Posts Tagged ‘Cuckoo’

Cuckoo indeed

Outubro 25, 2012

Continuando a nossa maratona dessa semana dentro das estreias na TV da terra da rainha, encontramos mais uma comédia, dessa vez estrelada por um rosto conhecido de todos nós, um dos ex boys magia do SNL, o ator Andy Samberg e a sua Cuckoo.

Cuckoo é uma série da BBC3 que tem como plot central a história de uma família inglesa que em um belo dia, tem a sua rotina virada de pernas para o ar com a chegada de um novo membro, o marido da filha que havia passado um ano fora tentando se descobrir e que para a surpresa de seus pais, acabou voltando para casa casada com uma figura um tanto quanto exótica como Cuckoo (Andy Samberg).

Ele por sua vez é um daqueles personagens totalmente sem limites (do tipo que nós já vimos antes), que se adapta facilmente a qualquer situação invadindo completamente o espaço alheio e sem perceber muito isso, de forma até que inocente. Folgado, espaçoso e ainda sem trabalho, Cuckoo chega como um pesadelo para aquela casa, principalmente para o pai da garota Ken (Greg Davies), que é quem encontra a maior dificuldade em aceitar o novo membro da família.

O piloto funciona como uma boa introdução para esse cenário, onde descobrimos rapidamente onde eles se conheceram, quem são aquelas pessoas e até temos uma tentativa de suborno do pai da garota para tentar se livrar do seu “novo filho”, o que é claro que não acaba dando muito certo e ainda acaba lhe rendendo um certo prejuízo, além de uma oportunidade de emprego para o próprio Cuckoo, que parece mesmo que veio para ficar.

Nesse caso, as piadas deixam a desejar no piloto e tudo parece meio requentado de histórias e situações que nós já vimos anteriormente no cinema ou na TV. A situação melhora no segundo episódio (a primeira temporada terá 6 eps), onde a série passa a ganhar mais corpo e as situações passam a ficar mais engraçadas, apesar de pouco originais.

E apesar disso, Cuckoo ainda pouco tem do típico humor inglês que nós gostamos tanto e parece mais um hibrido com o modelo americano de se fazer comédia. Além desse detalhe, a série apesar de contar com outros personagens (mãe, irmão, vizinhos e amigos), parece girar em função da dinâmica entre Cuckoo e o sogro Ken, o que com o tempo pode acabar cansando a audiência.

Mesmo assim, acho que vale a pena acompanhar pelo menos a primeira temporada para ver no que vai dar (só porque eu gosto do Andy), ainda mais sendo curtinha desse jeito, do tipo que a gente assiste sem fazer muito esforço. Ou seja, a série pode até não ser nenhuma novidade tão animadora assim, mas é o que temos para hoje.

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt


%d bloggers like this: