Posts Tagged ‘Fantastic Mr. Fox’

Fiquei ainda mais apaixonado pelo diretor Wes Anderson e o seu delicioso e fantástico Mr Fox

Maio 31, 2011

No finde acabei assistindo novamente a sempre deliciosa animação “Fantastic Mr Fox”, filme que eu mais do que recomendo para todos e do qual eu já falei por aqui…Se é que alguém não viu ainda, neam? rs

E eu fiquei ainda mais apaixonado por todo aquele universo maravileeeandro quando me deparei com os extras do DVD, com toda a riqueza de detalhes, com aquele trabalho minuncioso da produção do filme e principalmente o respeito do diretor em relação a versão original do livro, inclusive recriando de forma quase que inacreditável, algumas das ilustrações da primeira edição do livro para filme. Clap Clap Clap!

Trabalho de gente paciente e muito, mas muito criativa.

Agora, o que mais me impressionou foi a técnica de dublagem que o diretor usou para fazer o filme, algo nada convencional. Foram todos da equipe + atores (atores tipo o George Clooney e o Bill Murray, Höy) para uma fazenda, tudo isso para recriar o clima do filme, onde eles interpretavam todas as cenas do filme de forma literal para fazer a dublagem. Howcoolisthat?

Por exemplo, na cena em que o Mr Fox observa as fazendas vizinhas pela janela da sua árvore, Clooney que emprestou sua voz para o personagem, fazia o mesmo, usando a casa da própria fazenda como cenário.

E por ai vai, como na cena em que os personagens brigam no escritório, Bill Fucking Murray e George Clooney se atracavam dentro de um escritório da própria fazenda. Até os sons mais esquisitos, como as raposas comendo, ou cavando, eram reproduzidos pelos próprios atores, que comiam como animais  ou cavavam a terra, para reproduzir exatamente a emoção ou a sensação da cena. Um trabalho primoroso, que me deixou de cara e morrendo de vontade de trabalhar com gente talentosa nesse nível.

E o filme que já era maravilhoso para mim, acabou subindo ainda mais no meu conceito, se é que isso é possível. Well Done!

Bastardos + Mr Fox + My Nerds

Maio 25, 2011

AMO presentes, vcs não? Thnks!

Sejam todos bem vindos! (rs)

ps: já estou na metade do box da Season 3 de The Big Bang Theory e quando o episódio não me faz rir muito, eu vejo uma parte dublada, que tem as vozes iguais as do desenho antigo das Tartarugas Ninjas (e eu já disse isso antes) e ai a gargalhada nunca falha. Logo depois vem a indignação…rs

O verdadeiro fantástico Mr Fox

Março 15, 2010

Clooney, eu não consigo pensar em ninguém melhor para o papel, Hoy!

Tombando com Avatar no Oscar! Suck it James Cameron!

Março 8, 2010

Uma noite onde aconteceu tudo como eu previa afinal, estava na hora de mostrar para a esnobe Hollywood que nem só de filmes cheios de dinheiro sobrevive a indústria do cinema. Numa época de crise financeira, de todo mundo se preocupando com os excessos da sociedade atual, não era a hora de dar atenção para o filme mais caro da história. Os tempos são outros e para os telespectadores o fato de quem tem o pote de ouro mais recheado não é o mais importante. Filmes com muitos recursos tecnológicos já não encantam mais, talvez por antecipar um futuro cada vez mais distante da realidade. Parece que finalmente chegou a hora de contar boas histórias e para isso o que menos importa é o quanto vc tem disponível para gastar. Chegou a hora de mostrar para os garotos mimados de Hollywood que os seus brinquedos cheios de recursos tecnológicos não são mais tão interessantes assim e que agora a sutileza e o olhar feminino por trás de uma lente talvez fosse o que estava faltando para a sétima arte atingir o seu nível máximo. Bom, agora não falta mais! Vamos aos vencedores:

 Melhor filme: Guerra ao terror (nos cinemas)

Fiquei feliz com a escolha pq Guerra ao Terror é realmente um filme sensacional. Talvez a visão de uma mulher tenha ajudado a dar uma nova cara a uma temática tão explorada no cinema. De uma forma digna e simples, com um orçamento baixo, a história do filme foi contada e de uma forma muito honesta. Sem grandes estrelas no elenco, sem grandes efeitos e sem potes de ouro, Guerra ao Terror é uma prova de que para se fazer cinema com qualidade, basta uma boa idéia e uma excelente visão! Clap Clap Clap! (se o filme do Tarantino tivesse levado eu tmbm ficaria feliz, fato!)

 

Melhor direção: Kathryn Bigelow, Guerra ao terror (nos cinemas)

Primeira mulher a receber o Oscar de melhor direção e como disse a próprio Barbra (LOVE Barbra!) “é, a hora chegou!”. Muito merecido o prêmio para a sensível direção de Kathryn Bigelow para a história de guerra. O filme é muito bem cuidado e consegue deixar o telespectador de cara como as sequências de “ação” do dia a dia dos soldados no Iraque, tudo isso com uma crítica bem direta a um determinado tipo de comportamento. Quando fiquei sabendo que nenhuma mulher havia recebido o prêmio até hoje e que ela estava concorrendo esse ano com o excelente Guerra ao Terror, não tive dúvidas e sabia que o prêmio era dela. Linda, talentosa e mulher, uma ótima representante para iniciar a lista de grandes diretoras que eu espero que só cresça nos próximos anos. Clap Clap Clap (Tarantino não fique triste pq se fosse possível dividir o prêmio, a outra metade seria sua, fatão!)

 

Melhor atriz: Sandra Bullock, Um sonho possível (estréia prevista para 19/03)

Tah, vai ver ela mereceu mesmo. Não assisti o seu filme, mas dizem que é bens sim e parece que eu vou ter que deixar de implicar com a Sandra neam? Mas esse prêmio foi anunciado, com dua concorrentes de peso e outras duas novatas estava meio que na cara que Bullock levaria a sua estatueta para casa. Ela já ganhou pontos comigo e talvez tenha começado a deixar de me irritar tanto assim e isso aconteceu um dia antes da premiação, quando foi pessoalmente receber o seu Framboesa de Ouro. Achei no mínimo divertido a sua atitude e por isso, Clap Clap Clap! (Carey Mulligan ainda terá a sua chance, podem ficar tranquilos)

 

Melhor ator: Jeff Bridges, Coração louco (nos cinemas)

Não assisti ainda, mas inegável o carisma do veterano ator neam? Ainda mais contando uma história de vida dramática + música country + 5 indicações anteriores. Estava na cara tmbm que ele sairia premiado nessa noite e seu filme entrou para a minha lista dos filmes que eu quero ver em breve. Colin Firth era o meu preferido para a categoria, mas quem sabe uma outra vez neam? Clap Clap Clap!

 

Melhor filme estrangeiro: O segredo dos seus olhos (Argentina, nos cinemas)

Los Hermanos passando a nossa frente hein? Hmm mmm…Como eu acho eles bens, ainda quero ver o filme que me pareceu ser bom. Mas eu apostava em “A fita Branca” . Clap Clap Clap!

 

Melhor edição (montagem): Guerra ao terror (nos cinemas)

Dos concorrentes na categoria, eu dividia a minha opinião entre esse e Bastardos Inglórios. Anyway, Clap Clap Clap!

 

Melhor documentário: The cove (semp previsão por aqui)

Não vi ainda mais tmbm com essa temática estava meio que na cara que levaria. Clap Clap Clap!

 

Melhores efeitos visuais: Avatar (nos cinemas…ainda)

Não tinha como negar neam? Gastaram 500 bilhões de zilhões de doletas só nisso neam? Euri. Clap Clap Zzzzzzz!

 

Melhor trilha sonora: Up – Altas aventuras

Foufo mil mas a trilha do Fantástico Sr Raposo é bem incrível hein? Mas talvez seja moderna demais para o Oscar, fatão! Clap Clap Clap!

 

Melhor cinematografia (fotografia): Avatar (nos cinemas…ainda)

Aqui eu bem disse que achava que talvez fosse um prêmio para o Harry Potter…mas não deu! Ainda assim, acho que com muito menos recursos, o “Bastardos Inglórios” e “A fita branca” me emocionam mais com a sua fotografia. Ou talvez eu só esteja implicando com o filme do James Cameron, Clap Clap Clap!

 

Melhor mixagem de som: Guerra ao terror (nos cinemas)

Prêmio gêmeo neam? Do tipo leva um tem que levar o outro. E os barulhos e ruídos do filme são bem bons mesmo. Clap Clap Clap!

 

Melhor edição de som: Guerra ao terror (nos cinemas)

Prêmio gêmeo neam? Do tipo leva um tem que levar o outro. E os barulhos e ruídos do filme são bem bons mesmo. Clap Clap Clap!

 

Melhor figurino: The young Victoria (sem previsão por aqui)

Estava meio que na cara que levaria tmbm afinal, a academia tem uma certa tendência a premiar os figurinos de época que são sempre bem trabalhosos e ricos tmbm. Achei o discurso bem sincero da vencedora, que quase pareceu arrogante. Clap Clap Clap!

 

Melhor direção de arte: Avatar (nos cinemas…ainda)

Achei até que ok o prêmio mas, o Mundo Imaginário do Dr Parnassus tmbm merecia hein? Clap Clap Clap!

 

Melhor atriz coadjuvante: Mo’Nique, Preciosa (nos cinemas)

Merecidíssimo. Um dos discursos mais emocionados da noite! Ahazou Mo’Nique! Sua interpretação foi tão digna, tão boa que eu tenho ódio da sua personagem até hj. Clap Clap Clap!

 

Melhor roteiro adaptado: Preciosa (nos cinemas)

A história é linda mesmo e merecia levar um prêmio. Fiquei emocionado com o discurso da Oprah na apresentação do prêmio de melhor atriz, falando do trabalho da Gabourey, foi maravileeeandro! Clap Clap Clap!

 

Melhor maquiagem: Star trek (DVD)

Trek it Up! Meu coração geek ficou feliz! Spockie! Clap Clap Clap!

 

Melhor curta-metragem: The new tenants (sem previsão por aqui)

Sem previsão por aqui ainda…e eu não sei muito sobre. Clap Clap Clap mesmo assim.

 

Melhor documentário em curta-metragem: Music by Prudence (sem previsão por aqui)

Hmm…preciso saber mais sobre. Clap Clap Clap!

 

Melhor curta-metragem de animação: Logorama (sem previsão por aqui)

Esse aqui eu achei sensacional e quero muito ver, muito! Clap Clap Clap!

 

Melhor roteiro original: Guerra ao terror (nos cinemas)

Mais um prêmio merecido para Guerra ao terror. Outro que o Tarantino tmbm poderia ter levado. Clap Clap Clap!

 

Melhor canção: The weary kind, de Coração louco (nos ciinemas)

Achei justa a premiação, afinal o filme é sobre um músico alcoolatra e decadente. Clap Clap Clap!

 

Melhor animação: Up – Altas aventuras (DVD)

Ahhhhh, ficaria feliz com qualquer um que levasse nessa categoria pq achei todos dignos. Clap Clap Clap!

 

Melhor ator coadjuvante: Christoph Waltz, Bastardos Inglórios

Muito merecido o prêmio para o grande vilão de Bastardos Inglórios. Só por aquela interminável sequência inicial, eu já daria o prêmio para ele. O filme que pelo jeito foi injustamente ignorado pela academia, acabou levando apenas esse prêmio para casa. Clap Clap Clap!

 

E assim, como uma disputa entre filmes milhonários e pequenas produções tivemos uma das melhores premiações do Oscar de todos os tempos, onde o talento e o reconhecimento de filmes que ganharam força em festivais acabaram levando a melhor. Só senti um pouco de pena pelo Tarantino, que foi praticamente esquecido durante a premiação e injustamente é claro. Mas Quentin, vc é muito hypster para uma cerimônia como essa, fatão! E o grito que eu repeti por toda noite:  Suck it Avatar!

E Avatar Stiller pergunta: Onde é que eu enfio isso hein?

O fantástico, fabuloso, incrível Mr. Fox

Fevereiro 25, 2010

Tão lindo que me fez rolar de rir. Fazia tempo que eu queria asssistir ao novo trabalho do diretor Wes Anderson que é um dos mais criativos diretores da sua geração e que foi o responsável pelo maravilhoso filme The Royal Tenenbaums que eu gostaria muito de ter o DVD mas parece que ele nunca chegou a ser comercializado por aqui (se alguém quiser ter a minha eterna gratidão é só me conseguir esse DVD original pra mim) enfim, estou falando do filme “Fantastic Mr. Fox”, mas eu  sempre acabava deixando para depois. Mas hoje coloquei meu PJ, garanti os meus doces como companhia e finalmente me joguei e consegui assistir ao filme que eu queria ver tanto desde a mostra de cinema do ano passado. Em meio a esse calor todo que vem fazendo por esse dias, nada melhor do que uma animação diverteeeda para passar o tempo neam?

Conhecendo o trabalho do diretor eu já sabia que deveria esperar um bom filme, mesmo porque eu já havia visto críticas muito boas a respeito da animação. O que eu não esperava era que o filme chegasse a superar qualquer uma das minhas expectativas de diversão para essa noite. E não deu outra, me diverti pencas com o Mr. Fox e seus amigos, fatão!

O filme é baseado no livro que depois de assisti-lo eu fiquei sabendo que é do mesmo autor deCharlie And The Chocolate Factory (que é outro dos meus favoritos) e conta a história do Mr Fox, uma raposa especializada em roubo de galinhas, que se vê tendo que abandonar a sua carreira promissora de ladrão para se dedicar a sua nova função: a de se tornar um pai de família.

E assim ao lado de Felicity (sua esposa raposa) Mr Fox abandona a sua carreira de furtos nas fazendas da vizinhança e passa a trabalhar escrevendo para um jornal. Tudo isso para cumprir o seu papel de pai de família e cuidar do pequeno Ash (seu filho).

Mas Mr. Fox não gosta da sua vida como esta, se acha pobre por morar em um buraco e assim planeja uma mudança em planeja uma mudança em sua vida,  família essa que ápós a mudança acaba crescendo com a chegada do sobrinho Kristofferson, um jovem centrado com vários talentos naturais e logo, Mr Fox se muda com toda a família para uma árvore enorme, com vista para 3 grandes fazendas.

É claro que em pouco tempo Fox, cansado do seu trabalho no jornal e com saudades de sua vida bandida e tendo 3 fazendas  a sua vista todos os dias, se vê tentado e passa a roubar dessas fazendas, por pura diversão.

O que ele não esperava seria a reação dos 3 donos das respectivas fazendas, que unem suas forças e passam a caçar a raposa, que acaba perdendo o seu rabo e tendo que cavar intensamente no subterrâneo junto de toda a sua família para tentar sobreviver. E essa brincadeira de caça passa a tomar conta do filme, com cenas hilárias entre a luta dos demais animais da região em busca da sobrevivência em meio a perseguição dos vilões fazendeiros.

E a  técnica de animação é impressionante nesse filme viu? Os pêlos, texturas e movimentos dos personagens são tão reais que vc passa a acreditar que eles podem ser de verdade (rs). E para quebrar esse clima, algumas cenas de comédia pastelão com movimentos clássicos de animações mais antigas entram em cena e nos trazem de volta para o mundo do Mr. Fox. Imagino que deve ter dado muito trabalho na criação de todos os bonecos, movimentação e pequenos cenários para o filme, mas o resultado deu um ar de simplicicidade para a história, que acaba fazendo com que a detalhada técnica pareça até ingênua para quem esta assistindo. Excelente trabalho!

Os cenários são fabulosos, ricos em detalhes e bem próximos da realidade. Agora imagina só reproduzir tudo isso em miniatura hein? Imagina só o trabalho que isso não deve ter dado? Dramático! Eu diria que a excelência do filme esta nos detalhes que são muitos, que vão desde as roupas dos personagens até as centenas de objetos presentes em cena. Um absurdo uso de criatividade + técnica com uma visão diferente do que estamos acostumandos nos não menos excelentes filmes Disney/Pixar. Uma simplicidade disfarçada eu diria e o resultado é absurdo.

Os personagens são profundos, os diálogos são adultos e os problemas tem cara de comtemporâneos, cara de problemas normais das famílias modernas. As piadas tem um humor simples mas menos direto, mais subjetivo. Gostei da complexidade dos personagens, mesmo os secundários que são apresentados em Latin para a audiência pelo próprio Mr Fox. E as cenas de quando eles estão brigando ou comendo são hilárias e nos faz lembrar de que no final das contas eles são mesmo selvagens.

As reações tmbm são dramáticas e as lágrimas nos olhos chegam emocionar. Digo isso por mim, que achei bem foufo quando Felicity tomada por sua raiva em uma D.R com Fox, acaba arranhando o seu rosto. Foufo mil.

O filho Ash é um personagem excelente a parte, complexado, rude e que esconde, algo que fica “escondido sutilmente” durante o filme. LOVE quando os seus pais vão se referir ao menino como sendo “diferente” dos demais e para isso eles usam uma expressão especial e balançam as patas na altura da cabeça. Euri! E rolei de novo no final do filme com ele com a boca suja de suco fazendo as vezes de batom, deixando uma leve sugestão do seu futuro incerto sendo “diferente”.

George Clooney anda me conquistando ainda mais esse ano viu? Primeiro eu vi “Up In The Air” onde ele ahazou e ganhou indicações em prêmios mil e agora ele dah a voz ao Mr Fox e nos deixa completamente apaixonados pela raposa de rabo removível. LOVE Mr Fox LOVE!

Acho que talvez “Fantastic Mr Fox” seja prejudicado nas premiações pela popularidade absurdamente maior dos seus concorrentes nas categorias animação, mas eu digo que é um dos meus filmes preferidos do gênero e que certamente ganhará um espaço especial na minha coleçán em breve.

O filme ainda conta com vozes emprestadas de Meryl Streep (Felicity), Jason Schwartzman (Ash), Bill Murray (Badger), Eric Chace Anderson (Kristofferson), Owen Wilson (Coach Skip), Willem Dafoe (Rat) e George Clooney Hoy é claro (Mr Fox).

A soundtrack do filme é bem báfu e eu pedi para o Paolo Torrento fazer a phina para mim, mas parece que ele esta tendo alguma dificuldade em encontrar viu? Alguém?

 

Mais do que recomendo, eu exijo que vcs assistam! rs

ps: E imaginem a quantidade de toys que não devem existir por ai hein? Searching now…

Maravileeeandro, agora eu quero todos os personagens, comofaz?


%d bloggers like this: