulos de maior número de vendas em DVD e Blue-Ray com a sua recém lançada Season 1, isso no período de uma semana após o seu lançamento, o que certamente não é para qualquer um.

Dessa forma, os pouco mais de 50 minutos do episódio se passaram sem o menor esforço, mesmo com a série praticamente apenas nos introduzindo o atual estado de seus personagens e aproveitando também para introduzir novas figuras nesse episódio de estreia, o que apesar do pouco tempo para tanto, não ficou assim tão difícil de seguir. (se vc der umas pausas, voltar, procurar uma review antiga, rs. Tá brincadeira, foi tudo bem didático, rs)

E mesmo com a grande movimentação, deu para perceber que os Lannisters estão mesmo por um fio, sendo perseguidos por todos os lados em consequência dos feitos da tirana monarquia do rei Jofrey (aliás, ele que se cuide, não?), provocando até a ira da outra parte da sua própria família, desconhecida de todos nós até então, mas que pretendem tomar a frente do problema antes que ele se torne ainda maior.

Do outro lado, tivemos Robb Stark assumindo o posto que um dia foi do seu pai, sedento por vingança, mas  pensando de uma outra forma, bem mais inteligente, procurando aliados por todos os lados e considerando a possibilidade de declarar o norte como um reino independente. Um sonho de líder com ares de herói, não?

Enquanto isso, Jon Snow, filho bastardo da casa Stark, vai seguindo em seu aprendizado para se tornar um lider algum dia. Ele que não gostou nada do modo de vida do seu anfitrião do momento, casado com todas as suas filhas mulheres (e boa pergunta: onde estão os meninos?). Detalhe que eu não sei se vcs repararam, mas a “mulher” que ganhou uma apalpada do desprezível personagem naquela cena, foi ninguém menos do que a Hannah Murray, a Cassie de Skins (dei até um pulo quando percebi). Ou seja, confirmou! Em GOT, eles gostam mesmo do elenco de Skins antigo hein? (lembrando que já temos o Chris antigo na série, ele que é o bastardo filho do rei, Gendry,  que está sendo perseguido como vimos ao final do episódio e é com quem a adorável Arya está no momento. Dra-ma!).

Será que sobra um plot para ela e o Jon Snow? Eu acharia excelente e sinto que ela não está ali a toa. Ou pelo menos espero isso, rs

Aliás, falando em bastardo, e a medida “cautelosa” da Cersei (lindíssima, embora megabitch) em mandar matar to-dos os homens jovens (e bebês) de King’s Landing, candidatos a possíveis filhos do rei? Howcruelisthat?

Enfim, mesmo com tudo isso, não tivemos grandes acontecimentos assim para escrever sobre esse primeiro episódio da Season 2 de Game Of Thrones, além de toda a movimentação de todos os personagens das tramas principais que aconteceu durante o episódio, que embora tenha sido até que “calmo”, chegou a mostrar um assassinato de bebê, sem a menor piedade. Sério! (e por mais cruel que possa parecer, foi ótimo!)

E como é bom ver o ator Peter Dinklage em cena hein? Ele que ganhou um destaque ainda maior na trama sendo nomeado como a “mão do rei”, agora ainda figura como o primeiro nome a aparecer na excelente abertura da série (que ficou mais cumprida, ou foi só a minha impressão?). Um carinho e reconhecimento muito mais do que merecido, não?

Mas ao que tudo indica, antes do inverno teremos mesmo é GUERRA!

E vc ficou curioso para saber o que está por vir?

Então dá uma olhada na excelente prévia do vídeo acima que nos mostra um pouco mais do que vem por ai em Game Of Thrones.

Etiquetas: , , ,

4 Respostas to “Você quer liderar algum dia? Então aprenda a seguir.”

  1. Denise Says:

    Nada a ver com o post meu comentário… Amei a escolha desse mês! Adoro o Joshua Jackson (sempre gostei MUITO MAIS do Pacey que do Dawson!).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: