Posts Tagged ‘6×03 Alex’

Nick + Alo

Março 10, 2012

Nick

Nick é um dos elos mais fracos dessa geração e se não fosse a participação de outros personagens em sua história, acredito que pouca gente teria interesse no personagem. (embora as adollys dos Tumblrs o considerem o boy magia da vez…)

Com a função de tentar ajudar o irmão Matty a voltar para casa depois do acidente no Marrocos e do garoto estar como um fugitivo perdido no mundo, ele acaba se envolvendo em um esquema todo errado e consequentemente sem muitas regras.

Dessa vez em Skins além das consequências, estamos tendo a possibilidade de assistir a esses adolescentes se metendo em assunto de gente grande e isso não superficialmente, como no caso do plot do Nick, que foi ficando cada vez mais enrolado com o cara que estava “ajudando” a trazer o seu irmão de volta.

Tudo isso ainda ligado ao fato de que ele está completamente apaixonado por Franky, que é a ex do seu irmão e que foi a peça chave para todo o drama do acidente dessa temporada. Ou seja, mais drama e um motivo a mais para ele questionar a ajuda ao irmão.

Sinceramente, eu acho que eles estão tratando muito como culpado o personagem do Matty pelo que aconteceu com a Grace no Marrocos e todos nós sabemos que a sua parcela de culpa nessa história foi a menor, afinal, da sua forma, ele apenas estava tentando ajudar. Mas como a consciência deles pode não funcionar normalmente, devido a quantidade de substâncias exóticas que eles utilizam a cada episódio, seria esperar demais que eles chegassem a essa conclusão sozinhos. Um exemplo claro disso seria a Liv, que também estava no momento do acidente e foi uma das sobreviventes ao que aconteceu naquele dia, ela que poderia ajudar a esclarecer os fatos e aliviar a culpa do garoto. Mas sempre é mais fácil procurar um culpado para alguma coisa, nem que seja só para canalizar a raiva.

Nesse caso, achei que não caberia a dúvida de ajudar ou não o irmão a voltar para o seu país e talvez fosse a hora de recorrer a ajuda de alguém mais responsável, tipo o seu pai, mesmo que a família não se relacione da melhor forma possível.

E aquela tentativa de ajuda do Alex hein? Estaria ela acontecendo com segundas intenções?

 

Alo

Com Alo nós ganhamos o episódio lúdico de Skins durante essa temporada, fomos a Neverland e voltamos, acompanhados do aspirante a Peter Pan.

Entre momentos deliciosos no meio da floresta (algo que sempre combina com o personagem, que é o farm boy), com direito a uma coreô animada no Kinect (que é uma delícia não?), o episódio foi marcado com momentos divertidíssimos enquanto Alo tentava esquecer a miss ice queen, Mini.

Deliciosa aquela cena onde ele começa a se dar conta da provável idade da garota com quem ele anda saindo, em meio a aquele quarto todo infantil e em um momento pra lá de inadequado. Cena que me lembrou muito os filmes clássicos de John Hudges, colocando Alo completamente nu em meio à pilha de ursinhos de pelúcia da garota de quase 14 anos. (sim, quase 14, rs)

Uma das melhores cenas do episódio certamente foi aquela com a festa na casa da menina, com adolescente de mais ou menos 13 anos, se mostrando bem piores e bem mais precoces do que qualquer geração de Skins até hoje (se bem que, o irmão do Cook, da geração anterior). O que foi aquela coreô que transformou todos os ocupantes da sala daquela casa em praticamente um corpo só? Medo desses adollys de hoje, me-do.

Novamente apareceram as consequências, que nesse caso, foram um pouco mais pesadas, colocando o personagem na cadeia por abuso de menores, além dele ter sido temporariamente expulso do colégio. Mas ele também não é menor? (acho que é porque ele tem mais de 16 anos pelo menos…)

Completamente sozinho, dormindo em parques (quem nunca? rs) e ainda tendo que lidar com a variação de humor de Mini, Alo teve que penar para conseguir sair dessa situação, chegando ao fundo do poço. Algo que seria difícil dele conseguir contornar, se não fosse a participação mais do que especial da atriz Sarah Solemani de Him & Her, que acabou salvando lindamente a pele do garoto ruivo da vez.

Só achei que ao final do episódio, Alo descobriria sobre a gravidez de Mini, mas sinto que isso será assunto para o series finale.

ps: e o figurino do Alo é um dos mais legais da parte dos meninos da série. Pena ele usar pouca coisa com mangas…

Alex (♥)

Fevereiro 11, 2012

Quando conhecemos um dos melhores personagens de Skins.

Sim, Alex, o novo personagem da série poderia fácilmente ser colocando entre os melhores personagens que Skins já teve ao longo de suas gerações. Ou pelo menos, ele certamente seria um dos mais adoráveis.

O novo aluno da escola, misterioso, ligado a jogos de sorte, com um certo nível elevado de TOC, evidenciado ao arrumar a bandeja de café da manhã de sua hóspede ilustre e sempre grudado em seu dado da sorte, porque para ele, tudo é uma questão de números.

Com o detalhe todo especial da sua avó, uma senhora pra lá de animada (me lembrou muuuito a minha representante antiga de avó, de quem eu morro de saudades e talvez por isso tenha me apegado tanto com o personagem) de quem ele cuida como ninguém e mantém um relação adorável de carinho a ponto de ficar enrolando o seu pai para não deixá-lo colocar a jovem senhora em um asilo. Algo que quando não teve mais jeito, ela acabou preferindo encarar a morte, mas não sem antes ensaiar a última dança com o neto tão especial.

Skins sempre “pecou” por retratar os adultos como idiotas, talvez por tentar sempre mostrar a visão dos jovens diante de um representante de maior idade. Mas nesse caso, achei que a avó de Alex foi um dos poucos adultos tratados com alguma dignidade na série e eu senti uma inspiração em “Grey Gardens” para a construção do seu personagem. Uma delícia!

Ela que ficou bem surpresa ao ver o neto trazer uma amiga (dica) para casa e disse ter adorado a cor dela. Howcoolisthat?

Nessa hora, eu tive a certeza que teríamos o novo personagem gay da história e não teve outra. Confirmou! Conectado ao “wanna fuck”, apostador de mão cheia e apesar de ter confundido um pouco a cabeça da Liv com a sua chegada sedutora no colégio, considero que a sua chegada foi uma ótima aquisição para essa nova geração. Pena só ter chegado agora.

Mas Alex chegou em um momento importante, trazendo com ele a chance daquele grupo de jovens ainda abalados com a morte da amiga, ter a chance de alguma forma velar a alma da amiga que morreu recentemente, mesmo que não sendo ela propriamente a morta da vez. Um momento extremamente corajoso para uma série adolescente, tragicômico até, mas que funcionou como uma excelente despedida, no melhor estilo de Skins e isso para ambos os lados envolvidos com aquele momento que é sempre uma barra para qualquer um.

E que tal fazer uma lista pela manhã das coisas que vc gostaria de fazer pelo resto do dia, sorteando no dado qual dos itens vc deverá colocar em prática hoje? (será que estamos velhos demais para isso? rs)

E se der 6, tem que fugir!


%d bloggers like this: