Posts Tagged ‘2×04 Sexuality’

Sexuality

Julho 2, 2012

Talvez essa tenha sido a semana mais honesta em The Glee Projetct em sua Season 2. Com o tema “Sexuality” (2×04), todos eles tiveram que rebolar em frente a convidada da semana, Naya Rivera (que estava maravileeeandra), para continuar garantindo o seu espaço dentro do programa.

Alguns conseguiram facilmente, como Aylin e Lily, que sempre acabam perdendo o limite da sensualidade e beiram a vulgaridade com suas caras e bocas exageradas e muita, mas muita língua de fora (rs), o que indica que elas frequentaram direitinho a escola Lea Michelle do lip sync com direito a muitas voltas de língua em todo close (as vezes acho que a Lea Michelle tenta tocar o nariz com a própria língua, o que no caso dela pode até ser bem fácil, com um alvo daquele, rs). Outros tiveram que sair totalmente da sua zona de conforto, como foi o caso da Nellie, que acabou surpreendendo nesse campo, ainda mais depois de assumir que nunca viu um wee wee (quem diria? #TODASDIRIAM) e o Abraham, que depois que entrou no armário e perdeu o vermelho do seu cabelo, voltou como a macha da turma, toda contida e comportada, rs.

E nesse episódio, algo que eu venho insistindo faz tempo sobre a personalidade de um dos jurados, acabou se revelando: Nikki é mesmo uma megabitch! (e grávida ainda, ninguém segura!)

Primeiro que ela acabou com o pobre do Michael durante a gravação no estúdio, pedindo inclusive para o garoto se retirar, o que eu achei totalmente desnecessário, ainda mais pensando que eles estavam gravando 3 ou 4 frases de uma música e mesmo que levasse algum tempo para ele acertar, certamente não seria uma questão de horas. E não foi ela que disse que ali era um acampamento? Que todos eles estavam no programa para aprender? Ou seja, isso automaticamente não significa que a sua função ali além de julgar é orientar aquelas pessoas, pelo menos? Hmm mmm… E para ela e toda a sua erupção de hormônios da gravidez eu credito o que acabou acontecendo novamente com o Michael durante a apresentação entre os 3 piores da noite, ele que novamente voltou a ter um momento de dificuldade e branco total.

Também achei que ela pegou pesado com o Charlie. Tudo bem que o seu comportamento foi totalmente inadequado, mas foi muito pior em todos os sentidos, durante a gravação do vídeo com ele querendo fazer o trabalho de todo mundo, do que aquele beijinho tolo que ele mandou para a Aylin durante a gravação no estúdio e que Nikki achou super antiprofissional, por isso acho que ela exagerou no seu nível de megabitchness nesse momento. Estamos de olho Nikki, estamos de olho!

E na hora da decisão entre os três piores da semana, Charlie + Michael + Tyler, Michael acabou tendo a sorte de ser salvo pelo Zach (AMO o Zach, AMO!), que com a sua risada deliciosa e assumindo ser Team Michael com orgulho (ele e todos nós), não deixou o participante desistir de cantar no momento em que ele esqueceu a letra, gritando desesperadamente para que ele não abandonasse o palco ou se fechasse completamente, aceitando a derrota. Achei super foufo e só eu percebi um olhar do Michael que só pode significar, quando só ficaram os 3 piores antes da apresentação final? Hein? Aliás, acho o Zach realmente um foufo e adoro vê-lo triste quando o uncle Ryan dá a sua carteirada final.

Mas nesse caso, algo que também vinha de destacando desde o começo dessa nova temporada, acabou se tornando inevitável, que foi a saída MERECIDÍSSIMA do Tyler, o eliminado da semana que apesar de ter uma história super bacana e interessante de se ver na TV, nem de longe estava no nível dos demais participantes. E olha que esse nível nem é tão alto assim, hein?

Por mais que todas as outras duas apresentações dessa semana também não tenham sido geniais (apesar de ter AMADO a apresentação para a Naya e também ter gostado do vídeo da semana), de longe, Tyler sempre foi o mais fraco do grupo e a sua desculpa de ainda estar se adaptando ao novo corpo já não colava mais. Com a sua saída, acho até que a competição tenha ficado bem mais justa para quem ficou.

Ou seja, uma semana que não ficamos com o coração apertado ao final do episódio ao som de “Keep Holdin On”. (que eu AMO cantar dramaticamente junto com todos eles)

E isso foi o que vcs perderam em T-h-e-G-l-e-e-P-r-o-j-e-c-t (da semana passada, na verdade. Pergunta: porque é que está demorando tanto assim para sair os eps por aqui, hein? Humpf!)

ps: todo amor para o Zach por esse episódio, onde aquele abraço que ele deu nele mesmo quando o Michael quase parou de cantar, foi exatamente o que todos nós gostariámos de fazer com ele (Zach) naquele exato momento! Me coreografa Zach? 

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt


%d bloggers like this: