Posts Tagged ‘Christmas’

HO HO HÖY!

Dezembro 24, 2012

#HOHOHOY

Passamos praticamente o ano inteiro juntos e obviamente que logo essa noite não poderia ser diferente, não é mesmo?

Portanto, fazendo uma pausa no meu freela de sempre como Rudolph em noite de Natal, eu precisava vir aqui para pendurar o meu cartão na minha própria árvore e dar uma abraço de Feliz Natal em todos vocês, claro.

E temos trilha para esse momento? SIM, temos trilha!

Feliz Natal e tudo de maravileeeandro, sempre!

Smacks sabor rabanada quentinha! (♥)

#HOHOHÖY

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

Hiatus

Dezembro 21, 2012

#HIATUS

(Narração: Kermit the Frog)

Village, NYC, agora a pouco:

Essy estava tranquilo em seu loft no Village (sim, ele mora lá, vai dizer que vocês não sabiam?), com o rosto coberto de máscara de abacate + pepino + camomila e caviar, vestindo Prada, com a mesma elegância do Gary Oldman, Willem Dafoe, Jamie Bell e Garett Hedlund na campanha recente da marca e segurando uma taça de Martini vazia, apenas para dar aquela dramaticidade para a cena, enquanto observava da janela com seu binóculo emprestado de “Moonrise Kingdom”, o que a sua vizinha Sarah Jessica Parker estava vestindo para a noite, tudo isso só para não repetir o look e encarar uma tragédia como essa tão cedo em sua vida fashionista, quando de repente, um passarinho azul saído diretamente dos filmes da Disney antiga posou em sua janela, trazendo um misterioso bilhete que traduzido (SIM, porque Essy fala “animal”), trazia como mensagem algo do tipo:

 

Socorro. Cansei de ser tratado dessa forma pela namorada Evil do meu dono. Por favor, me ajude, Essy!

 

Como assinatura, apenas a marca feita com tinha de uma pata de cachorro e as misteriosas iniciais G.G (naõ tão misteriosas assim para quem acompanha o Guilt). #MISTERY

E essa foi a última vez que tivemos notícias do atual paradeiro do nosso Essy…

(pausa dramática + barulho do final dos episódios de Lost)

Além de várias roupas assinadas deixadas no chão do seu invejável closet imaginário, demonstrando uma clara & evidente correria de última hora onde pelo que observamos, ele só teve mesmo tempo para pegar seus livros, álbuns e filmes/séries preferidos e nada mais foi encontrando em seu loft que pudesse nos deixar alguma outra pista do seu verdadeiro paradeiro. Nada, exceto um recado escrito no espelho com o batom caro que ele roubou da própria vizinha Sarahjay, com o seguinte recado:

 

Estou de férias. SIM, finalmente! Volto dia 07/01/13. Por favor não me abandonem! Please? (olhar de piedade com olhões do Bambi)

 

Relatos e algumas ligações anônimas que recebemos dão conta de que Essy talvez tenha recebido um convite para ser padrinho do bebê real ao lado do príncipe mais ruivo da terra da rainha e tenha se tornado o mais novo membro da família real, da qual ele sempre soube que pertencia. Outros dizem que ele finalmente assinou um contrato com a HBO para desenvolver a sua própria série, uma mistura de Sex And The City + Girls, só que muito mais legal do que tudo isso junto e que promete muito mais ação do que GOT. Dizem que o até o Louis C.K. já andou declarando sua preocupação a respeito da nova concorrência. Outros mais realistas, acreditam que na verdade, ele está fazendo um retiro espiritual escondido em uma montanha em um fim de mundo quadriculado também conhecido com Minecraft, cavando sem parar e construindo um verdadeiro império. É o que dizem…

Mesmo assim, vasculhando em seus pertences, encontramos uma segunda mensagem escondida por trás de uma leve camada de ambar (Fringe), essa escrita em glíter na janela da sala e que só podia ser vista no escuro, dizendo que mesmo que dia 07/01 ainda pareça muito longe, ele deixou alguns posts totalmente imperdíveis e bastante especiais, que foram todos programados diretamente do seu iPad da Hello Kitty para entrar aqui no Guilt durante a sua ausência os próximos dias, deixando todos os seus leitores muito bem amparados com posts diários antes da volta triunfal com episódios inéditos depois desse breve hiatus. Isso só porque ele não gostaria de ver nenhum de seus leitores tendo forte crises de abstinência. (como as que ele secretamente nos confessou que provavelmente irá sentir durante esse período)

No entanto, uma recomendação importante aparecia ao final do recado, dizendo que ninguém pode perder a aguardadíssima premiação de todos os anos aqui do blog, o The Modern Guilt Awards, que esse ano enfrenta a sua quarta edição, trazendo uma série de categorias e prêmios que realmente importam e que muitas fezes fazem muito mais sentido apenas na cabeça de quem os escreve. Premiação essa que acontece tradicionalmente no último dia do ano e que ninguém pode perder. Por isso, nem pensem em ficar sem tocar a campainha do Guilt durante esses dias, caso contrários vocês correm o risco de ficar totalmente de fora do assunto das rodinhas que realmente interessam por aí.

Fora isso, para diminuir a saudade durante esse período, Essy deixou também uma lista amiga de links que podem ajudar a passar o tempo enquanto ele estiver ausente, se bronzeando em ST Barts ou em uma certa outra ilha recém famosa… (que é outra possibilidade que esquecemos de mencionar anteriormente e que a Miss Piggy só nos avisou agora – ainda com a narração do Kermit) então, lá vai a lista com as reprises:

 

(♥) Series sensacionais (algumas nem tanto vai?) que assistimos ao longo desse ano

(♥) Filmes que nós AMAMOS e que fizeram parte do nosso pacote de pipoca esse ano

(♥) Magias, algumas bem mágicas, que nos enfeitiçaram durante 2012

(♥) Tudo que fez a gente ter vontade de gritar #NAOTABOMNAO (e aqui também ó)

(♥) Tudo que gostaríamos de ter comprado caso o limite do nosso cartão de crédito permitisse (ou se a gente não tivesse que pagá-lo depois)

(♥) Tudo o que nós ouvimos em nossas mixtapes, que segundo consta, são sempre uma delícia (e tem coisa bem boa aqui também)

(♥) As foufurices mais foufas que tivemos que encarar em 2012

(♥) As modas todas elas, mas aqui, só a parte boa, claro!

(♥) Algumas coisas que precisamos repensar e que por enquanto, vão permanecer de castigo

(♥) Nossas inspirações diárias

(♥) Tudo de rico e maravileeeandro. Aqui, aqui e aqui

 

E é isso, com a promessa de voltar revigorado e mais lindo do que um My Little Pony vintage, os trabalhos normais do Guilt só voltam mesmo no próximo dia 07. Até lá, tentem não morrer de saudade, porque nós sabemos que essa é a mesma barra que o nosso querido Essy vai ter que enfrentar durante essas férias ou seja lá onde ele estiver…

Smacks

 

Agradecimentos a todos os Muppets e o pessoal da Sesame Street. Thnks!

ps:  enquanto isso, de longe ouvimos um grito que ecoava dizendo que pelo Twitter, Essy promete dar sinal de vida durante todo esse tempo…

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

Have Yourself a Merry Little Christmas Who

Dezembro 14, 2012

SIM, o Doutor e os Ponds juntos novamente, cantando um clássico de Natal. YEI!

Sério, #TEMCOMONAOAMAR?

#DATDOCTOR

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

I Feel It In My Bones

Dezembro 7, 2012

Vídeo para o single de Natal desse ano do The Killers com o Ryan Pardey vivendo um Papai Noel meio psicopata.

Sério, #TEMCOMONAOAMAR?

 

ps: lembra de mim, Brandon Flowers? (Höy!)

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

The Doctor, The Widow and The Wardrobe – o especial de Natal de Doctor Who

Janeiro 3, 2012

Se tem uma coisa que se tornou tradição de Natal obrigatória pra mim (e 1 parte da minha família) a partir desse ano, foi assistir ao especial de Natal de Doctor Who, que acontece sempre na noite do dia 25 e que nesse Natal ganhou o título (7×00 The Doctor, The Widow and The Wardrobe)  em “homenagem” as Crônicas de Nárnia (livro que a minha mãe AMA!)

Apesar do título, o episódio teve pouca coisa relacionada com as Crônicas de Nárnia, a não ser a “passagem” entre os dois mundos,  mas isso o próprio Moffat já havia dito antes do episódio ir ao ar.

Mas foi sensacional, mágico, como sempre são os especiais de Natal de Doctor Who. Há quem esteja reclamando até agora sobre a pouca relação dos últimos especiais com a história atual da série, mas eu confesso que nem ligo e acho bacana que apesar de ser um episódio especial dentro de uma série, eles possam tratar de outros assuntos fora do que realmente estaria acontecendo dentro do universo digamos “ataul” de Doctor Who.

Se bem que, esse ano tivemos alguma relação com o final da Season 6 sim, mas disso falaremos depois…

Em termos visuais, eu achei que esse episódio acabou perdendo para o Natal anterior (6×00 A Christmas Carol), que foi bem especial e isso não tem como negar. Já como história, achei que o episódio da noite de Natal desse ano teve um apelo emocional mais apropriado para a época e aposto que muita gente ficou emocionado com o desenrolar da história, por mais óbvia que ela possa parecer para quem assistiu ao episódio prestando a mínima atenção.

E o Doutor esteve sensacional, todo engraçadão, caprichando nas suas piadas e envolvendo as pessoas daquela família em sua aventura. Coinscidência ou não, o nome do garoto ruivo do episódio era Cyril, mesmo nome do personagem principal de um dos últimos filmes do ano que eu falei para vcs por aqui, “O Garoto de Bicicleta”. Ou seja, confirmou!

Agora, para quem viu o episódio: tinha árvore de Natal mais maravileeeandra do que aquela? Acho que até empata com a minha árvore do Ryan Gosling desse ano (e a partir disso, de sempre! Höy!)

Achei a história das árvores bem foufa, apesar de ter ficado esperando que elas fossem evil, com aquela cara tão dramática delas. Assim como a história da família, que acabou sendo recuperada de forma sensível e super bonitinha.

E especial de Doctor Who de Natal tem que ser assim, tem que ser fácil, não te fazer pensar muito em linhas do tempo ou coisas do tipo, ainda mais em noite de Natal. Programa perfeito para se fazer em família.

Por isso também eu acho importante que a história do especial nem seja assim tão relacionada com a mais recente temporada, para que ele possa funcionar como um episódio solto, como um especial deve ser.

Mas aqueles minutos finais do episódio (relacionados com o atual momento do encerramento da Season 6) esses sim foram sensacionais, tipo presente de Natal mesmo, com o Doutor tendo que enfrentar a porta azul da casa dos Ponds pela primeira vez depois da última season finale.

E dois anos se passaram para esse encontro e esse momento não poderia ter sido melhor, com a Amy magoada por ele ter demorado tanto tempo para voltar e ela e o Doutor não querendo dar o braço a torcer e ser o primeiro a abraçar o outro. Howcuteisthat? (line que eu AMO e que o próprio Doutor usou em um momento do especial, ou seja: confirmou de novo! )

Confesso que eu achei o momento pra lá de foufo e a essa altura eu já estava mais do que revoltado com a não participação dos Ponds no episódio até então.

Tudo bem que esse reencontro entre os dois funcionaria muito melhor caso a River do futuro não tivesse contado que o Doutor não havia morrido, como eles estavam achando na season finale, mas que foi bem divertido ver o Doutor cheio de culpa e a Amy magoada e toda nervosinha com o sumiço do seu amigo por dois anos,  isso foi. Mas ela garantia o seu lugar à mesa todo ano, caso ele resolvesse aparecer de última hora. (Awnnn!)

E aquela lágrima do Doutor no final do ep, com ele voltando a sentir as emoções que fazia tempo que ele já não conseguia sentir, foi um momento muito especial, um presentão de Natal embrulhado em papel azul TARDIS.

Agora eu tenho uma notícia bem triste. Andei lendo por ai que todos os atores haviam renovado seus contratos para a próxima temporada e acho que até cheguei a dizer isso aqui no Guilt. Pois bem, dizem que o contrato da Amy e do Rory (os Ponds) é um contrato para participação apenas em uma série de episódios da Season 7, mas que a verdadeira companion da vez ainda não se sabe quem será, ou qualquer outro tipo de informação sobre o assunto. Drama, não?

Só sei que com essa triste notícia, ando esperando todas as noites para que uma TARDIS acabe aterrisando aqui no minha casa. Já fiz até uma rachadura na parede com preguiça de criar o meu próprio plot,  rs.

Moffat também andou dizendo que já esta trabalhando na despedida do 11º Doctor e guarda a sete chaves esse segredo, prometendo um dos finais mais emocionantes ever o meu Doutor preferido (que merece!). Algo que eu não gosto nem de imaginar. (glupt)

E ainda, no final do especial de Natal, não tivemos o aguardado trailer da Season 7,  porque eles ainda não começaram a gravar a nova temporada, que só deve ir ao ar na BBC em Setembro de 2012 (tempo suficiente para eu fazer a minha maratona intensiva nas primeiras 4 temporadas desde 2005), mas já se fala em um possível episódio de Páscoa, uma notícia pelo menos animadora,  onde finalmente nos seria apresentado o trailer da Season 7. Mas será mesmo?

HO HO HO

Dezembro 23, 2011

O Natal é e sempre foi o meu feriado preferido, não tem jeito.

AMO tudo sobre o Natal. As luzes, as comidas, a “cafonice”, fingir que está frio só para combinar com a estação que nos venderam durante a nossa vida toda no cinema ou na tv, rs.

Mas, como o Natal está logo ali e o Ano Novo também, vai chegando aquela hora em que a gente tem que se despedir para tentar descansar um pouco, não é mesmo leitor?

É hora de voltar para a casa, ficar se fazer nada, NA-DA, descansar, ficar com a boca suja de rabanada, fofocar com a família na Noite de Natal, ouvir seus pais contar vantagem e ou fazer aquele shosho sobre vc na frente de todo mundo só para te deixar constrangido, tudo em um clima agradável de fim de ano, recheado de presentes que a gente ganha de amigo secreto e corre para trocar na semana seguinte. Pura felicidade. (mas sério, eu AMO o Natal, rs)

Não sei se eu já contei para vcs, mas em noite de Natal eu não tenho descanso. Isso por conta do meu freela que eu faço anualmente como rena de Natal, onde o meu nariz vermelho se acende e eu me transformo no próprio Rudolph, me tornando um membro no staff do senhor Claus, Santa Claus. (porque está puxado para todo mundo e é sempre bom garantir mais recursos para o próximo ano, além de manter o network funcionando com as minhas outras amigas renas, não é mesmo? rs)

Por isso vamos encerrando as atividades hoje aqui no Guilt por esse ano de 2011 (sim, apenas por esse no, acalmem-se), porque o dever e o merecimento me chama, rs. Mas é só um pequeno hiatus, uma mini-férias, por isso meus inimigos, não se animem (i’ll be back!).

Mas não posso sair  sem antes agradecer a todos vcs que passaram aqui em 2011, seja por qual for o motivo, que fizeram o Guilt quadruplicar o número de views durante esse ano. Leitores queridos que me deixam comments tão foufos todos os dias, que fica até difícil de retribuir tamanha quantidade de foufurices, mas que eu juro que eu tento de alguma forma, tsá? (seja com posts fundamentos ou com posts cretinos, rs)

Obrigatô!

Para vcs todos eu desejo um Natal maravileeeandro, com muito fundamento e repleto de magia. E que 2012 seja ainda melhor, porque está puxado e a gente merece! Höy!

 

E também uma beija especial com gloss de veneno para os outros leitores preguiça, que passaram aqui para xingar a minha mãe ou me xingar, falar coisas baixas sem fundamento, tolos, e que mesmo assim garantiram a minha diversão aqui no Guilt em 2011. Muah!

Mas como eu me sinto meio culpado por deixar vcs na mão por esses dias da minha ausência até começar 2012, depois de ter aproveitado o meu espaço aqui para viciar alguns de vcs em várias coisas (rs), vou deixar algumas recomendações para quem tiver sofrendo de crise de abstinência assim como eu durante esse período:

 

♥  Tudo que eu assisti e gostei ou não na TV, vc pode encontrar aqui

♥  Tudo que eu AMEI no cinema, ou nem achei tudo isso, vc pode encontrar aqui

♥  Se sentir carência de novos feitiços ou de alguma magia específica, vc pode encontrar uma verdadeira coleção aqui

♥  Se precisar de um pouco mais de foufurice na sua vida, vc pode procurar aqui

♥  Para ver tudo aquilo que a gente tem vontade de comprar a todo momento, vc pode olhar essa vitrine aqui

♥  O meu fundamento fashion, vc encontra aqui, as vzs aqui, ou aqui tmbm

♥  Se quiser investir em um fundamento novo para o seu closet em 2012, vc pode se inspirar aqui

♥  Para dar risada de quem é sempre um equívoco, vale dar uma olhada aqui

♥  Para dar um pouco mais de risada e aprender um pouco também com as nossas sábias lições e dicas, vale a pena olhar aqui, aqui e aqui

♥  Para ouvir música, quase sempre muito boa (depende de vc, rs), vale a pena colocar o phone e apertar o play aqui e aqui

 

Enfim, espero ter colaborado com quem vai sofrer de abstinência do fundamento do Guilt durante esse período que vamos ficar longe. Mas 2012 está logo ai, e eu volto assim que o meu cachê como rena em noite de Natal acabar. (rs)

Mas nem pensem em me abandonar viu? Quero só ver…

Pq embora eu não esteja por aqui por esses dias, bombardeando vcs com as minhas várias bobagens de praticamente todos os dias, eu já programei alguns posts para ir entrando nessa semaninha que ficaremos separados. Ou seja, não vai perder hein?

E lembrem-se que no último dia do ano, acontece o prêmio mais importante do mundo (sim eu tenho a minha própria premiação, não sabia? Então Check-ch-check-check-check-ch-check it out, ano 1 e ano 2 da premiação mais sensacional de todos os tempos. E não tem Grammy, Emmy, Oscar, Golden Globe ou Dundies certo!) , o The Modern Guilt Awards, edição de 2012, uma premiação que só vem se superando e esse ano promete ser mais do que sensacional! Por isso façam suas apostas e aguardem…(embora eu mesmo decida tudo sobre a premiação, logo, ela não é das mais democráticas e eu já vou avisando que também é super tendenciosa, rs)

E é isso, vou indo agora que o senhor Santa Claus não aceita atraso e eu como sou uma rena de respeito e com papel principal no Natal, tenho que dar o exemplo, não?

 

Smacks e vejo vcs no dia 02/01

 

ass: Essy Rudolph P. Parker (sim, porque além de rena de Natal eu também sou um super-herói e todo mundo sabe disso), The Modern Guilt

ps 1: e se quando eu voltar, tiver vários comments me esperando por aqui, eu confesso que vou me sentir bem feliz e não vou ficar achando que eu fui abandonado, hein? 

ps 2: quem vai ter coragem de dizer que a minha “Árvore de Natal Gosling Magia” acima , não é a mais maravileeeandra ever. Höy!

Vou de TARDIS, cê sabe!

Dezembro 16, 2011

E vcs, vão fazer o que nesse Natal, hein?

Eu vou vestir o meu pijama com estampa de nuvens, preparar aquele chocolate quente com marshmalows (sim, mesmo com esse calor, rs), colocar o meu chifre de rena na cabeça, pintar a ponta do nariz de vermelho e assistir o especial de Natal de Doctor Who, é claro!

Tudo isso enquanto minha mãe fica atrás do sofá, meio que escondida, jogando neve artificial em mim. Xmas perfeito, não? (euri)

Tirando as compras, isso é tudo o que nós não queremos para o Natal

Dezembro 1, 2011

Inapropriado e deselegante.

Começando pelos olhares de cobiça nojentos do Justin Bieber para as partes da Mariah (que já foram melhores), ele que aprendeu que para imprimir que é adolescente macho, tem que fazer cara de sexy mordendo o lábio e olhar para todo mundo como o leão de Madagascar quando ele esta passando por uma reeducação alimentar (só que nada foufo), a roupa sexy pavorosa da Mamãe Noel (que de franja, esta a cara do personagem feminino em “Planet Of The Apes”),  uma pessoa chacoalhando um cachorro como se fosse uma pena e gente atirando caixas enormes para todos os lados, na maior naturalidade e sem se preocupar em acertar uma cabeça ou duas. E tudo isso na Macy’s. Dá para acreditar?

Além do vídeo já me começar com a mãe do menino (ou ele mesmo) jogando o envelope no chão. Quanta civilidade, não?

Ou as minhas referências estão muito furadas e ultrapassadas, ou o mundo esta mesmo muito diferente, humpf!

Até gostava do single antigo, mas achei as vozes pavorosas nessa nova versão.

E quer saber, depois que o She & Him lançou o seu álbum de Natal, não tem pra mais ninguém.

Esse sim, apropriado e elegante. Trilha do Natal da minha casa esse ano, com certeza.

E é só ouvir para começar a nevar na minha janela. Duvida? Então experimente vc mesmo.

Músicas para o finde Vol.23 (Especial de Natal!)

Dezembro 25, 2010


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

Aqui pode até não nevar e o Santa de vez em quando me aparece de bermuda, mas quem liga? Eu amo o Natal e por isso, para os leitores foufos do Guilt que passaram o ano todo me visitando (thnks!) eu dedico as minhas músicas preferidas de Natal, foufas mil. E Sorry Simone, mas vc ficou de fora da minha lista, rs

♥  Last Christmas < Wham > Uma das minhas preferidas de Natal (minha e da Rachel de Glee, nem para ser do Kurt, humpf!), com o George Michael antigo e um clipe pra lá de cafonona.

♥  Christmas Lights < Coldplay > Single de Natal do Coldplay, com um clipe maravileeeandro!

♥  The Christmas Song < Raveonettes > Maravileeeandra, não?

♥  Rockin’ Around The Chistmas Tree < Brenda Lee > Essa é um clássico. Para dançar em volta da árvore de Natal de Pj’s amanhã de manhã, rs

♥  Winter Wonderland < Darlene Love >  #TEMCOMONAOAMAR uma pessoa com o nome de Darlene Love?

Feliz Natal!

Dezembro 24, 2010

Desde criança eu AMO o Natal! Pra mim, o Natal sempre foi meio mágico (cafona pra cacete falar isso, mas é verdade, rs), com um cheiro especial, um gosto diferente, que eu só sinto nessa época, fatão!

A casa dos meus pais sempre foi o lugar oficial da festa de Natal da minha família. Todo mundo se reunia, a família quase que inteira. Dia de ter cheiro de confort food desde cedo subindo pela janela do meu quarto, pudim de maria mole (Yummy!), muita comida boa, música alta e aquelas fotos mico no colo do Papai Noel. Sério, eu tenho uma que eu já tinha uns 3 metros de altura e ainda estava no colo do bom velhinho, com  um tênis maior do que o meu pé (que eu só usei naquele dia) e um belo de um sorriso metálico (rs).  Vergonha, mas que hoje me deixa com muita saudade daquele tempo…

Minha parte preferida do Natal sempre foi o café da manhã do dia 25. Como a festa sempre foi na minha casa, eu acabava descendo cedo (10h00) ansioso para comer um pouco de cada sobremesa da noite anterior. Fazia aquele kit de comidas deliciosas e ficava na sala assistindo Snoopy (foufo mil!). Me lembro também que quando eu era bem criança, na madrugada do Natal sempre passava Alice In Wonderland, que se tornou com o passar do tempo o meu desenho clássico preferido ever.

Hoje em dia as coisas estão um pouco diferentes e a casa não esta mais tão cheia assim (humpf!), mas quer saber? Continua sendo o meu holiday preferido, prontofalei (e eu ainda continuo ansioso mil para o café da manhã do dia 25, rs)

O desenho acima não é meu, mas eu achei que representava bem o meu Natal e com ele + o Snoopy e sua turma,  eu desejo a todos vcs leitores do Guilt um Natal maravileeeandro, recheado de foufurices mil! Höy!

E a rabanada hein? Yummy!


%d bloggers like this: