Posts Tagged ‘Damian Mcginty’

A 1ª vez de Glee a gente nunca esquece

Novembro 10, 2011

Pode não ter sido assim tão sensacional, pode não ter sido super hot, mas foi honesto, como a vida deveria ser, e por isso o episódio dessa semana de Glee foi uma delícia. (3×05 The First Time)

O assunto que esteve no ar durante todo o episódio foi a primeira vez, uma barra que todo mundo tem que enfrentar, cedo ou tarde.

Super foufa a forma como eles resolveram lidar com a situação, colocando todos os lados da história em cheque, mostrando diferentes experiências e opiniões de quem já passou por esse momento.

Achei sensacional que o Kurt agora ganhou um concorrente. Tudo bem que ele poderia ser mais magia, mas acho que agora o casal gay mais foufo do high school só tem a ganhar com esse triângulo e não vão mais ficar apenas batendo ombreeenho, rs. (coreô que eu sempre AMEI)

Para Rachel sobrou ser a chata, como sempre. Aquela que só pensa na carreira, em se dar bem e por isso acaba fazendo tudo errado. Tudo bem que nesse caso, ela é quase sempre assim e isso anda cansando demais, mas nada que ela tenha feito nesse episódio, qualquer pessoa com menos personalidade também não tenha passado por algo semelhante, e isso significa que até os chatos sem personalidade também merecem ser representados, rs.

E até a coach Beiste ganhou o seu parceiro, que conseguiu enxergar o seu lado feminino, mesmo com ela puxando ferro como ninguém. Go girl!

No meio de tudo isso ainda tivemos espaço para o Artie deixar o cargo de diretor subir a sua cabeça a ponto de quase transformá-lo em mais um diretorzinho arrogante que nós encontramos em qualquer esquina. Mas Artie é sempre um foufo e não merecia virar uma bitch na última hora, tanto que eles amarraram esse momento dele com o personagem fazendo um discurso super bacana e importante sobre como é diferente a percepção de que vc esta crescendo sendo um cadeirante. Achei um momento importante do episódio, além de ter sido bem bacana e até emocionante.

E o nosso leprechaun mais foufo de toda Irlanda também apareceu nesse episódio (que eu espero que não tenha contado com um dos seus arcos como prêmio), em seu primeiro número fundamento ao lado dos demais do elenco. Gozado que quando ele esta em cena, eu continuo torcendo, como se ele ainda estivesse competindo em TGP, pode?. E o nosso irlandês parece estar se divertindo no meio daquilo tudo e até arriscou uma coreô super animada com direito a rebolada e tudo mais ao lado do Puck durante a apresentação do musical. Foufo mil!

Dessa vez até as músicas de West Side Story fizeram mais sentido e pesaram menos. Eu sei que Glee é um musical e que em algum momento eles vão incluir músicas vindas diretamente dos musicais clássicos, mas eles precisam aprender a fazer isso direito, para que a gente não tenha vontade de dormir ou mudar de canal. Mas nesse caso foi tudo perfeito, tanto que eu até comecei a ficar aflito que o ep estava chegando ao fim e estava tudo tão bom, mas ao mesmo tempo estava tudo tão pendente, que eu fiquei desesperado vendo o tempo passar e nada ser concluído. Isso até os minutos finais…

Outro momento bem importante do episódio foi o encontro do Kurt com o seu bully no bar gay, daqueles bem típicos de cidade do interior americana, escondido no meio do nada, sem todo o glamour das filas enormes de gente super montada que encontramos aqui e ali. Rolou até um acerto de contas pra lá de honesto entre os dois, do tipo sem ressentimentos, onde ambos entenderam que estavam passando pelo mesmo problema, cada um da sua forma, e eu acho que esse foi um ótimo encerramento para essa história tão triste e tão comum, e que nem sempre termina tão bem assim.

Senti também que todo aquele discurso sobre virgindade, sobre os alunos ainda virgens estarem interpretando personagens mais liberais, senti que essa discussão toda também serviu como um fikdik do Ryan Murphy para os atores, e principalmente para quem pensar em se escrever em TGP daqui pra frente, por exemplo. ( viu Cameron? Bastava ser bom ator, ou pelo menos profissional. Suck it!)

Mas falando em encerramento, nada foi mais foufo do que aquele final, com os casais apenas sendo foufos deitados na cama ao lado um do outro, sem pegação, olhares de adolescentes com hormônios a flor da pele ou qualquer coisa parecida (que a gente também gosta, mas nesse momento não era o caso). Apenas dois casais de adolescentes normais, que se gostam, encontrando o momento certo para encerrar aquele assunto que nem é tão dramático assim (mas que isso a gente só descobre depois…), de uma vez por todas. Muito, muito foufo!

Uma primeira vez pra gente não esquecer tão cedo…(♥)

gLee

ps: o que aconteceu com a voz dos Warblers que estava pavorosa hein? Tudo isso foi por conta da saída do Blaine?

Apresentando o mais novo e mágico integrante de Glee: Rory Flanagan, o leprechaun mais foufo de toda Irlanda

Novembro 3, 2011

Só eu dei um pulo da minha cadeira quando o nosso Damiam Mcginty (um dos vencedores de The Glee Project, o nosso reality preferido ever!), apareceu logo de cara nos primeiros minutos do episódio dessa semana em Glee? (3×04 Pot O’ Gold)

Sua entrada em tons de verde como novo roommate da Brittany  foi mágica, literalmente, mas nada vai superar a foufurice do momento onde ele cantou o clássico do Kermit The Frog “It’s not easy being green”, enquanto sofria bullying no colégio. Awnnn!

#TEMCOMONAOAMAR?

Óbviamente que o seu sotaque esteve mais do que presente no episódio e foi difícil entender tudo o que ele dizia propositalmente (mas eu amo um bom sotaque, que isso fique bem claro), assim como também é óbvio que ele ainda tem que ter várias aulas de atuação, mas que esse garoto irlandês  é puro carisma, isso não tem como negar. É, não tem.

Fiquei tão feliz com o número final dele na sala de ensaio, entrando finalmente para o clube, que o meu coração até ficou verde nessa hora (e tenho certeza que o de quem torceu por ele em TGP também). E detalhe, não sei se vcs repararam, mas a sua performance terminou com a sua clássica “dança da sobrancelha”, tão criticada no passado em TGP. Por isso eu repito: #TEMCOMONAOAMAR?

Seja bem vindo Rory Flanagan! ()

Damian Mcginty em Glee, finalmente!

Outubro 17, 2011

Nosso irlandês preferido esta prestes a fazer o seu début em Glee, finalmente! Yei!

Mas não se animem, pq a série só volta com episódios inéditos em 01/11, humpf!

Sim, teremos que esperar até lá para ver a estreia do Damian no ep 3×04 “Pot O’ Gold”. E dizem que o seu plot vai ser aquele mesmo que eles anteciparam em TGP, do aluno estrangeiro que não é muito bem aceito no colégio e que será quase que “adotado” pela Brittany, o que deverá despertar a ira da Santana.

Ou seja, ansioso mil!

ps: só eu depois de TGP só consigo falar Damian Mcginty ou “Sorry”, carregado no sotaque irlandês?


<span>%d</span> bloggers like this: