Posts Tagged ‘Episodes’

Amigos antigos

Junho 22, 2012

Adoro quando o Matt LeBlanc e a Lisa Kudrow tem esses encontrinhos de amigos antigos nas premieres um do outro.

Foufos mil!

Agora, vamos falar a verdade? As duplas são sempre Joey + Phoebe ou Rachel + Monica, com direito a visitinhas da Phoebe bem de vez em quando. Será que foram as únicas amizades que restaram deles todos?

E os outro dois, hein? Cadê Chandler + Joey? Ross + Rachel (essas a gente sabe que não se dão mais) ou Ross + Monica e Chanlder + Monica?

#OLDFRIENDS

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

A lista preguiça dos vencedores do Golden Globes 2012

Janeiro 16, 2012

Engolir a lista de indicações do 2012 Golden Globes Awards já foi bem puxado. Agora, vcs estão preparados para a lista com os vencedores? Porque nós vamos ter que comentar hein?

Primeiro, vamos ver os vencedores nas categorias de cinema:

Melhor Filme de Drama

“The Descendants”

Dizem que é ótimo, mas eu não assisti ainda e talvez nem assistiria se não fosse o prêmio. Agora fiquei curioso e entrou para a minha lista de filmes que eu tenho que ver antes do Oscar.

 

Melhor Ator em Filme de Drama

George Clooney, “The Descendants”

Ok. Eu ando com preguiça do George Clooney e acho que ele tem cara de quem tem bafo de café, prontofalei. (sorry!)

Melhor Atriz em Filme de Drama

Meryl Streep, “Iron Lady”

Meryl sempre é indicada e quase nunca ganha só porque não dá para ficar premiando a mesma pessoa toda hora. O que é sempre uma pena, pq ela é sempre ótima. 

 

Melhor Filme de Comédia ou Musical

“The Artist”

Esse dizem que é realmente maravileeeandro e que faz a linha do fundamento antigo do cinema, e eu estou bem curioso para ver. 

 

Melhor Ator de Filme de Comédia ou Musical

Jean Dujardin, “The Artist”

De onde a gente conhece esse Dujardin, hein?

 

Melhor Atriz de Filme de Comédia ou Musical

Michelle Williams, “My Week With Marilyn”

O que deixa bem claro que a briga pelo Oscar de melhor atriz esse ano estará entre ela e a Meryl, ou seja, ficaremos felizes de qualquer forma. 

Melhor Animação

“The Adventures of Tintin”

Espero mesmo que seja bem boa, porque eu estou louco para ver!

 

Melhor Filme em Língua Estrangeira

“A Separation” (Irã)

 

Melhor Ator Coadjuvante

Christopher Plummer, “Beginners”

Awnnnn! Fiquei tão feliz com o prêmio para ele? Mais do que merecido, porque aquele seu personagem é adorável. E vc não viu “Beginners” ainda? Humpf…

 

Melhor Atriz Coadjuvante

Octavia Spencer, “The Help”

Que está levando todas, diga-se de passagem e esse detalhe não deve ser a toa.

 

Melhor Diretor

Martin Scorcese, “Hugo”

Disputa entre velhinhos super parecidos e da pesada nessa categoria hein?

 

Melhor Roteiro

Woody Allen, “Midnight in Paris”

Teve algum roteiro mais delicioso esse ano?

 

Melhor Roteiro Original

Ludovic Bource, “The Artist”

Tá, diz que tem, rs. 

 

Melhor Canção Original

Masterpiece, de W.E., com letra de Madonna, Julie Frost e Jimmy Harry

Madonnão levando um prêmio para casa hein? Go Girl! (tomara que a música seja bem melhor do que aquele primeiro single que vazou do seu novo álbum…)

Agora, vamos ver os vencedores nas categorias dos prêmios para a TV:

Melhor Série de TV – Drama

Homeland

Aplaudi de pé. Prêmio mais do que merecido! Clap Clap Clap!

Melhor Atriz de Série de TV – Drama

Claire Danes, Homeland

Nada me deixou mais feliz na noite de ontem. E no discurso, ela ainda citou a sua série antiga, My so called life. #TEMCOMONAOAMAR?

Melhor Ator em Série de TV – Drama

Kelsey Grammer, Boss

Ok, mesmo tendo sido convencido por leitores do Guilt a assistir a série, confesso que eu não vi ainda nem o piloto (boo hoo). Apesar de ter amado a abertura e aquela cena deliciosa de coisinhas hein? (e essas cenas são sempre assim? Alguém pode me dizer?)

Melhor Série de TV – Comédia ou Musical

Modern Family

Tá, entre as concorrentes, Modern Family era mesmo a melhor dessa lista hein? (apesar de dizerem por ai que a inscrição para o prêmio fosse referente a Season 2, o que me deixou na dúvida…). Mas como essa Season 3 está bem sensacional, tudo bem também. E o que era o Phil de terno branco?

Melhor Atriz de Série de TV – Comédia ou Musical

Laura Dern, Enlightened

Sério? Quem assiste? Até Glee merecia mais hein?

Melhor Ator de Série de TV – Comédia ou Musical

Matt LeBlanc, Episodes

SÉRIO? Matt Leblanc interpreta ele mesmo como um ator canastrão e depressível e mesmo assim, é o melhor do ano? Pior que isso, só se aquela mulher da série levasse alguma coisa (e eu que descobri um dia desses que ela já participou de Doctor Who? WOO!). Tudo bem que a concorrência estava fraca, exceto por um nome, que é melhor do que os outros 4 indicados juntos: Alec Baldwin! 

ps: e como ignorar aquele abertura pavorosa?

Melhor Minissérie ou Filme para Televisão

Downtown Abbey

Melhor Atriz de Minissérie ou Filme para Televisão

Kate Winslet, Mildred Pierce

Melhor Ator de Minissérie ou Filme para Televisão

Idris Elba, Luther

Tenho uma implicância enorme com ele por sua participação irritante em The Office. 

Melhor Atriz Coadjuvante de Minissérie ou Filme para Televisão

Jessica Lange, American Horror Story

Eu tinha quase certeza que ela levaria. 

Melhor Ator Coadjuvante de Minissérie ou Filme para Televisão

Peter Dinklage, Game of Thrones

Outro prêmio mais do que merecido. Clap Clap Clap!

E foi isso, agora aguardem o post especial para mais tarde, com o nosso assunto preferido: red carpet!

É, realmente eu não consegui achar graça em Episodes

Fevereiro 24, 2011

Relamente, Episodes, a nova série do Joey de Friends, não deu pra mim. E eu bem que tentei hein? Mais uma vez, sorry Matt LeBlanc.

Acho que uma série de humor tem um propósito: fazer rir. E isso não aconteceu comigo em Episodes. Humpf!

Vc não precisa rolar de rir o tempo todo, nem achar todas as piadas mega inteligentes, dignas de um meio sorriso por vc ter conseguido entender a referência. Mas em algum momento, vc tem que achar graça quando o assunto é uma série de humor, ou não? Seja ele o tipo de humor que for.

Assisti o começo da série, pulei o meio pq achei tudo muito chato e fui direto para o season finale (1×07), para ver se havia melhorado. E quer saber? Continua tudo na mesma e isso não é bom.

Continuo afirmando que o Matt Le Blanc não foi muito inteligente quando resolveu arriscar “mexer” na imagem do Joey de Friends, personagem adorado por quase todo mundo.

Quando ele optou por entrar em uma série cômica, que mistura a sua realidade como ator, interpretando ele mesmo e usando como muleta o seu maior personagem de sucesso, pela segunda vez (segunda pq eu lembro da sofrível série Joey, vcs lembram? Blargh!) acho que ele cometeu o maior erro da sua vida. Talvez fosse o caso de imortalizar o Joey e viver novos personagens, fikdik.

A melhor parte do ep final foram os executivos da emissora na sala de reunião, com o chefe revoltado com a falta de qualidades dos pilotos da emissora. Triste foi ver que a piada, também se aplica ao produto que o Showtime esta nos oferecendo e talvez eles nem tenham se dado conta disso. E para vc ver como a série é ruim, essa que foi a melhor cena, nem conta com o trio de atores que fazer os personagens principais.

Fato é que, se a idéia da série fosse mostrar o quanto um ator de sucesso pode ser escroto na vida real, pelo menos eles deveriam ter criado um “ator” fictício, para não arriscar a cabeça de ninguém., fikdik

Anyway, tirando os trejeitos ala Joey, que aparecem aqui e ali de vez em quando na série (e que todos nós já vimos no passado), nada mais tem graça em Episodes e o que se salva é baseado em uma graça antiga e por isso, prefiro sentar no sofá da minha casa e assistir as minhas 10 temporadas de Friends, fatão!

Va Fa Napoli!

Episodes – É, não foi dessa vez Matt LeBlanc

Janeiro 6, 2011

Uma série que traz a volta de um dos astros de Friends (interpretando ele mesmo) não pode simplesmente ignorar esse fato e decidir coloca-lo no ar por apenas alguns minutos em seu episódio piloto, não é mesmo?

E é exatamente isso que acontece com a nova série do Showtime, algo que eu considero imperdoável. Ainda se a série fosse boa mesmo sem ele, ainda vai neam? Mas não é, fikdik.

O elenco é fraco, bem fraco. As piadas não funcionam e em alguns momentos chegam até a ser ofensivas. Por exemplo quando o Mark faz piada sobre um documentário com crianças com síndrome de Tourette (shameonyou), ou quando o chefe e dono do canal de tv faz piadas intermináveis e sem a menor graça com a sua mulher que é deficiente visual (shameonyou2).

E não me entendam mal, porque todos vcs sabem que eu adoro comédias de absurdos e textos politicamente incorretos, desde que sejam inteligentes, mas esse não é o caso da série, não mesmo. Em Episodes, essas piadas parecem mais de mau gosto do que qualquer outra coisa e esse tipo de humor não me agrada.

Matt LeBlanc eu achei que se arriscou demais interpretando ele mesmo na série. Porque todos nós temos aquela imagem dele como um cara divertido, bacana. O Joey neam? Mas na série ele passa longe de tudo isso e o seu personagem chega perto de se tornar um ator arrogante e medíocre qualquer de Hollywood. Mas será que ele é assim mesmo? Espero que não, porque durante os 10 anos de Friends ele me enganou direitinho, humpf!

O casal protagonista é bem fraco também. Ele ainda é melhor do que ela, um pouco mais engraçado e caricata, mas mesmo assim não cola.

E aquela abertura hein? Achei podre…

Estava ansioso para ver o Joey de novo, mas com apenas 2 eps toda essa ansiedade passou. Preguiça…

Melhor aguardar pela série do Chandler e rezar para que a decepção não se repita.

Talvez a história ainda fique melhor a partir do momento que eles começarem a filmar a tal série dentro da série (confuso, eu sei), o que ainda não aconteceu nos dois primeiros episódios, outro grande erro. Um grande risco porque talvez até lá, muita gente já tenha perdido a paciência assim como eu, que não gostei de nada do que eu vi até agora, fikdik.

O promo engana muito bem e faz a série parecer mais engraçada do que ela realmente é (ou pelo menos do que foi até agora), recomendo então à quem se interessar em ver Episodes, que pule os dois primeiros e comece a assistir a partir do próximo ainda inédito (1×03), que quem sabe fica melhor neam?


%d bloggers like this: