A nova má educação indeed

Comédia inglesa da BBC3  com o melhor do humor da terra da Rainha, que obviamente eles melhor do que ninguém, sabem muito bem como fazer na medida certa.

Confesso que eu gosto muito desse tipo de humor inglês, que quando é ácido é ácido mesmo, sem meio termo e é exatamente isso que encontramos em Bad Education.

Seu cenário é uma escola, um high school qualquer repleto das mais diferentes figuras, mas o foco da série não são exatamente os seus alunos e sim o pior professor de todos os tempos, Alfie. Irresponsável, muitas vezes bem mais infantil e imaturo do que os próprio alunos, ele apesar de todas as suas falhas é super querido entre os estudantes (não do tipo que todos ficam o observando como se ele fosse um grande exemplo de comportamento e mais como amigo mesmo, como mais um da turma), que é claro que adoram o perfil do professor, isso até a coisa apertar e todos eles se encontrarem prestes a repetir de ano.

Apesar de título de um dos piores professores dos últimos tempos, Alfie também poderia ser considerado com um ótimo professor, pelo que ele consegue fazer com a sua sala de aula, tornando suas aulas bem mais interessantes (e elas ficam mesmo bem interessantes), mesmo que cinco minutos depois ele perca totalmente o foco. Na verdade, nunca entendi muito bem o porque que para ser considerado um bom professor, o profissional precisa ser extremamente sério. Meus melhores professores ao longo da vida (ou os que eu lembro com saudades) foram todos contadores de histórias e super bem humorados.

Claro que dentro desse cenário, todos os personagens acabam sendo umas figuras, como o diretor invejoso, a vice-diretora que fica no pé de Alfie, além da professora de biologia, interpretada pela Sarah Solemani, de Him & Her. Sem contar os alunos, que são todos caricatas e divertidíssimos. As piadinhas com o cadeirante ou o aluno gay da turma, foram todas excelentes nesse piloto.

O bacana também é que a série é uma criação do próprio Jack Whitehall (Höy!), que interpreta o professor Alfie, uma das grandes apostas do novo humor inglês. Tanto que a série mesmo com apenas dois episódios exibidos, já havia garantido a sua segunda temporada.

Uma comédia divertidinha, inglesa, o que por si só significa que é curta, objetiva e sem muita enrolação, mas que não é nada demais também,  do tipo para assistir sem muita ansiedade ou compromisso. (sabe quando nossas preferidas entram naquele hiatus e ficamos todos carentes? Então…)

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

Etiquetas: , , , , , , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: