Posts Tagged ‘Chloe Moretz’

Falta o que mesmo para declarar de uma vez por todas a morte do MTV Movie Awards?

Abril 15, 2013

mtv-movie-awards-2013

(R: alguém declarar o horário da morte, como já bem aprendemos em Greysa e coragem)

Mas nem a Rebel Wilson (que descobrimos recentemente que é ótima, mas que ao mesmo tempo não estava no seu melhor dia) conseguiu salvar o MTV Movie Awards 2013 daquela preguiça de sempre e do quase total fracasso. Mais um, porque vamos combinar que não é de hoje que a MTV parece que perdeu a mão em todas as suas premiações. Do começo ao fim, quase nada foi bacana e muitos momentos foram altamente constrangedores (o que foi aquela apresentação do elenco de “Pitch Perfect” completamente desafinada e dura em cena, hein? Ain’t no Glee!), a não ser a Aubrey Plaza subindo colocadíssima no palco fazendo a “Kanye” para cima do Will Ferrell, o “grande comediante” (suspeito que eles tenham levado em consideração a sua altura) homenageado da noite. Pena ela não ter sido mais insistente e ter nos poupado daquele discurso chatinho…

Fora isso, foi tudo mais ou menos como vem sendo todas as premiações do canal que um dia já foi bacana (algo que acabou antes do meio da década de 2000, eu acho), mas que parece que realmente perdeu de vez a fórmula. Poucos nomes que realmente importam na fila da manteiga extra na pipoca do cinema e muita gente desesperada e disposta a fazer de tudo para conseguir manter um público jovem de seguidores. Preguiça, mas é o que temos para esse fim de tarde, por isso vamos comentar mesmo assim, porque o filme até pode ser ruim, mas já que pagamos para assistir…

mtv-movie-awards-2013-backstage

Mas a preguiça maior mesmo durante a premiação esteve estampada na cara de quem compareceu por lá, como o Bradley Cooper por exemplo, que só pode ter perdido a aposta para a Jennifer Lawrence de que quem não levasse o Oscar para casa por “Silver Linings Playbook”, teria que comparecer a todas as demais premiações preguiças do universo. Sério, só isso justificaria a sua presença na premiação. (e olha que ele ainda levou um prêmio, hein? E tadinho, até tentou fazer um discurso fundamento, mas tenho certeza que desistiu no meio do caminho pensando: pra quem é que eu estou falando mesmo?)

De qualquer forma, encontrar com o Bradley Cooper e esses olhos azuis da cor dos cupcakes dos Simpsons versão Breaking Bad é sempre uma visão. Höy!

ps: e a MTV, uma canal fundamentalmente de música, perdendo a chance de usar o som do Alabama Shakes durante sua entrada no palco? Achei um desperdício…

brad-pitt-mtv-movie-awards-2013

Falando em magia, alguém sabe dizer o que aconteceu com a do Brad Pitt?

Onde foi parar tudo aquilo gente? E o tempo levou mesmo? WOO!

Tenho uma teoria de que os atores aparacem nesse tipo de premiação apenas para repor a dose de “juventude” que eles tentam sugar a todo custo em noite de premiação jovem. Talvez o Brad Pitt tenha aparecido apenas para repor seus hormônios, por isso esperamos que na próxima premiação preguiça ou não, ele apareça mais “The Tree Of Life” e menos “The Curious Case of Benjamin Button”.

Sorry Brad, mas #NAOTABOMNAO (e a tentativa de piada dele durante esse momento foi extremamente constrangedora)

2013 MTV Movie Awards

Mas nem tudo esteve perdido durante o MTV Movie Awards 2013 e olha só quem também esteve por lá para a nossa sorte?

Hermione! Maravileeeandra de vestidinho recortado de ricah, muito provavelmente colocada de cerveja amanteigada, porque agora ela já tem idade para isso então tudo bem, linda e premiada, apenas.

Olha e chora Kristen Stewart, Amanda Seyfried…

amanda-seyfried-mtv-movie-awards-2013-04

… e falando em Amonda Seyfried, eu gostaria de deixar registrado que essa sua cara de quem preferia estar em qualquer outro lugar no mundo durante a premiação de ontem é exatamente a mesma cara que eu faço quando a vejo em qualquer cinema do mundo, mesmo quando no formato de poster ou assombração. Sério, exatamente essa.

Aliás, honestamente? Nunca vi uma interpretação tão honesta de Amandita. Cheguei a ficar emocionado agora… (de nervoso, claro)

bradley-cooper-chris-pine-mtv-movie-awards-2013

OK, tenho que reconhecer que foi bem bacana ver o elenco do novo novo Star Trek entrando no palco naquele buraco que parecia ser parte do cenário do filme (o mesmo que vimos inclusive em um dos primeiros posters divulgados). Cool!

Os meninos estavam lindos, alinhados e no fundamento da magia à sedução, mas achei que a Zoe Saldana foi de look viúva derrotada do Bradley Cooper, só para provocar aquele climão. Mas tudo bem, perdoamos porque também já fomos trocados um dia. (nem que tenha sido na fila da entrada na escola, quando quem mesmo chegando primeiro, era empurrado para o final da fila por conta da altura e nunca podia entrar na sala de mãos dadas com a professora, rs #MAGOADECABOCLINHOERÊ)

zachary-quinto-mtv-movie-awards-2013-red-carpet

E achei uma ousadia o Zachary Quinto (que fez o Spock durante a premiação. Cool) aparecer com a réplica do terno que eu vou usar no meu casamento com _________________ (com quem aceitar, rs, que pode ser inclusive ele mesmo. Se cuida, Jonathan…)

Maravileeeandro

2013 MTV Movie Awards

Antes de começar a transmitir a premiação, a MTV Brasil ficou fazendo uma maratona sensacional de apresentações musicais que nós já vimos no MTV Movie Awards de outros tempos, onde vimos novamente o Yeah Yeah Yeahs naquela apresentação maravileeeandra e inesquecível de “Maps”, ou o Cee Lo e o seu Gnarls Barkley fazendo a épica apresentação de “Crazy” investindo lindamente no fundamento Star Wars. Sem contar o Black Keys tocando com o Dione Depp em uma das edições mais recentes da premiação. Höy!

Até que chegamos aos grandes shows da noite, que foram de uma preguiça ou falta de importância sem tamanho. Aliás, tinha um tamanho e ele era pequenininho, pequenininho. Mas nada foi mais constrangedor do que a apresentação da Selenita Gomes fazendo a indiana cigana naqueles dias, com uma voz sofrida e pequena, que eu consigo superar rapidinho no chuveiro em menos de três notas. Me dê um Re Sol Do maior, menor e mediano, maestro.

Sério, foi constrangedoramente sofrível.

2013 MTV Movie Awards

Tudo bem que era um Louis Vuitton e a gente sabe o quanto custa (cinco potes e 1/2 de moedas de ouro por trás do arco-íris), mas estava simplesinha a nossa adorável Chloe Moretz, não?

Achei que o make, o cabelo e ou os acessórios poderiam ser mais interessantes nesse caso, para deixar o look com mais vida. Algo mais dentro desse fundamento acima, que ela mesmo já se arriscou nesse excelente vídeo/curta de “Our Deal” do Best Coat. (que eu nunca canso de ouvir e fui apresentado pelo meu quase irmão, G., que também acha a Chloe linda, só tem 17 anos e também acha meio nojento esse interesse todos dos meninos tão cedo para cima dela, ele que ultimamente está vivendo o plot que diz que odeia que comentem sobre a sua vida e provavelmente vá odiar essa parte do post caso chegue a ler  – ♥ – PS: e antes que eu me esqueça, sim G., você tinha razão e a Rebel Wilson faz uma ponta em “Bridesmaids”)

kesha-mtv-movie-awards-2013-red-carpet-13

É inacreditável como mesmo de banho tomado, a Ke$ha continua com cara de quem dormiu em uma poça de lama, poeira e wisky, não?

E só eu não sabia que ela foi promovida a nova Bruxa do Leste e não do Oeste, porque apesar de estar rolando na sujeira desde que a conhecemos, ela ainda não conseguiu chegar no tom de verde encardido?

#NAOTABOMNAO

ps: e ela não perde a chance de usar um biquíni, uma hot pants ou uma transparência para nos traumatizar com a visão baixa da sua Ke$hereca, não é mesmo? EW!

mtv-movie-awards-2013-backstage-photo-roundup-35

E a surpresa da noite no MTV Movie Awards 2013 ficou por conta da minha pessoal descoberta de que o ex da Miley tem um sotaque e como vocês bem sabem, perco praticamente todos os sentidos e ganho alguns novos quando ouço sotaques…

Sem contar que durante a premiação, ainda teve um close de barba cheia no Liam, que despertou novamente certo interesse. Confesso.

Tudo bem que no seu CV, sempre vai pesar a sua passagem pela Smiley, mas de qualquer forma, quem somos nós para fazer a tão seletiva assim em noite de pouca gente na buatchy escura e depois das 5h00, também conhecida como a hora do desespero na noite?

Höy!

mtv-movie-awards-2013-

Eu gostaria que honestamente, sem procurar no IMDB ou qualquer coisa do tipo, alguém me dissesse um filme sensacional de comédia que o Will Ferrell tenha feito para merecer esse prêmio de “genialidade da comédia” na noite de ontem. Sério, alguém?

Eu só me lembro dele ter arruinado o “remake” de “A Feiticeira”, feito que ele realizou ao lado da Nicole Kidman já pós plásticas e de ter feito um personage chato para cacete em The Office. (e como torcemos para que ele não fosse o substituto do Michael, hein?)

Pra mim, a melhor piada desse momento continua sendo a de que até o Tyrion preferiu estar em qualquer outro lugar do que na própria série na noite de ontem e nesse caso achamos que ele pode ficar pelo menos uns 2 meses fazendo cameos em tudo quanto é premiação preguiça da TV, que quando ele voltar para GOT é capaz da série ainda estar exatamente no mesmo lugar. (vai me dizer que GOT não está assim? Seja sincero, leitor…)

Aubrey Plaza

Por isso, achamos que ele mereceu a Aubrey Plaza tentando fazer a “Kanye” durante o seu momento no MTV Movie Awards, ela que estava incontrolável e colocadíssima na platéia. E tem coisa mais honesta do que celebridade que perde a linha no open bar?

Não, não tem. We ♥ April

2013 MTV Movie Awards

2013 MTV Movie Awards

Ginger Alert. Ginger Alert! (começa a tocar um mashup de Bowie nos tempos de Ziggy, Cindy Lauper antiga e Florrancé e sua máquina)

Um dos melhores acontecimentos do MTV Movie Awards 2013 foi a variedade de tons de ruivos magia encontrados entre o Tom Hiddleston e o Eddie Redmayne.

Höy!² (Hiddleston que inclusive estava impossível da magia a sedução e toda hora aparecia na câmera. Pena o seu humor ser tão inglês para aquela platéia. Humpf!)

mtv-movie-awards-2013-backstage-photo-roundup-03

Vamos brincar de “gay homossexual, inglês, europeu ou cafuçu desavisado” ou seria ofensivo demais?

OK, não queremos magoar/provocar a ira de ninguém, mas digamos que da esquerda para a direita, eu diria que o código para esse enigma seria 1, 4,1, quase 1, quase 4 e com alguns drinks 1. (nessa ordem)

E a cara de constrangimento do Zac Efron na hora que pediram para ajoelhar? Sei…

hana-mae-lee-cigarette-hat-

Agora, temos que reconhecer que ninguém conseguiu entender melhor o espírito da premiação do que aquela personagem que não conseguia cantar e ou falar alto em “Pitch Perfect” (sorry, mas estou com 6 dúzia de pão de queijo no forno e não tenho tempo para procurar o nome de toda cretina que aparece na minha frente. Nada pessoal), que foi de chapéu com esse cigarro apagado gigantesco, que era exatamente o que a gente gostaria de ter feito na cara do MTV Movie Awards 2013. #TZZZZZ

Porque não tem como levar a sério qualquer premiação de cinema que tenha como muso o Channing Tatum (que eu não dou 10 anos para assumir a obesidade), não tenha limites para piadas sobre a Lena Dunham (uma tudo bem, mas toda hora?) e ou decida ignorar completamente tudo o que aconteceu recentemente com o casal Robert Pattinson e a Kristen Stewart. É, não tem. #TZZZZZ

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

Kick-Ass 2, o trailer

Março 14, 2013

Bem bom esse primeiro trailer de “Kick-Ass 2”, não? (AMO o primeiro. AMO!)

Por lá, estreia no dia 16 de agosto, mas por aqui, só em 13 de setembro mesmo. Humpf!

Ansiosos para sair quebrando tudo?

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

People’s Choice Awards, uma premiação que a gente não respeita os indicados, as escolhas e nem consegue se importar muito com o red carpet

Janeiro 11, 2013

Por esse motivo, temos bem pouco ou quase nada o que comentar sobre a premiação, a não ser dar aquele bocejo preguiçoso e  inspirador para quem estiver do lado e dizer que:

katy-perry-

Jogando um pouco de vermelho e branco nesse look até que OK da Katy Perry, ela estaria pronta para a Oktoberfest. Sério, estaria prontíssima.

Substituindo o preto por verde e continuando a salpicar um pouco de vermelho e branco, eu diria que ela ficaria a cara de voluntária da comunidade na festa da Achiropita. Cadê minha fogazza, hein? (tenho um pé em cada uma das comunidades, portanto, posso falar. E na verdade, me sinto como um cidadão do mundo, portanto, posso falar de todos na verdade, rs)

Preguiça ao som de “Wide Awake”, só que bem baixinho, quase impossível de ouvir… (rs)

morena-baccarin

Morena Baccarin nunca jamais deveria ter apostado em um jumpsuit. Ainda mais um que visivelmente não está no seu número.

Tão pouco deveria ter feito esse cabelo. #WÓ

E ela só conseguiria ficar pior do que isso, caso tivesse ido a festa acompanhada da sua filha que ninguém aguenta mais em Homeland. #CREDINCRUZ

#NAOTABOMNAO

lea-michele

Lea Michelle continua tentando, tentando muito, demais… e nós continuamos achando ela toda meio assim. TO-DA.

Ainda mais nesse combo todo combinado em SOL menor, que certamente demonstra no mínimo uma fraqueza em seu caráter e ou pura preguiça.

Para ficar pior, só se ela tivesse cantado no People’s Choice Awards. E cantado um dueto com o Kurt… (que eu AMO, mas vamos combinar que só sobra o doce para os dois em Glee, hein? Momentos impossíveis de não se bocejar e ou cair em sono profundo, dar uma olhada nos emails, alimentar o cachorro, montar 1/2 cidade inteira de LEGO, adiantar as coisas no Minecraft…)

chloe-moretz

Como a Chloe Moretz cresceu, não?

Não a ponto de justificar toda a animação dos meninos em torno do seu nome (não consigo lidar com toda essa excitação nesse caso, simplesmente não consigo), mas ela cresceu. Fato. Em todos os sentidos.

Acertou no look, na cor, na referência. Só precisa acertar o make Casper e arrumar um sapato do seu número. Mas ela está na categoria daquelas que ainda tem tempo de vida para errar e se arriscar bastante.

E ela está começando agora, é talentosa e conseguimos enxergar um futuro bem bacana para ela, que foi bem mais esperta e pelo menos não fez a Lea Michelle, colocando uma outra cor no sapato.

Por esse motivo, ela vai ganhar uma estrelinha de boa aluna, só que em formato de coração (♥)

emma-watson-

AMO a Emma Watson para sempre (até que ela me prove o contrário com um feitiço bem do errado), gosto do look, acho que ela aposta bem no look curto que dá uma valorizada além de alongar o seu corpo pequeno e baixinho, mas digamos que a Herminone talvez não tenha aprendido direito a magia do make + do cabelo do bem, porque com essa cara e com esse cabelo, #NAOTABOMNAO

jennifer-aniston-

Jennifer Aniston já poderia estar apostando mais em roupas um pouco mais adequadas ao seu status e idade, apesar dela ter esse corpinho invejável, conservado no sofá do Central Perk até hoje.

Mas acho que já passou da hora também dela parar de se contentar com pouco. Você fez Friends, ghol, uma das melhores comédias de todos os tempos e em um papel que todo mundo AMAVA. Está na hora de sentir vergonha de aceitar um prêmio cujo representante masculino foi o Adam Sandler, que mesmo sem pesquisar ou ter muita certeza, achamos que você já deve ter feito uma de suas trophy wifes e ou pretendentes em qualquer um de seus filmes preguiçosos. Se não fez, vai fazer, ou já esteve nessa lista de casting e talvez não tenham acertado apenas os valores, que isso nós sabemos que ela valoriza.

Menos comédia romântica e mais papéis interessantes, mesmo cômicos…

nathan-fillion

Alguém poderia ter avisado o Castle que gravatorra estampada com terno todo preto é look de tio deslocadão tentando se enturmar na festa de formatura da sobrinha mais nova repetente.

#NAOTABOMNAO

naomi-watts-

Só eu achei que a Naomi Watts estava indo para a festa errada?

Até agora, ainda estou achando que ela errou o dia do Globo de Ouro e ou do Oscar. Só pode!

Tadinha… e fez até o cabelo para ir na buatchy moderna… humpf!

olivia-munn-

Alguém sabe dizer se a Olivia Munn foi atropelada por um caminhão de vodka batida com whisky e três dedos de veneno e para disfarçar e não perder a festinha, ela entrou em um culto e roubou o look da primeira irmã que passou na sua frente?

O que aconteceu com essa cara, Olivia? Ou melhor, quantas doses de vodka e ou botox de ultima hora bateram aí, hein?

Meninos meninos mesmo. Escolham melhor suas representantes da magia, caso contrário, não vamos poder respeitá-los e respeitá-las também…

stephen-amell

Alguém tem alguma dúvida que com essa cara quadrada, o Stephen Amell só pode ser do tipo que consegue manter a magia até na foto do RG e ou do passaporte?

Se essa premiação fosse minha, (lembrando que eu tenho a minha own premiação), primeiro que eu já mudaria o nome dela para algo mais interessante do tipo Super Nany People’s Sophie’s Choice Awards (rs, mas sério e a estatueta teria o formato da Meryl Streep) e segundo que obviamente ele teria sido um dos apresentadores na lista da magia, só que o envelope estaria no alto de uma parede de barras do tipo daquela que ele usa magicamente em Arrow e para subir, seria obrigatório um look mais confortável, ou seja, shirtless e talvez on commando, claro. (rs)

Höy!

-jensen-ackles

Toda vez que eu me deparo com o Jensen Ackles, eu penso que ele teria sido um bom motivo para que eu tivesse coragem de encarar Supernatural

Mas somente se a série fosse Supernatural mesmo, com a coisa toda levada bem a sério, do tipo que investe no Supernaturismo de raíz, rs.

Höy!

eddie-redmayne

Eddie Redmayne, minha nova #CRUSH do momento e que é sempre uma visão e que não é do tipo de boy magia muito fácil de encontrar, mesmo em uma terra premiada e encantada qualquer devido ao seu nível de ruivismo, sempre muito bem vindo por aqui, como todo mundo já sabe. #BRAVE

Höy!

bomer-somerhalder

Se Deos fosse uma mulher justa ou pelo menos de saia justa (hoje estou nível Zorra Total meets SNL Brasil meets aquele tio chatônico e piadista que todo mundo tem. Aff…), dessa proximidade entre o Boone (que nesse caso é o Ian Somerhalder) e o Matt Bomer (que nesse caso é ele mesmo) nasceria uma série de novas crianças de todos os sexos, em número suficiente para repopular toda a China, metade do Canadá e 3/4 da Suíça.

Se ela existe mesmo, isso seria o mais justo de se acontecer nesse caso ou no caso de qualquer proximidade entre outras magias equivalentes. #AMEM

Höy!²

hugner-games

AMO The Hunger Games, beijo para todos da Capitol, AMO o elenco (R.I.P Rue), exceto pelo Liam e sua atual companhia e ou gênio, que tudo indica que é difícil e pouco sábio, mas:

1) Jennifer Lawrence estava com o cabelo errado no look certo. Uma referência mais diva na era disco teria ficado sensacional nesse caso, já que o look todo antigo, que também ficaria bom nesse outfit, acabaria pesando demais nesse tipo de premiação também e ela poderia acabar fazendo a amiga deslocada da Naomi Watts.

2) Peeta, sapato marrom nesse tom é nunca jamais, nem nos nossos pais. Anota ae para nunca mais esquecer.

3) Liam estava com o terno certo, amei a cor, mas não está com cara de “Formandos 2012”? Bem achei…

4) Acho imperdoável que a dupla não tenha ido com a roupa pegando fogo e o Liam levado sua própria moita natural e um pedaço de pão amanhecido para dividir com ela nos intervalos. Imperdoável!

taylor-swift

Para encerrar, preciso dizer que eu não consigo aceitar e ou levar a sério uma premiação onde a Taylor Cara de Alface Swift consegue estar entre as mais lindas da noite. Tudo bem que quem realmente importa na fila do mercado 24 horas não foi, mas mesmo assim,  não consigo, é demais para mim.

E nada me tira da cabeça que em outras vidas, essa cara de alface já foi Medusa. Tenho quase certeza disso…

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

HICK, o trailer

Maio 3, 2012

O novo filme sobre sexo, drogas e rock n’ roll.

Fiquei até interessado, mas ainda acho difícil encarar a Chloe Moretz como uma jovem adulta…

Pelo menos no 2012 Critics’ Choice Awards, as escolhas foram bem melhores

Janeiro 13, 2012

Diferente do People’s Choice Awards 2012, dessa vez, agora no 2012 Critics’ Choice Awards, tivemos escolhas bem melhores, tanto no red carpet, quando na lista dos vencedores da noite, o que é sempre bom lembrar que costuma ser uma espécie de “preparativo” para as apostas do Oscar hein?

ps: e como o Leonardo DiCaprio esta maravileeeandro e sempre muito bem acompanhado, não?

Mas agora vamos ao que realmente importa, que são os erros e acertos em noite de premiação:

Emma Stone, novamente apostando no combo Ariel.

Maravileeeandra!

By Jason Wu

Então, eu gostei do vestido da Charlize Theron.

Achei uma escolha arriscada, para um shape que não ficaria bem em qualquer uma, que fique bem claro

Mas gostei mesmo pq eu não achei preguiça e gostei do risco

By Alaia

Apesar da imagem não favorecer, achei uma delícia esse vestido da Kirsten Dunst, hein?

Um Chanel difícil esse da Michelle Williams hein?

Eu quase gostei, mas pensando bem, tenho certeza que na coleção nova teria algo melhor hein?

Chloe Moretz  dessa vez ficou devendo, porque apesar do seu vestido Chanel ser bem bacana, imprimiu ser um pouco maior do que ela, talvez por conta do volume das mangas…

Kelly Kapoor (Mindy Kaling), quer ser minha amiga?

Call me!

Erin (Ellie Kemper) também estava com um vestido poder, mas precisava pesar tanto assim no make?

Menos é mais.

Viola Davis estava maravileeeandra e básica com o seu vermelho simples, porém muito bem escolhido

Jessica Chastain  também acertou na cor e na simplicidade, mesmo com esse Balenciaga que tem esse volume exótico e que poderia ser um número melhor talvez?

Mesmo assim, esta maravileeeandra, o que não é muito difícil no caso dela…

Já a Tilda é sempre tão exótica, que com ela acaba combinando sempre esses looks mais “arriscados”, mesmo quando a gente acha a escolha meio assim…

Agora no quesito preguiça da noite, eu fico com a Evan Rachel Wood, que apostou nesse pretinho com uma renda básica, que quase não aparece. Normal demais, básico demais.

E com esse cabelo, quase nada fica bem.

ps: e que pescoção é esse Brasil?

Algumas delas resolveram apostar no amarelo para iluminar um pouco a noite de premiação (o que eu acho sempre uma cor arriscada para a noite), como é o caso da Diane Kruger, que acreditem vcs ou não, ela conseguiu acertar usando um pantone que me lembra o meu pior look ever, que eu usei no passado e morro de vergonha só de lembrar. Sério.

E depois, quando eu digo que está me parecendo uma caso de perseguição, há quem ache que é exagero…rs

Outra que apostou no amarelo foi a Elizabeth Olsen. Hmm mmm

Mas não sei, esse look meio artesanal demais e com cor, acabou não imprimindo muito o luxo e riqueza que a noite pedia.

Achei que valeria a pena ter repensado…

OK. A Elle Fanning não é perfeita e ela ainda é teen, ou seja, ainda vamor ver muitos erros dela por ai.

Esta perdoada querida, agora vá brincar com as suas bonecas, vá. (rs)

Finalizando o post antes que todo mundo cochile, eu tenho duas perguntas:

O Brad Pitt está machucado ou ele realmente acha que essa bengala é fundamento?

Hein?

E eu nem sei como falar isso delicadamente, mas quando é que o r George Clooney vai arrumar uma namorada com idade próxima a dele, hein?

Não que eu tenha nada contra, acho ótimo que cada um escolha o que quiser e que isso fique bem claro.

Mas pensando nesse caso em específico, já que ele vem tentando faz tempo com mulheres bem mais novas, que tal mudar de horizontes e tentar uma mulher mais experiente, hein?

Além do que, essa tentativa dele com uma mulher mais velha poderia deixar as nossas mães mais esperançosas e nesse momento eu falo em nome de todas elas, hein?

 

Agora ficamos com a lista dos indicados e vencedores da premiação (com os vencedores em bold):

 

Best Picture

The Artist

The Descendants

Drive

Extremely Loud and Incredibly Close

The Help

Hugo

Midnight in Paris

Moneyball

The Tree of Life

War Horse

 

Best Actor

George Clooney – The Descendants

Leonardo DiCaprio – J. Edgar

Jean Dujardin – The Artist

Michael Fassbender – Shame

Ryan Gosling – Drive

Brad Pitt – Moneyball

 

Best Actress

Viola Davis – The Help

Elizabeth Olsen – Martha Marcy May Marlene

Meryl Streep – The Iron Lady

Tilda Swinton – We Need to Talk about Kevin

Charlize Theron – Young Adult

Michelle Williams – My Week with Marilyn

 

Best Supporting Actor

Christopher Plummer – Beginners 

Kenneth Branagh – My Week with Marilyn

Albert Brooks – Drive

Nick Nolte – Warrior

Patton Oswalt – Young Adult

Andy Serkis – Rise of the Planet of the Apes

 

Best Supporting Actress

Octavia Spencer – The Help

Berenice Bejo – The Artist

Jessica Chastain – The Help

Melissa McCarthy – Bridesmaids

Carey Mulligan – Shame

Shailene Woodley – The Descendants

 

Best Young Actor/Actress

Thomas Horn

Asa Butterfield

Elle Fanning

Ezra Miller

Saoirse Ronan

Shailene Woodley

 

Best Acting Ensemble

The Help

The Artist

Bridesmaids

The Descendants

The Ides of March

 

Best Director

Michel Hazanavicius – The Artist

Stephen Daldry – Extremely Loud and Incredibly Close

Alexander Payne – The Descendants

Nicolas Winding Refn – Drive

Martin Scorsese – Hugo

Steven Spielberg – War Horse

 

Best Original Screenplay

Woody Allen – Midnight in Paris 

Michel Hazanavicius – The Artist

Will Reiser – 50/50

Tom McCarthy and Joe Tiboni – Win Win

Diablo Cody – Young Adult

 

Best Adapted Screenplay

Steven Zaillian and Aaron Sorkin – Moneyball

Alexander Payne and Nat Faxon & Jim Rash – The Descendants

Eric Roth – Extremely Loud & Incredibly Close

Tate Taylor – The Help

John Logan – Hugo

 

Best Cinematography

Janusz Kaminski – War Horse

Newton Thomas Sigel – Drive

Robert Richardson – Hugo

Guillaume Schiffman – The Artist

Emmanuel Lubezki – The Tree of Life

As escolhas sempre meio duvidosas do People’s Choice Awards, versão 2012

Janeiro 13, 2012

Na verdade, no People’s Choice Awards, o que menos importa é o que as pessoas de lá escolheram na votação em qualquer categoria (o que é sempre uma preguiça e a gente nem precisa disso), e sim, o que as nossas queridas celebridades escolheram para desfilar no red carpet neam?

E já vamos começar com o melhor date ever, que foi a Betty White na platéia, sentadinha ao lado do Robert Patinson, o vampiro mais inofensivo da história. Ganha até do Zé Vampir, rs.

Howcuteisthat?

Achei bem foufo, mas achei que o Robert Pattinson precisa começar a se preocupar, pq quando uma senhora de 90 anos aparece muito mais bem vestida do que ele em noite de premiação, significa que:

#NAOTABOMNAO

Sharooon fez questão de fazer essa cara para deixar bem claro que ela não tem nenhuma relação com a porcaria da cor do cabelo da Kelly.

Sério? Ela conseguiu um papel em filme de época, ou vai interpretar a avó da Sharon na temporada de retorno das catacumbas do inferno de The Osbournes, hein?

E eu até gosto da Kelly, mas nunca achei ela bonita, fato. Pra mim, ela vai ter sempre essa cara de quem sofre de prisão do ventre. Sorry! (Activia!)

ps: Sharooon estava maravileeeandra de metalizado, não? 

Gente? E o que aconteceu com a cara da Portia de Rossi?

Diz que a mão da Ellen ali do lado, na verdade, estava segurando um ponto estratégico do corpo da Portia, onde fica todo o plissé que segura isso tudo, e que a ela não pode soltar por nada nesse mundo, ou desaba tudo.

Sem contar que, se vc vive em um mundo onde a Ellen DeGeneres, sua companheira masculeeeandra (leia-se masculeeeandra como aquela que não é muito ligada a estética), está com a cara melhor do que a sua femileeeandra (leia-se femileeeandra como aquela de quem se espera que seja mais ligada a estética), isso só pode significar que está ficando bem puxado, não?

E literalmente. WOO!

Achei democrático que a moda evangélica tenha ganhado espaço no red carpet.

Parabéns Nina Dobrev, vc conseguiu. Só que ao contrário.

E quando vc chega ao ponto de ter que reciclar o tecido da sua fantasia de Halloween e tentar transformá-lo em algo novo, é porque está na hora de começar a repensar a sua carreira, não é mesmo Vanessa Hudgens?

E quem ainda faz bico para tirar foto em 2012, hein?

Eu nunca sei quem é quem quando vejo essa figura:

Se é a Snooki que perdeu peso, ou se a Demi Lovato que ganhou todo o peso que a Snooki teria perdido.

Nunca consigo me decidir…

Mas para ambas as alternativas, a cafonice reina.

#NAOTABOMNAO

ps: olhando esse make mega carregado da segunda imagem, vcs não chutariam que ela tem pelo menos 37 anos? Eu diria até que uns 38, com folga, rs. 

Ashley Greene é aquela atriz que a gente sabe que conhece, mas nunca lembra de onde, tamanha a sua importância em nossos corações gelados. Zzzz

Achei o look quase que um pirigótica, só que um pouquinho mais comportado.

Mas e essas duas marcas enormes na altura do peito? Significa que ela tem mamilos de aço?

Ganhou até do Batman do George Clooney nessa categoria hein?

E vamos acabar um pouco com a ilusão?

A gente assiste aos desfiles, acha quase tudo lindo nas passarelas, temos nossas marcas preferidas ever, mas quando chega a hora de olhar de perto, no red carpet (que é onde a gente tem uma maior chance, rs), é sempre uma decepção quando a gente percebe a pouca qualidade do produto neam?

Tudo bem que costurar todos esses recortes não é a tarefa mais simples do mundo (e eu nem sei costurar nada) e o vestido é de uma marca que eu AMO, mas não precisava ficar com cara de fantasia de escola de samba neam?

#IMPRIMIUEXCESSODECOLAQUENTE

Pausa: gente, e a Lily está grávida de novo?

É tipo linha de produção agora? Um por cada nova temporada de How I Met Your Mother? (que eu finalmente desisti e nem assisto mais)

Mas nada foi mais preguiça do que o look da Veronica Mars na noite da premiação, hein?

Achei total preguiça, a começar pelo cabelo. Zzzz

E eu fiquei com pena da Kaley Cuoco…

Penny até que estava linda, com uma cinturinha de fazer inveja a qualquer Mariah em propaganda de programa de emagrecimento, mas esse vestido estaria perfeito para um casamento, ou outro tipo de premiação.

Sabe quando ficou um pouco demais para a ocasião? Mesmo não sendo daqueles modelos do tipo dos mais exagerados, sabe?

Mas eu AMO esse cabelo Barbarella, AMO!

Agora vamos falar da dupla do momento?

Maria Margarete Branca de Neve e sua filha, a pequena Emma Swan.

Então vamos começar logo do pior:

Onde é que a Jennifer Morrison estava com a cabeça quando escolheu esse modelão todo horrível para a premiação, hein?

Aliás, com o que é que ela estava na cabeça? Roubou o aplique fajuto da própria Cinderela dos parques da Disney?

Achei tudo horrível e a barra artesanal do vestido fecha com chave de ouro essa escolha totalmente meio assim.

#NAOTABOMNAO

Ginnifer Goodwin (que a mãe dela poderia ter simplificado e ter escolhido Jennifer…) aprendeu que “ele não está tão afim de vc” e parece que nesse caminho, ela aprendeu alguma coisa sobre moda também, hein?

Claro que eu não gosto desse tipo de manga, mas amei a cor vibrante, achei bem chic e apropriado para o tipo de premiação.

Mas a pergunta que não quer calar é:

Onde diabos estava o Prince Charming que não tem ele na premiação, hein?

We miss U (mas ele ficou pavoroso com aquela boina no último episódio de OUAT, hein?

 

E já que tocamos no assunto, vamos falar agora dos boy magia da premiação neam? Höy!

(mas nem se animem, porque foram bem poucos…)

Matt Bomer, que eu descobri recentemente que tem filhos (sim, estava descrito no plural, para uma surpresa ainda maior), sempre com essa cara de moço limpinho que lava o rosto com sabonete neutro antes de sair de casa neam?

Höy!

O que teria acontecido com a magia de Boone, hein?

Será que foi a luz que prejudicou?

Será que ele apertou demais os olhos para tentar enfeitiçar e acabou causando um efeito colateral em todo o resto do seu rosto?

Eu nunca entendi muito bem todo esse apelo em torno do Paul Wesley…

Sempre achei ele meio assim…pra mim, ele é como o Justin Bieber deveria ser se fosse mais bonito e mais masculeeeandro, não sei porque, mas eu vejo uma semelhança entre os dois que eu não sei explicar de onde vem e por isso não me perguntem.

Mas um dia desses, acabei vendo por acaso uma cena shirtless dele em Vampire Diaries, o que acabou justificando em imagens todo aquele apelo que eu não entendia anteriormente. Höy!

ps: mas continuo achando ele uma versão melhorada do Justin Bieber, hein?

Só porque o talento do Ewan McGregor é muito maior do que qualquer coisa, a gente consegue perdoar essa cara de emburradinho dele na premiação neam? Höy!

E chega a ser triste quando atores com fundamento tem que marcar presença em eventos meio assim só para ainda serem lembrandos pelo grande público. Humpf!

Agora, a gente ama o Zachary Levi e todo mundo sabe disso neam? (e o nome Levi na lista de nomes de bebês da Sarah em Chuck, hein? Foufo mil!)

Mas quando é que ele vai voltar a ser boy magia?

Pq com esse mini moicano, não dá!

Eu até entendo que eles tenham cortado o cabelo do Chuck antigo para tentar deixar o personagem com cara de mais sério, mais profissional, mas nada como aquele cabelinho da primeira e segunda temporada para nos enfeitiçar neam?

Fica a sugestão de makeover…

E eu tenho uma implicância enorrrme com ternos de cor indefinida, tipo esse do Neil Patrick Harris.

Nunca sei se é beige, cinza, ou se está amarelado de ficar no armário. (sem trocadilhos, mesmo porque nesse caso nem se aplica neam? Sério.)

E como eles estão ficando parecidos, não?

Juro que eu não tenho nada a declarar sobre a quantidade exagerada de make que o Adam Levine estava usando na premiação, juro!

E não adianta dizer que é implicância minha, basta comparar o brilho das duas peles e preceber de quem é a única opaca da imagem…

E para vcs sentirem o drama das escolhas da premiação,  o Maroon 5 ganhou o prêmio de melhor banda. PÁ!

Deixei por último o casal Miley, que nem acredita que está pegando o Liam Hemsworth, porque essa imagem diz muito.

A começar pela cara de dúvida da própria Miley Cyrus, que parece nem acreditar na magia ao seu lado…

Disse outro dia que ela pelo menos era mais esperta do que talentosa, considerando o quesito escolha de boy magia, mas andei repensando o assunto por parte dele…

Porque seria mesmo o Liam Hemsworth um boy magia de categoria, quando com tantas opções no mercado ele escolheu desfilar logo ao lado da Miley Cyrus?

Uma questão sempre boa para se refletir quando o assunto é boy magia acompanhado.

 

E agora vamos as melhores da noite, o que sempre nos dá uma esperança de que nem tudo está perdido.

Chloe Moretz , super apropriada para a ocasião, apesar desses dedos dela no sapato me deixarem meio (completamente) tenso, rs.

Robin sua linda. Smples, colorida e maravileeeandra! Höy!

ps: acho a Cobie Smulders uma das mulheres mais lindas da Tv atualmente. Höy!

E é claro que a Emma Stone não iria nos decepcionar e foi apostando no look masculeeeandro. Höy!

Aliás, ruiva de verde eu costumo dizer que é o combo certeiro da Ariel, que sempre funciona, ou vc acha que a Disney não faz toda uma pesquisa antes de lançar qualquer coisa hein?

E quem disse que não se pode aprender nada como uma animação?

Agora, quem realmente surpreendeu no People’s Choice Awards 2012, além do prêmio de melhor comédia sair para How I Met Your Mother, foi a Lea Michele, ficando com o prêmio de melhor vestido da noite.

Tudo bem que franja é o novo bandage dress e que ela sair sempre com cara de quem esta prendendo alguma coisa (rs), mas achei o vestido bem poder, mesmo tendo cara de que nós já vimos ele circulando por ai antes hein?

Maravileeeandra!

Dark Shadows, a primeira imagem oficial

Setembro 26, 2011

Deliciosa não?

“Dark Shadows” é o novo filme do Tim Burton, previsto para 12/05 de 2012 lá na america antiga e que tem no elenco o Johhny Depp e a Helena Bonhan Carter, claro, além da Chloë Moretz, Johnny Lee Miller e a Michelle Pheiffer. Ou seja, imperdível!

O filme é baseado em série antiga da década de 60 com o mesmo nome e conta a história do vampiro Barnabas Collins e a sua vidinha pacata entre personagens sobrenaturais do tipo bruxas, lobisomens e fantasmas. BOO!

Ansioso mil!

Adoramos o fundamento hein Chloe Moretz?

Agosto 26, 2011

Maravileeeandra nos dois momentos, não? (no segundo, eu trocaria a sandália, fikdik)

E para quem não esta se lembrando, ela foi a sensacional Hit-Girl, que roubou a cena em “Kick-Ass”

Go girl!

O filme é do Kick-Ass, mas quem quebra tudo mesmo é a Hit-Girl

Julho 19, 2010

Uma grande violência divertida. Imaginem se pessoas comuns, sem nenhum poder especial e poucos recursos ($$$)  resolvessem virar super-heróis…hein?

É extamente isso que acontece em “Kick-Ass”, filme do diretor Mattew Vaughn (que trabalhou com produtor em “Snatch” e será o novo diretor do “X-Men First Class”), sobre um jovem nerd, viciado em histórias em quadrinhos e cultura pop, que um dia resolve se transformar em super herói, sem ter muita noção do que isso pode significar e mudar completamente a sua vida…

O mais legal de todo o filme (além das cenas de luta é claro) é que eles tiram o sarro o tempo todo dos mitos que conhecemos sobre os super-heróis mais famosos. Referências mil ao Superman, X-Men, Fantastic 4, Batman, Spider Man, são feitas o tempo todo, sempre com uma sacada inteligente ou apenas tirando o sarro puro e simplesmente desses estereótipos de heróis. Até o medo de morrer antes do final de Lost aparece como piada no filme, rolei!

Embora o longa esteja dentro de um universo jovem, muitas vezes até “infantil” pelo grande apelo que essa temática tem com esse público, “Kick-Ass” é um filme adulto, para gente grande, que mistura essa linguagem tão popular que é o mundo dos quadrinhos, com a realidade do mundo em que vivemos atualmente. E esse é o charme do filme. Well done!

Porque as histórias todas de super-heróis que conhecenos são sempre absurdas demais ou impossíveis, mas no filme a realidade se faz presente quase sempre, em momentos como quando ele, o jovem Dave Lizewski faz a sua primeira empreitada como Kick-Ass e acaba se dando mal, sendo esfaqueado e atropelado por um carro quase que ao mesmo tempo, tendo que ficar meses internado para a sua recuperação.

Por mais ficção que tudo isso seja e tenha sido retratado anteriormente nos próprios quadrinhos da série, achei bem bacana esse lado mais pé no chão de se construir um herói, algo que até então nós não tinhamos visto  ainda no cinema, fato.

Outra questão que é muito bem abordada no filme é a violência, que todos nós sabemos que faz parte do nosso dia a dia (humpf!). Em muitas vezes até presenciamos um cena de violência e não fazemos nada, com medo da reação que isso pode causar em nossas vidas. Acho que isso prova que uma vida de herói é para poucos, fato.

E é bem legal tmbm quando o Kick-Ass finalmente se torna um herói e começa a combater o crime, onde ele vai se metendo em assuntos de gente grande, provocando a ira de assassinos e traficantes de verdade, que acabam querendo a sua cabeça em uma bandeja de prata. (euri com a referência)

Outro ponto positivo do filme foi a forma com que o novo herói se tornou popular, utilizando as redes sociais como sua maior arma para a divulgação do seu “trabalho”. Quantas vezes nesses últimos 4 anos (pelo menos) nós vimos alguém virar uma celebridade instantânea do dia para a noite na internet? Pois bem, é exatamente assim que a carreira de sucesso do nosso herói começa.

Mas outros dois personagens me chamaram (e muito) a atenção nesse filme: Nicolas Cage como Big Daddy (em uma roupa parecida com a do Batman, euri)  e a sua filha no filme Hit-Girl (que é a mais fodona de todas ever!). E quando Kick-Ass os encontra pela primeira vez, ele percebe que não esta sozinho nessa e que ainda precisa aprender e muito o que de fato é ser um herói.

Juntos, pai e filha vivem em um mundo quase que paralelo, em um constante treinamento em busca de uma vingança pessoal para eles. Alé disso, eles vivem em um lugar com paredes repletas de armas das mais variadas e potentes. Completamente sur-ta-dos!

E divertidíssimos tmbm! O treinamento dos dois é sensacional, assim como a vocação para o assunto. Uma bela dupla!

As cenas de luta de Kick-Ass são sensacionais tmbm, com efeitos de luz e câmera bem incríveis, algo bem moderno. As minhas preferidas são as da Hit-Girl é claro (que é quem mais luta no filme) e sem contar que não é todo dia que temos uma garota de 11 anos lutando contra o crime e sedenta por sangue  neam? (ainda bem, ufa!)

É dela na minha opinião o papel de heroina do filme. E é dela tmbm o papel mais polêmico da trama, onde um doce menina dá lugar a uma assassima, mesmo que isso seja em nome da justiça. Sangue para todo lado, espadas, facas, muita munição e pontaria fazem parte do dia a dia dessa menina que é sem dúvidas um prodígio no mundo dos super-heróis (sorry Robin!)

O filme é repleto de violência do mais alto nível, muito sangue, gente sendo assassinada de forma fria e cruel, no mercy! É pesado  sim, ainda mais para a temática que insiste em idealizar os heróis como alguém quase perfeito. Em “Kick-Ass” a coisa é diferente e como estamos falando de pessoas de verdade, quando eles se dão mal, é pra valer e o herói termina a cena com os olhos roxos, com a cara coberta de sangue e ferimentos por todo o corpo.

A cena em que a menina invade a casa do inimigo é sensacional! Um combo “Fight Club” + “Snatch” + “Kill Bill”, certamente fontes de pesquisa e até mesmo referência para a construção do filme.

Que o Tarantino tenha visto esse filme e decida fazer logo o “Kill Bill Vol.3”, com a vingança da menina ainda bem jovem e precoce, fikdik

Mas o prórpio Kick-Ass tmbm é só carisma, seja quando ele é um simples nerd ao lado dos seus amigos inseparáveis, ou até mesmo quando ele coloca o seu uniforme verde e amarelo e sai pelas ruas em busca da justiça. E como jovem nerd metido a herói (#Peter Parker feelings), sua vida amorosa começa como um desastre, com a sua amada achando que ele é gay (euri). Mas logo ele se declara para ela e conta toda a verdade (e leva uma surra tmbm), e ai, os hormônios da adolescência entram em ação e Höy!

O vilão do filme fica por conta do Frank D’Amico, traficante barra pesada e milionário e seu filho Chris D’Amico, que no meio da história vira a sua própria tentativa de herói (ou vilão) na pele do Red Mist.

Só achei que ” Kick-Ass” me pareceu meio corrido para os seus poucos  110 min de filme e achei mesmo que ficou corrido para tanto assunto que eu ainda gostaria de ver no filme. Mesmo assim, as resoluções finais foram satisfatórias e o anúncio de uma sequência do filme para 2012 só me deixa ainda mais ansioso para ver o que esses jovens nerds metidos a super herói ainda vão aprontar.

Outra coisa que me deixou aliviado assistindo Kick-Ass, é que como o diretor do filme será o novo diretor do próximo X-Men, eu sinto cheiro de coisa boa por ai hein? Finalmente, pq aquele último filme foi de doer neam?


%d bloggers like this: