Posts Tagged ‘David Eigenberg’

Chicago is burning

Outubro 16, 2012

Séries policiais não são o meu forte. Séries com bombeiros também não, apesar daquela história do velho e bom uniforme fazer parte da fantasia de boa parte da sociedade e eu também ter o meu fraco…

E Chicago Fire é mais uma delas, apenas e exatamente isso. Mais uma série sobre bombeiros nos apresentando tudo o que nós já vimos e conhecemos do gênero. Acidentes complicados de serem resolvidos, vidas em risco, heróis em risco, culpa, traumas, plots da vida pessoal de cada um deles, tudo isso e mais uma série de outros clichês que nós encontramos em seu piloto ou em qualquer outra série ou filme do gênero que já tenha existido.

Um piloto até que bem executado, sem muito apelo, mas pelo menos corretinho, principalmente em relação as cenas de ação ou takes do dia a dia dos bombeiros, com aquelas clássicas cenas onde nos sentimos inseridos dentro daquele contexto.

Mas o meu maior problema com esse tipo de série sempre foi o grande número de personagens e dinâmica da sua hierarquia, algo que em Chicago Fire eles tentam introduzir e explicar já no piloto, o que acaba deixando a história um tanto quanto cansativa demais pelo volume de pessoas circulando dentro daquele cenário.

E ai temos a rivalidade entre as divisões dentro do próprio departamento (#CLÁSSICO), aqueles que se acham superiores ou mais importantes, que cedo ou tarde vão se encontrar com suas vidas nas mãos de quem eles menosprezaram no passado. Typical. Nesse primeiro episódio temos até uma briga interna entre os bombeiros como plot central, onde um culpa o outro pela morte de um dos companheiros no mesmo episódio, algo que eles conseguem resolver até o final do mesmo.

Em meio a todos os vários personagens que encontramos na série, temos o novato que sofre trote no primeiro dia de trabalho, o paramédica gatíssima e gay para desespero dos seus colegas, o chefão que bota medo em todo mundo cheio de marcas da sua história dentro da corporação e mais uma meia dúzia de gordinhos bombadinhos, prontos para fazer qualquer telhado desabar com tanto peso, rs.

Dentro da turma além dos dois boys magias da série, o loiro (Matthew/Jesse Spencer) um tanto quanto pequeno demais para impor respeito e o outro, o boy magia da Lady Gaga (Severide/Taylor Kinney), esse sim que já arrisca um shirtless logo no piloto e acaba ganhando todo o nosso respeito como macho alpha do bando (Höy – apesar do que, o outro também arrisca um shirtless mais perto do final, mas o impacto foi menor, rs), entre os personagens ainda encontramos ele, o Steve (David Eigenberg) da Miranda de Sex And The City, que para ser levado a sério como bombeiro precisa nascer de novo não? Eu até poderia fazer aquela piada cretina de que Steve não tem bolas suficiente para isso (e ter sabemos que ele tem, só não na quantidade ideal, rs), mas me acho superior a isso, portanto vou deixar passar essa possibilidade de fazer humor. (rs)

No fundo, tudo não passa de uma grande bobagem em chamas e já pela preview das cenas que estão por vir durante a temporada, já é possível até adivinhar (sem sequer ter que fazer muito esforço) os caminhos que a série deve tomar daqui por diante. O bombeiro loiro ainda é apaixonado pela ex, mas tem um carinho especial pela paramédica morena, que deve gostar dele faz tempo, muito provavelmente desde que entraram na mesma turma para a corporação. Steve vai sobreviver ao seu plot do acidente (pelo menos ele aparece vivo em uma das cenas do preview, o que eu considero uma falha, a não ser que seja um flashback, o que eu duvido), o namorado da Lady Gaga vai continuar no plot do problemihna com seu braço meio assim, que em algum momento vai ser confundido com vício em drogas ou remédios (a segunda opção até aparece como suspeita na mesma preview) e o loiro que parece ser o principal de todos eles, vai acabar mexendo com o filho da pessoa errada.

Ou seja, tudo muito óbvio, um pouco mais do mesmo aqui e ali, mas se você gosta do gênero, talvez Chicago Fire se torne uma boa distração. Apesar de não voltar a assistir a série, espero que eles atendam meus chamados caso necessário e continuem povoando os meus sonhos, rs. Sem mágoas.

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt


%d bloggers like this: