The Mindy Project – a nova garota que devemos prestar atenção

Não é de hoje que nós gostamos da Mindy Kaling, ela que já foi produtora e roteirista de The Office, publicou recentemente um livro, além de ser alguém de quem todos nós adoraríamos ser BFF. Quando a FOX anunciou a compra do seu projeto para TV, comemorei bastante, afinal torcemos por essa garota já faz tempo. (inclusive, achei super bem humorada a despedida da sua personagem em The Office também, ela que agora teve o jogo finalmente invertido a seu favor e ganhou o Ryan como seu stalker, #TEMCOMONAOAMAR)

E o piloto de The Mindy Project é bacana, apesar de muito dele ter sido entregue nas promos que surgiram antes mesmo da sua exibição, algo que não aconteceu apenas com essa série e sempre acaba prejudicando bastante a todas que entregam o jogo assim tão fácil enquanto ainda estão tentando a qualquer custo se vender.

Nela temos Mindy, uma médica residente de 31 anos, vivendo em NY, totalmente girlie, meio perua fashionista até (sim, ela também usa Louboutin), que tem a barra de ter passado anos sozinha assistindo comédias românticas (de onde ela acha que adquiriu alguma experiência de vida, rs) ou completamente entregue aos estudos e agora se vê tendo que conciliar uma vida adulta cheia de possibilidades no trabalho e também no âmbito pessoal, onde o seu futuro e a sua felicidade só dependem de suas escolhas, que nem sempre são as mais apropriadas.

Os personagens parecem ser bons, a começar por ela que tem um pouco daquela euforia que todos nós adoramos da sua Kelly Kapoor antiga, mas que dessa vez chegou sendo mais bem sucedida em NY e porque não dizer que chegou também mais segura de si, encarando as possibilidades de crescer na carreira que ela escolheu para a sua vida e de quebra ainda tendo a missão de arrumar um boy magia que a faça feliz, ou que pelo menos a distraia por um tempo.

Para essa vaga temos dois candidatos logo de cara, Danny (Chris Messina, que se fosse 50 cm mais alto eu diria que já ganhou! – no meu caso), que é o residente do tipo convencido do hospital, aquele que se acha o mais esperto do que os demais e que não mede esforços para conseguir o sucesso dentro da profissão, mas que ao que tudo indica, apesar da postura de durão que foi preso no show do Springsteen (que toda vez que eu vou escrever confundo com Springfield, rs) e também ser  do tipo que fala o que pensa, tem um histórico de coração partido e arrisco dizer que esse seu aparente “trauma” escondido nessa pose de badass deve ter vindo da relação com a ex mulher, que descobrimos que ele tem ao longo do episódio. (em um momento totalmente meio assim da personagem da Mindy) #TYPICAL

O outro fica por conta do residente estrangeiro, Jeremy (Ed Weeks) esse bem mais aberto a novas experiências e que é do tipo que sempre está por perto para dizer o que você precisa ouvir quando está mais vulnerável, o que acaba rendendo para o próprio certas “recompensas”, if you know what i mean. Apesar do perfil de devorador, ele aparentemente também parece ser bem foufo, do tipo que não conseguimos odiar facilmente, nem mesmo tendo a certeza de que se trata de um predador daqueles.

Existem ainda outros personagens secundários que não nos foram apresentados adequadamente no piloto, como a amiga que tem aquela filha criança que estava no escritório dela em um determinado momento, ou as recepcionistas do hospital, que ao que tudo indica, terão alguma função dentro da nova comédia. (uma delas é ótima e parece uma aspirante a assistente do seu ídolo, que no caso seria a própria Mindy)

O piloto ainda conta com a participação do Ed Helms, que interpreta um dos pretendentes dos sonhos de Mindy, além do excelente comediante Bill Hader do SNL, que interpreta um de seus ex namorados, o qual ela presenteia com um vexame daqueles no dia do seu próprio casamento. (algo que também vimos em todos dos promos da série)

Digamos que para um primeiro episódio, além dela ter corrido demais, literalmente (rs), estávamos esperando até que um pouco mais da série em si, em termos de histórias e de um algo mais que esperamos encontrar sempre, mesmo encontrando um texto delicioso e piadas sensacionais dentro dela. Mas confiamos no bom humor da Mindy e na parceria de sempre dela com o B.J Novak  que é um dos produtores da nova série (e eu AMO as conversas e provocações dos dois no Twitter) e temos certeza que essa sensação deverá sumir com o tempo, assim que tudo estiver no seu devido lugar. Pelo menos é o que esperamos e desejamos que aconteça nesse caso.

O que nos faz acreditar que entre tantas novas comédias como aposta da maioria das emissoras para essa Fall Seaoson que está apenas começando, The Mindy Project pode ser uma das séries que devemos pelo menos prestar mais atenção para ver no que vai dar, apesar do piloto não nos empolgar tanto assim.

 

ps: boa sorte Mindy! Go girl!

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

Etiquetas: , , , , , , ,

8 Respostas to “The Mindy Project – a nova garota que devemos prestar atenção”

  1. Jubs Says:

    Opa, não li o post para evitar qualquer spoiler, mas pelo titulo percebo que sim, tenho mesmo que baixar o piloto dessa série, rs. Baixando…

  2. Vanessa Tourinho ઇ‍ઉ (@VanTourinho) Says:

    Tá, Essy, pode parar! Quantas novas séries (apaixonantes) a mais você irá nos apresentar? Por que eu assisto a 16 e não estou dando conta de me atualizar. Principalmente agora que estou viciada em The New Normal!
    Assisti ao piloto de The Mindy Project, e o que dizer? é muito cedo para falar que estou viciada? Porque é assim que eu me sinto!
    Adorei o piloto, e se continuar assim, provavelmente eu não durmo mais!
    Obrigada pela indicação!
    Smacks
    :*

    • Essy Says:

      Xiii, rs. Sorry. Estou nesse plot também, andei assistindo vários pilotos e agora já quero adicionar algumas na minha lista. (que tem o dobro da sua + 3, rs. Mas sério.- isso porque parei com as maratonas em DVD agora com a Fall Season)
      O piloto não chega a empolgar tanto como The New Normal por exemplo, mas já dá para sentir que vem coisa boa por aí.
      Gostei dos personagens, gostei da proposta e já faz tempo que gosto da Mindy, por isso nessa eu acho que a gente deve insistir.
      Thnks! Smacks

  3. Algo de ruim aconteceu com a minha TV. Mas talvez não tenha sido apenas com a minha… | The Modern Guilt Says:

    […] dúvida que merecidamente, mesmo como boa parte da sociedade pedante torcendo o nariz. Yei!) e The Mindy Project, que depois de alguns ajustes passou a ser uma série bem divertida, principalmente nessa reta […]

  4. E valeu mesmo a pena dar aquela chance para The Mindy Project? | The Modern Guilt Says:

    […] da sua série a essa altura não fosse a mesma. Pelo menos não com a gente. Quando assistimos o piloto, percebemos que a ideia de The Mindy Project até que parecia ser bacana (ou parecia ter alguma […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: