Posts Tagged ‘Kristen Bell’

Veronica Mars pediu 30 dias, mas em poucas horas conseguiu o necessário para realizar o seu filme. Howcoolisthat?

Março 14, 2013

Veronica-Mars1

#INYOURFACE

Para quem é fã de séries de TV, o que acabou de acontecer com Veronica Mars, foi muito, mas muito bacana mesmo.

A série que foi cancelada injustamente no passado, ainda em sua terceira temporada e sem ter ganhado um merecido final, já teve a intenção de virar filme também no passado, mas acabaram não sendo muito felizes ao tentar vender essa ideia para a Warner. Até que ontem, o produtor Rob Thomas e a atriz Kristen Bell (que está maravileeeandra gravidíssima) iniciaram uma petição online para arrecadar fundos para produzir o filme no Kickstarter, com um prazo de 30 dias para alcançar a meta de 2 milhões de dólares para que o longa realmente fosse produzido.

E não é que no primeiro dia eles já conseguiram bater e ultrapassar a meta? Howcoolisthat?

Com isso, ganhamos a confirmação de que o filme de Veronica Mars vai mesmo sair do papel e sua produção deve começar no verão americano e a previsão é que ele seja lançado em 2014. Cool Cool Cool!

E tudo isso acabou me dando ideias. Quem sabe começar uma petição online arrecadando fundos para que a última temporada de Lost seja inteira refeita? INTEIRA! Para a qual a dupla Carlton Cuse e Damon Lindelof pode até voltar, mas desde que deixem seus egos fora da ilha.

Ou quem sabe algo um pouco diferente, com uma petição ao contrário, ameaçando tirar 2 milhões por mês da conta de cada um dos Friends caso eles todos não aceitem mesmo fazer um filme ou uma reunião para um simples episódio de Thanksgiving anual, que seja.

Agora falando sério (mas tudo que eu disse antes também foi bem sério), eu só consigo pensar em algo do tipo para um filme de Gilmore Girls (queremos ver se a Lorelai casou ou não com o Luke e se a Rori fez tudo direitinho na campanha do Obama e quem sabe esteja tentando uma vaga em The Newsroom?) e ou Fringe, com o Walter voltando do futuro (sim, eu já estou com saudades, lidem com isso), dizendo para a humanidade buscar conhecimento. Ou Felicity, aproveitando que todos eles estão de volta à TV. (um dia desses, acabei lendo em uma entrevista com a Keri Russell, que continua super amiga do Scott Speedman – my love – embora eles não se encontrem muito e que um dia desses, passando por um problema qualquer, ela pegou seu telefone e mandou um SMS para sua melhor amiga e para ele, do tipo que a gente manda para desabafar, sabe? E advinha só quem foi o primeiro a retornar, quase que imediatamente? Ben Fucking Covington! Sério, #TEMCOMONAOAMAR?)

E vocês, que séries gostariam de ver no cinema?

(♥)

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

Kristen Bell está gravidíssima!

Novembro 6, 2012

SIM, a Veronica Mars e o Dax Shepard (que eu AMO em Parenthood) anunciaram que estão grávidos. Howcuteisthat?

Juro que fiquei mega feliz com a notícia do nosso novo sobrinho!

(♥)

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

MET Ball 2012 – A noite em que todas se vestem especialmente para o Diabo

Maio 8, 2012

E by Diabo, eu quero dizer a Anna Wintour (que estava de Prada, claro) em pessoa e o seu eterno corte chanel, anfitriã e organizadora do evento, que esse ano abriu a exposição “Schiaparelli and Prada: Impossible Conversations” (e beijos para Keyloca e Tarcisio, meus professores antigos de história da moda, da arte e história contemporânea, que me ensinarm tudo sobre Schiaparelli e a Belle Époque. Depois, há quem ainda acredite no esterótipo preguiça de estudante de moda que encontramos por ai. Humpf!)

E noite de baile do MET é certamente um dos red carpets mais concorridos ever. E com toda essa concorrência, todas elas ficam desesperadas para deitar uma com as outra neam? Celebridades e estilistas, diga-se de passagem.

Esse ano o baile não teve muitas surpresas (como quase tudo ultimamente), mas é claro que como qualquer bom red carpet que se preze, nos rendeu algumas lições importantíssimas. Então separe o Moleskine e anota ae:

 

Preto é a escolha certa da vez, mais uma vez e outra vez

Sim, elas continuam apostando no pretinho. Mas tem que ser longo, ter algum poder e não ser nada básico.

Dzél estava corretíssima nesse Givenchy. Correto, mas nada demais também, apenas um pretinho ok.

Mas quer saber quem parou tudo mesmo, também investindo no fundamento Gyvenchy de ricah bem ricah?

Beyoncé. PÁ!

Que foi com esse Givenchy de quem tem mais condição, com transparência + renda + bordado + essa cauda que é simplesmente maravileeeandra!

Seguindo o mesmo fundamento poder da Beyonce, tivemos Marion Cotillard, bem linda nesse outro modelo pretinho cheio de fundamento by Christian Dior.

Lembrando que as duas foram mães recentemente e já estão lindas assim… (e a culpa daquele nosso pneu fica para quem mesmo? PÁ!)

O modelão Prada da Kate Bosworth também segue o mesmo fundamento dos dois anteriores, só que em uma versão curta e com as cores invertidas. Também maravileeeandro!

E o make dramático com boca escura?

Hit da noite. Anotem.

Cate Blanchett  estava linda, linda, leeeandra de Alexander McQueen.

Não é o meu tipo de vestido preferido, mas certamente foi um dos mais maravileeeandros da noite.

O dia em que a Rihanna conseguiu nos fazer lembrar que ela é linda. PÁ!

Tá vendo como ela consegue? E olha que pela simplicidade, nem precisou se esforçar muito nesse Tom Ford até que bem simples.

Para provar que a nossa birra com ela não é nada pessoal. Maravileeeandra!

Mas pensando bem… será que isso tem a ver com rumores obscuros de que ela estaria desfrutando da magia sueca mais cobiçada desde os hits do Ace Of Base? Hmm mmm…

Aguardando confirmações para considerar LUTO total. (#TENSO)

Todas ♥ Grace Coddington (tmbm de Prada)

MUSE!

Tenho que dizer que eu fiquei morrendo de orgulho do look da Amy Poehler, Sério!

E olha que um preplum para a altura dela, foi uma escolha bem arriscada. Mas ainda bem que deu beeem certo.

E ela não só acertou no look, como também na cor do cabelo (gosto muito mais assim, com esse loiro mais fechado) e no fundamento, que ficou maravileeeandro!

Sem contar o seu acessório poder , o marido Will Arnett, capaz de animar qualquer mesa neam?

#ORGULHODEFINE

 

Se for para investir no fundamento exótico, #TEMQUESEGURAR!

E essa dica vale para a Rooney Mara, que não pareceu estar assim muito confortável de calçola de fora nesse Givenchy de renda transparente.

O que não deve ser muito fácil mesmo, mas se essa foi a sua escolha, #TEMQUESEGURAR!

Tipo o Marc Jacobs, que foi de vestido rendando, transparente e de cueca branca (sim, BRANCA!) e que mesmo assim segurou muito bem o seu próprio fundamento. PÁ! (embora eu não ache um look bacana…)

Ou como a Christina Ricci, que segurou com orgulho esse look Thakoon, totalmente meio assim.

 

O poder do brilho metalizado

Carey Mulligan também estava cheia de condições, com esse Prada metalizado que era puro fundamento & poder, que eu não consigo parar de imaginar o quanto deve custar na ludjeeenha. $$$ Catching!

Zou bisou bisou … Zou bisou bisou (não consigo vê-la sem lembrar do hit e aposto que deve ser uma piadinha recorrente em sua vida)

Jessica Pare, que também investiu no metalizado e foi de dourado by L’Wren Scott. Estava linda, mas eu não acho que a cor a favoreceu tanto assim… (imagino ela parando tudo em um verde, por exemplo)

E o que o metalizado da Carey Mulligan tem de fundamento, esse da Nina Dobrev  tem de poder. Maravileeeandro, não?

By Donna Karan Atelier

 

Preplum, a tendência do momento (que não é para todas)

Uma tendência que não é para qualquer uma e nessa edição do baile do MET, a Sofia Vergara até que enfim saiu da sua zona de conforto dos vestidos com rabo de sereia preguiça de sempre e optou pelo fundamento preplum da Marchesa , que com o seu corpão todo em dia, ficou ainda mais maravileeeandro!

E que boa noite para as irmãs Knowles, hein?

Primeiro a Beyoncé me apareceu deitando todas no seu Givenchy bem de rica e agora a  Solange Knowles, com esse preplum amarelo maravileeeandro by Rachel Roy, vestido que certamente iluminou a noite.

E o cabelão cheio de volume? PÁ!

E a Elizabeth Banks, hein? Confundiu a vida real com o seu personagem de “The Hunger Games”?

Nesse caso, achei esse preplum da Mary Katrantzou, bem bem difícil…

Não sei quanto a vcs, mas eu ficaria esperando alguma coisa cair a qualquer momento dessa parte levantada na frente.

#NAOTABOMNAO

Cadê a postura?

Cadê o poder?

Cadê o Ryan Gosling?

Além do quadril dela ter ficado muito maior com esse preplum da Prada na cor do momento (ponto positivo), a pergunta que não quer calar é: cadê o Ryan Gosling? (eles ainda estão juntos? Qual a vantagem de se namorar um Ryan Gosling e não sair o exibindo por aí? Resposta: a vantagem é o próprio Ryan. Höy!)

#NAOTABOMNAO

 

Tangerina

A cor do momento: tangerina.

Uma pena que nem todas que optaram pela cor conseguiram acertar no fundamento… Fom forom fom fom

Salvo apenas a Ginnifer Goodwin, que nem estava com um vestido tão poder assim (e cadê o príncipe?), mas mesmo assim estava maravileeeandra.

By Monique Lhuillier 

Kristen Bell , que só acertou na cor… by Tommy Hilfiger.

#NAOTABOMNAO

Katharine McPhee também só acertou na cor… (by Elie Saab)

E como ignorar esse peito todo espalhado na lateral?

#NAOTABOMNAO

E a Leighton Meester, que não foi de tangerina, mas estava meio tangerina ela mesmo neam?

O que aconteceu com Blair, hein garota do blog?

 

Florais de ricah bem ricah!

Bee Shaffer (a filha da Anna Wintour) que não poderia ser nossa amiga jamais… nesse “efeito floral” maravileeeandro by Erdem.

E digo que ela não poderia ser nossa amiga jamais, pelo simples fato de estarmos em sua companhia e alguém chamar “Bee” e todas olharem confusas ao mesmo tempo, sem saber exatamente quem estaria sendo chamada.

Euri

Rashida Jones, que também estava maravileeeandra no fundamento floral de ricah by Tory Burch.

Mas o melhor da Rashida é esse nome neam?

Eu não consigo chamá-la de Rashida e sempre solto um “Rashilda”. Acho mais sonoro, rs

E a Sarahjay que foi toda num print só?

Achei ousado…

E esse cabelo é sempre um acerto neam? PÁ!

By Valentino

 

Aquelas que não estavam em um bom dia…

Diane Kruger, que além de ter deixado o Peter Pacey em casa (Boo Hoo!), o que já é sempre um ponto negativo, deixou também bastante do seu fundamento esquecido em algum outro lugar, não?

Preciso dizer que eu sou fã de um peitinho honesto, mas com esse cabelo solto e essas plumas, imprimiu que ela estava de camisola…

By Prada

#NAOTABOMNAO

Achei arriscado, achei corajoso, achei o sapato ótimo, mas #NAOTABOMNAO

Mas continuo querendo ser o seu BFF tsá, Chloe Sevigny? Desde “Kids”…

By Miu Miu

Muah!

Duas coisas:

1) O que aconteceu com a cara da Jessica Biel? Seria a franja o problema? Ou ela mexeu nessas maçãs, já que dizem que eles vão se casar em breve e nessa hora bate o desespero? (e na Itália, tsá?)

2) E que vestidinho mais simplezinho (Prada) e com a barra mais pavorosa é esse? Mas nem que esse bordado em verde fossem esmeraldas…

Mas tudo bem, nada que o sorriso foufo do Justin não desvie as nossas atenções. E se ele começar a cantar no falsete e sair dançando daquele jeito, esquecemos até o nosso próprio nome e somos capazes de perdoar qualquer coisa… (euri)

Rachel Zoe que de tão magra, parecia mais uma franja do seu vestido de franjas de cigana by Rachel Zoe Collection.

#NAOTAMBOMNAO

 

Enigma Xonas Brothers

Temos 3 Xonas Brothers. 2 deles foram de tux fosco e um todo no cintilante. A pergunta é: qual deles possivelmente significa?

Tempo…

 

Look figurino de época

Já cansei de dizer que tem que tomar cuidado quando for investir no fundamento antigo, pensando sempre antes no combo make + cabelo, para não ficar com cara de figurino de época.

Como a Kirsten Dunst, que mesmo de Rodarte (que a gente AMA), imprimiu (muito pela postura) que ela estava pronta para interpretar uma versão da Chanel, só que loira. Só faltou as pérolas e o cigarrão na mão.

#NAOTABOMNAO

Ou a Jessica Chastain, que estava parecendo mocinha de filme Westen.

Bota um chapéu na cabeça com umas plumas e uma piteira na mão, que ela se torna a própria.

By  Louis Vuitton

#NAOTABOMNAO

Lily Collins, sabe figurino de fantasma de filme de terror de época? Então…

E palmas ao contrário para a Coco Rocha, que conseguiu cometer o crime público de acabar com um look que já foi da Liz Taylor no passado.  Tpalc Tpalc Tpalc! (que são as nossas palmas ao contrário, rs)

Desconsiderando até o fato de que ela é uma chata sem tamanho, eu bem acho que só por esse crime, ela deveria ganhar pelo menos uns dois fantasmas para acompanhá-la pelo resto da vida. WOO!

E cuidado, estou vendo pele demais nos pés e no colo. Aposto que ela vai reclamar depois em seu Tumblr…

Uma pessoa que eu ADORARIA que tivesse um vlog: Coco Rocha. Imaginem tudo o que ela não tem para reclamar? Zzzz

 

Medusa?

Já passou da hora de alguém estender o braço para tirar a Mary-Kate Olsen desse buraco negro de onde ela se enfiou já faz tempo e nunca mais saiu, hein?

Ainda mais agora, que ela tem coragem de sair de casa até com esse cabelo de Medusa medonho!

#NAOTABOMNAO

 

E quem se importa?

E quem se importa com o vestido coral da Emily Blunt (que diga-se de passagem, está com o corpão totalmente em dia) quando ela chegou na festa carregando o acessório poder que atende pelo nome de John Krasisnki?

Höy!

ps: como não amar a bee mediúnica ao fundo? Das duas uma, ou ela estava mentalizando o Krasinski em um momento mais interessante (Höy!) ou ela estava tentando deitar com o look de alguma delas. Xocotô!

E quem se importa se a Emma Stone estava vestida de boneca no MET Ball 2012, quando ela me aparece assim, acompanhada do Alber Elbaz?

Höy!

E quem se importa com a Claire Danes (todas se importam na verdade. Chega logo Setembro, chega logo Season 2 de Homeland!) maravileeeandra e toda de branco, quando ela levou o seu boy magia Hugh Dancy?

Höy!

E quem se importa com a Florence, que deixou a sua Machine em casa e foi toda bufante  by Alexander McQueen ao baile desse ano?

Afinal, ela pode. Ela é quase uma entidade. Uma fada na verdade.

E quem se importa com esse post gigantesco que finalmente chegou ao seu fim? Zzzz

As escolhas sempre meio duvidosas do People’s Choice Awards, versão 2012

Janeiro 13, 2012

Na verdade, no People’s Choice Awards, o que menos importa é o que as pessoas de lá escolheram na votação em qualquer categoria (o que é sempre uma preguiça e a gente nem precisa disso), e sim, o que as nossas queridas celebridades escolheram para desfilar no red carpet neam?

E já vamos começar com o melhor date ever, que foi a Betty White na platéia, sentadinha ao lado do Robert Patinson, o vampiro mais inofensivo da história. Ganha até do Zé Vampir, rs.

Howcuteisthat?

Achei bem foufo, mas achei que o Robert Pattinson precisa começar a se preocupar, pq quando uma senhora de 90 anos aparece muito mais bem vestida do que ele em noite de premiação, significa que:

#NAOTABOMNAO

Sharooon fez questão de fazer essa cara para deixar bem claro que ela não tem nenhuma relação com a porcaria da cor do cabelo da Kelly.

Sério? Ela conseguiu um papel em filme de época, ou vai interpretar a avó da Sharon na temporada de retorno das catacumbas do inferno de The Osbournes, hein?

E eu até gosto da Kelly, mas nunca achei ela bonita, fato. Pra mim, ela vai ter sempre essa cara de quem sofre de prisão do ventre. Sorry! (Activia!)

ps: Sharooon estava maravileeeandra de metalizado, não? 

Gente? E o que aconteceu com a cara da Portia de Rossi?

Diz que a mão da Ellen ali do lado, na verdade, estava segurando um ponto estratégico do corpo da Portia, onde fica todo o plissé que segura isso tudo, e que a ela não pode soltar por nada nesse mundo, ou desaba tudo.

Sem contar que, se vc vive em um mundo onde a Ellen DeGeneres, sua companheira masculeeeandra (leia-se masculeeeandra como aquela que não é muito ligada a estética), está com a cara melhor do que a sua femileeeandra (leia-se femileeeandra como aquela de quem se espera que seja mais ligada a estética), isso só pode significar que está ficando bem puxado, não?

E literalmente. WOO!

Achei democrático que a moda evangélica tenha ganhado espaço no red carpet.

Parabéns Nina Dobrev, vc conseguiu. Só que ao contrário.

E quando vc chega ao ponto de ter que reciclar o tecido da sua fantasia de Halloween e tentar transformá-lo em algo novo, é porque está na hora de começar a repensar a sua carreira, não é mesmo Vanessa Hudgens?

E quem ainda faz bico para tirar foto em 2012, hein?

Eu nunca sei quem é quem quando vejo essa figura:

Se é a Snooki que perdeu peso, ou se a Demi Lovato que ganhou todo o peso que a Snooki teria perdido.

Nunca consigo me decidir…

Mas para ambas as alternativas, a cafonice reina.

#NAOTABOMNAO

ps: olhando esse make mega carregado da segunda imagem, vcs não chutariam que ela tem pelo menos 37 anos? Eu diria até que uns 38, com folga, rs. 

Ashley Greene é aquela atriz que a gente sabe que conhece, mas nunca lembra de onde, tamanha a sua importância em nossos corações gelados. Zzzz

Achei o look quase que um pirigótica, só que um pouquinho mais comportado.

Mas e essas duas marcas enormes na altura do peito? Significa que ela tem mamilos de aço?

Ganhou até do Batman do George Clooney nessa categoria hein?

E vamos acabar um pouco com a ilusão?

A gente assiste aos desfiles, acha quase tudo lindo nas passarelas, temos nossas marcas preferidas ever, mas quando chega a hora de olhar de perto, no red carpet (que é onde a gente tem uma maior chance, rs), é sempre uma decepção quando a gente percebe a pouca qualidade do produto neam?

Tudo bem que costurar todos esses recortes não é a tarefa mais simples do mundo (e eu nem sei costurar nada) e o vestido é de uma marca que eu AMO, mas não precisava ficar com cara de fantasia de escola de samba neam?

#IMPRIMIUEXCESSODECOLAQUENTE

Pausa: gente, e a Lily está grávida de novo?

É tipo linha de produção agora? Um por cada nova temporada de How I Met Your Mother? (que eu finalmente desisti e nem assisto mais)

Mas nada foi mais preguiça do que o look da Veronica Mars na noite da premiação, hein?

Achei total preguiça, a começar pelo cabelo. Zzzz

E eu fiquei com pena da Kaley Cuoco…

Penny até que estava linda, com uma cinturinha de fazer inveja a qualquer Mariah em propaganda de programa de emagrecimento, mas esse vestido estaria perfeito para um casamento, ou outro tipo de premiação.

Sabe quando ficou um pouco demais para a ocasião? Mesmo não sendo daqueles modelos do tipo dos mais exagerados, sabe?

Mas eu AMO esse cabelo Barbarella, AMO!

Agora vamos falar da dupla do momento?

Maria Margarete Branca de Neve e sua filha, a pequena Emma Swan.

Então vamos começar logo do pior:

Onde é que a Jennifer Morrison estava com a cabeça quando escolheu esse modelão todo horrível para a premiação, hein?

Aliás, com o que é que ela estava na cabeça? Roubou o aplique fajuto da própria Cinderela dos parques da Disney?

Achei tudo horrível e a barra artesanal do vestido fecha com chave de ouro essa escolha totalmente meio assim.

#NAOTABOMNAO

Ginnifer Goodwin (que a mãe dela poderia ter simplificado e ter escolhido Jennifer…) aprendeu que “ele não está tão afim de vc” e parece que nesse caminho, ela aprendeu alguma coisa sobre moda também, hein?

Claro que eu não gosto desse tipo de manga, mas amei a cor vibrante, achei bem chic e apropriado para o tipo de premiação.

Mas a pergunta que não quer calar é:

Onde diabos estava o Prince Charming que não tem ele na premiação, hein?

We miss U (mas ele ficou pavoroso com aquela boina no último episódio de OUAT, hein?

 

E já que tocamos no assunto, vamos falar agora dos boy magia da premiação neam? Höy!

(mas nem se animem, porque foram bem poucos…)

Matt Bomer, que eu descobri recentemente que tem filhos (sim, estava descrito no plural, para uma surpresa ainda maior), sempre com essa cara de moço limpinho que lava o rosto com sabonete neutro antes de sair de casa neam?

Höy!

O que teria acontecido com a magia de Boone, hein?

Será que foi a luz que prejudicou?

Será que ele apertou demais os olhos para tentar enfeitiçar e acabou causando um efeito colateral em todo o resto do seu rosto?

Eu nunca entendi muito bem todo esse apelo em torno do Paul Wesley…

Sempre achei ele meio assim…pra mim, ele é como o Justin Bieber deveria ser se fosse mais bonito e mais masculeeeandro, não sei porque, mas eu vejo uma semelhança entre os dois que eu não sei explicar de onde vem e por isso não me perguntem.

Mas um dia desses, acabei vendo por acaso uma cena shirtless dele em Vampire Diaries, o que acabou justificando em imagens todo aquele apelo que eu não entendia anteriormente. Höy!

ps: mas continuo achando ele uma versão melhorada do Justin Bieber, hein?

Só porque o talento do Ewan McGregor é muito maior do que qualquer coisa, a gente consegue perdoar essa cara de emburradinho dele na premiação neam? Höy!

E chega a ser triste quando atores com fundamento tem que marcar presença em eventos meio assim só para ainda serem lembrandos pelo grande público. Humpf!

Agora, a gente ama o Zachary Levi e todo mundo sabe disso neam? (e o nome Levi na lista de nomes de bebês da Sarah em Chuck, hein? Foufo mil!)

Mas quando é que ele vai voltar a ser boy magia?

Pq com esse mini moicano, não dá!

Eu até entendo que eles tenham cortado o cabelo do Chuck antigo para tentar deixar o personagem com cara de mais sério, mais profissional, mas nada como aquele cabelinho da primeira e segunda temporada para nos enfeitiçar neam?

Fica a sugestão de makeover…

E eu tenho uma implicância enorrrme com ternos de cor indefinida, tipo esse do Neil Patrick Harris.

Nunca sei se é beige, cinza, ou se está amarelado de ficar no armário. (sem trocadilhos, mesmo porque nesse caso nem se aplica neam? Sério.)

E como eles estão ficando parecidos, não?

Juro que eu não tenho nada a declarar sobre a quantidade exagerada de make que o Adam Levine estava usando na premiação, juro!

E não adianta dizer que é implicância minha, basta comparar o brilho das duas peles e preceber de quem é a única opaca da imagem…

E para vcs sentirem o drama das escolhas da premiação,  o Maroon 5 ganhou o prêmio de melhor banda. PÁ!

Deixei por último o casal Miley, que nem acredita que está pegando o Liam Hemsworth, porque essa imagem diz muito.

A começar pela cara de dúvida da própria Miley Cyrus, que parece nem acreditar na magia ao seu lado…

Disse outro dia que ela pelo menos era mais esperta do que talentosa, considerando o quesito escolha de boy magia, mas andei repensando o assunto por parte dele…

Porque seria mesmo o Liam Hemsworth um boy magia de categoria, quando com tantas opções no mercado ele escolheu desfilar logo ao lado da Miley Cyrus?

Uma questão sempre boa para se refletir quando o assunto é boy magia acompanhado.

 

E agora vamos as melhores da noite, o que sempre nos dá uma esperança de que nem tudo está perdido.

Chloe Moretz , super apropriada para a ocasião, apesar desses dedos dela no sapato me deixarem meio (completamente) tenso, rs.

Robin sua linda. Smples, colorida e maravileeeandra! Höy!

ps: acho a Cobie Smulders uma das mulheres mais lindas da Tv atualmente. Höy!

E é claro que a Emma Stone não iria nos decepcionar e foi apostando no look masculeeeandro. Höy!

Aliás, ruiva de verde eu costumo dizer que é o combo certeiro da Ariel, que sempre funciona, ou vc acha que a Disney não faz toda uma pesquisa antes de lançar qualquer coisa hein?

E quem disse que não se pode aprender nada como uma animação?

Agora, quem realmente surpreendeu no People’s Choice Awards 2012, além do prêmio de melhor comédia sair para How I Met Your Mother, foi a Lea Michele, ficando com o prêmio de melhor vestido da noite.

Tudo bem que franja é o novo bandage dress e que ela sair sempre com cara de quem esta prendendo alguma coisa (rs), mas achei o vestido bem poder, mesmo tendo cara de que nós já vimos ele circulando por ai antes hein?

Maravileeeandra!

Premiere também não é o mesmo que dia de apresentação de patinação no gelo

Janeiro 10, 2012

ensinamos a Merryl Streep que premiere e formatura são coisas bem diferentes e agora chegou a hora de ensinar a Veronica Mars que premiere também não é dia de apresentação de patinação no gelo, que é o que imprimiu esse figurino que ela escolheu para ir a premiere da sua nova série no Showtime, a House Of Lies.

E temos uma outra sugestão para a também conhecida como Kristen Bell, ou aquela que recusou um papel em Lost para fazer Heores (se bem que…), que é a seguinte:

Não gruda que dá coceira. WOO!

Scream 4 – Sabe aquelas quase duas horas que vc nunca mais vai conseguir recuperar na sua vida?

Julho 13, 2011

Eu senti vergonha, muita vergonha e foi só. Sabe aquelas duas horas da sua vida que vc nunca mais vai conseguir recuperar? Pois bem, essa foi a minha experiência assistindo “Scream 4”.

Não me entendam mal, pq dos filmes do gênero, Scream sempre foi uma das minhas franquias prefreridas. Não sou muito fã de filmes de terror e já disse isso por aqui várias vezes. Talvez pelo fato de que eu costumo me assustar com muita facilidade, mas sempre gostei do climão de suspense dessa trilogia até aqui.

Pois bem, eu disse até aqui, pq com o quarto longa da série eles conseguiram transformar um filme de terror em uma verdadeira piada. Mas calma que ainda fica pior, porque a piada nem mesmo é engraçada.

Digo isso pq não da para ignorar o fato de que vivemos em outros tempos e eles até tentam forçar esse hype no filme mostrando os jovens preguiça do elenco todos conectados e munidos dos seus gadgets a todo tempo, mas parece que esse é o máximo de avanço no quesito técnologia ou perícia criminal que eles conseguiram atingir. Nunca assistiram CSI? É, parece que não…

Mesmo porque hoje em dia, qualquer periferia do Brasil tem monitoramento por câmeras, será que naquele bairro do suburbio rico da america antiga eles nunca ouviram falar em câmeras de segurança?

Sidney volta para a sua cidade para o lançamento do seu livro com a história da sua superação. Zzzz. No momento em que ela chega na cidade, várias mortes começam a acontecer, todas baseadas no seu passado e mesmo assim, eles deixam apenas dois guardas estagiários na porta da sua casa? Dafuck?

E aquela line do policial sobreo Bruce Willis no momento do seu suspiro final? Achei vergonhosa…

E pior, com o risco iminente de um maluco entrar com uma faca mega afiada a qualquer momento na sua casa e sair rasgando tudo que ele encontrar vivo pela frente, Sidney ainda assim encontra tempo para arrumar o “senhor dos ventos” da varanda da casa da irmã, tudo isso na maior tranquilidade. Dá para acreditar?

Sidney merecia morrer, uma morte tola e elaborada do tipo “Premonição”, só para ela aprender que com maluco a gente não brinca…e nem com a sorte!

Falando em “Premonição”, eles tentaram também fazer algumas homenagens mencionando pelo menos o nome de vários clássicos do terror, algo que também ficou meio sem sentido e acabou não funcionando muito bem e eu espero que com isso eles tenham no mínimo despertado um bad karma dos mestres do terror que devem estar se revirando nas catacumbas do inferno.

E depois, nunca nessa vida que uma menina de estatura mediana e magra, teria toda aquela força contra qualquer um, nem contendo o maior instinto assassino pure evil do mundo dentro dela. Sem contar que ela e seu parceiro no crime me pareceram bem menores do que o assassino com cara de fantasma, não? É tudo uma questão de proporção, ou ela perseguia suas vítimas de salto. Se esse for o caso, acabou de ganhar um ponto no quesito freak style, rs.

Apostei o tempo todo no ex namorado, que estava sendo construído para isso mesmo no decorrer da história, sempre em atitudes suspeitas, até a sútil interpretação (NOT) de um dos  vilões (membro da família Culkin), que deixou a sala nervoso por não ter pego a Claire de Heroes, com cara de quem voltaria com uma serra elétrica na mão. Nesse momento ele não se aguentou e acabou se entregando…

Aliás, uma morte que eu comemorei foi essa da Claire de Heroes hein? Se em Heroes ela nos irritava com o seu poder da cura, em “Scream 4” não teve jeito…Chabuya! (sempre passa um filme pavoroso com ela na tv, onde ela vive uma cheerleader, pasmem, rs, que faz dancinhas repetindo a line vergonhosa: Chabuya! Euri). Me senti vingado por ter comprado o box da primeira temporada da série e amargar esse desgosto até hoje na minha estante, rs

Mas o que sempre mais me irritou mesmo em Scream foi o personagem caga regra, aquele que fica ditando os padrões a serem obedecidos e as regras a serem seguidas, explicando o filme o tempo todo. Tem coisa mais chata? Sempre torcia pela sua morte a partir do momento que ele apresentava a sua primeira explicação, sempre!

Até agora eu não entendi se o filme é mesmo um thriller ou se tratava de uma comédia. Se a proposta foi fazer um filme de terror, vcs só conseguiram assustar um pouco, porque toda situação era pervisível demais e com os 3 filmes anteriores, todo mundo já sabia o que estaria para acontecer assim que a trilha do filme ficava mais emocionada ou sombria. No caso de terem apostado em uma linha cômica, foi vergonhoso e as piadas não funcionaram. Na hora em que o menino disse para o assassino que ele não podeia ser morto porque ela era gay e por isso fugia à regra, esse foi o fim pra mim. Dafuck?

Melhor parte do filme sem dúvida foi a sequência com a Anna Paquin e a Veronica Mars. Se vc passar dessa cena que é logo no começo, já pode até desistir do resto que não vale a pena.

Recomendo a primeira trilogia e quando vc chegar na prateleira do quarto filme, pode fingir que não viu ou que nem sabia da existência do quarto filme…

#IBARFED

Maio 23, 2011

E cadê o Peta numa hora dessas hein? PETA que pariu viu?

Tá na cara que isso é teste de cosmético em animais hein? Fikdik

Daqui a pouco esse macaco me aparece todo cor de rosa abandonado numa esquina suja de Bangkok e todas vão saber que a culpa é da Veronica Mars hein?

#IBARFED

Todas “recortadas” para a premiere de Scream 4

Abril 14, 2011

Já falei várias vzs aqui no Guilt que eu acho qualquer vestido com recortes na cintura meio assim, não acho que nenhum se resolve muito bem e quase sempre aparece uma gordureeenha que vc as vzs nem tem, fikdik

Mas parece que é tendenzia e no red carpet da premiere de “Scream 4”, Kristen Bell e Anna Paquin apareceram com duas versões de recortes. Bell, com um recorte menor na parte da frente e um decote maior nas costas (temos imagens Águia Dourada? Não, não temos imagens das costas dela, sorry…) e a Anna, com um modelo mais difícil, com um recorte inteiro marcado na cintura. Assim, de pé, até que parece que esta tudo bem, agora quero ver ela segurar esse recorte sentada…

Acho melhor não arriscar, fikdik

Burlesque, o clipão da Christina Aguilera feat Cher

Março 30, 2011

Não, “Burlesque” não é um musical. Diversão, fundamento burlesco e entretenimento, mas é só isso. Quando um filme é anunciado como musical, vc espera um musical clássico como estamos acostumados a ver nos cinemas, do tipo que tem a sua história contada musicalmente.

E esse não é o caso de “Burlesque” do diretor e escritor Steve Antin (que tmbm é ator e fez até “Os Goonies”) e o mais correto seria dizer que trata-se de um filme recheado de momentos musicais bem produzidos, com músicas antigas em lipsync que todas amam (rs) e novas músicas na voz da Christina Aguilera, que é bem talentosa para isso e  ninguém menos do que a Cher, que dispensa qualquer comentário pq ela é Deus neam? rs

Achei que para o seu primeiro papel no cinema (talvez ela já tenha feito alguma coisa antes, mas nada que tenha alguma importância) até que a Xtina estava bem viu? Uma iniciante ok, sem momentos constrangedores e com a voz certa para o tipo de papel. Ou seja, Xtina esperou a hora certa de se arriscar nos cinemas e assim evitou um clássico tipo “Crossroads” em seu resumé,  euri. Alô? Britney?

Além disso, depois do seu “Back To Basics”, Christina Aguilera estava bem dentro desse universo burlesco e por isso, nada mais do que justo a sua escolha para o papel. Mas alguém poderia ter pedido para ela evitar as firulas durante as músicas, não? Sempre acho firulas algo bem irritante, fikdik

E alguém também poderia ter falado para a Christina ter parado de mexer tanto na cara a tempo, para evitar o constrangimento pós “Burlesque”. No filme, ela aparece com vários perucões poder, que ela poderia ter aproveitado como fundamento para o seu próprio bem. E como ela é exagerada, não? Pelo poster vc já pode reparar, no make da Cher e o da Xtina, para tirar suas prórprias conclusões. Menos é mais Xtina, fikdik (mas agora parece ser tarde demais para vc).

Cher é a Cher neam? Engraçada, com aquela pose de sabedoria e que esta pronta para ser desafiada por qualquer um a qualquer momento, com o discurso pronto de “eu já passei por tudo nessa vida meu amor, não venha querer bancar o esperteeenho para cima de mim”, Snap! (rs). Durona, quebrando vidro de carro com barra de ferro e tudo mais. Cool!

Kristen Bell, a nossa Veronica Mars faz a invejosa no filme, que é claro que acaba se dando bem mal. Zzz

Na verdade, por ser tão previsível e cheio de clichês,  o filme acaba parecendo tolo, com uma história fraca e que com certeza vc já viu antes em algum clássico da Sessão da Tarde, por isso não espere muito de “Burlesque”.

Mas ai eu me pergunto: quem diria não para a chance de contracenar com a Cher? Ninguém neam?

Talvez por isso o filme tenha pencas de coadjuvantes conhecidos das séries que nós amamos, tipo o Cam Gigandet e o  Peter Gallagher (The O.C), Eric Dane (Grey’s Anatomy), a Dianna Agron (Glee), e o sempre adorável Stanley Tucci. Aliás, quem não queria ser o melhor amigo do Stanley Tucci, que sempre faz o melhor amigo gay mais foufo ever, hein?

Reparei tmbm que entre os dançarinos homens que estão no filme durante os números musicais, esta um dos dançarinos principais da Sticky and Sweet Tour da Madonna, foufo mil (um bem branqueeenho e careca que sempre faz par com ela nas coreôs e que tem um momento coreô ao lado de Xtina no filme).

O filme vale mesmo pelo climão burlesco que é sempre bem vindo. Tem aquele erotismo bem humorado, que é quase inocente (para os dias de hoje então…), tão característico do fundamento. As performances são lindas, com coreôs bem animadas e músicas deliciosas. A minha alma de stripper  pelo menos já ficou toda com vontade de grudar em um pole dance logo depois de assistir o filme, rs.

O figurino eu também achei bem bom, dentro do fundamento, com as cores certas, mas tudo com muito brilho, o que nesse caso cabe perfeitamente. O filme se passa quase todo dentro do prórprio “cabaré” da Dona Cher, que é lindo e tem cara de casa de espetáculo antiga. Cool!

Vale a pena assistir pq é tudo bem bonito, animado, divertido, mas não espere por um grande musical e sim por um filme com muitos números musicais e de quebra, uma caixa de biscoitos para amimar todas (Höy!).

Tenho certeza que vc vai terminar de assistir com vontade de fazer uma performance numa taça de Martini gigante, rs.

Saia de bico não dah!

Dezembro 14, 2010

Não da meeesmo! Já foi neam? E tem coisas que é até bom que não volte, rs

Com um vestido bem curto e talvez até mais ajustado, o modelão ficari incrível, fikdik ae Veronica Mars

#NAOTABOMNAO


%d bloggers like this: