Posts Tagged ‘London 2012’

A partir de hoje, eu só mergulho se for assim…

Agosto 13, 2012

Fazendo o #SEREIO, claro.

Claro que também com uma sunga maior, viu Stella? Porque cada qual com o seu cada qualzinho, qual ou qualzão (esse post não é uma autopromoção, rs)

Höy!

ps: já estou com saudade das Olimpíadas…

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

Porque despedida boa mesmo é assim, emocionada e cheia de saudade!

Agosto 13, 2012

Tão linda quanto a abertura das Olimpíadas, os ingleses conseguiram fazer uma festa de encerramento maravileeeandra como a gente já estava esperando, não?

Também, com um setlist daqueles, não precisa nem de muito esforço. Claro que nós todos quase morremos de euforia eufórica fazendo coreô antiga ao som de “Freedom” do George Michael, com cada um escolhendo sua top antiga para representar nessa hora (eu corri para a banheira e fiz a Cindy, depois voltei para o cantinho e fiz a Linda bem Linda, claro! rs), mas só não entendemos o porque daquele seu segundo hit tão meio assim. Mas está perdoado GM,  veio todo de couro, fez coreô e estava com cinto de fivelão de caveira brilhante. #TEMCOMONAOAMAR? (poderia ter cantando uma do WHAM!, vai? “Wake Me Up Before You Go Go” ou a sua “Faith” mesmo, tocando violão todo rebolativo e com brinco de cruz? Podia…)

Depois tivemos toda aquela parada com os hits do brit pop, que OK, nós não ligamos muito. Até chegarem as tops, com uma Kate Moss e a Naomi fazendo aquele catwalk que vai nos inspirar para sempre seguida de uma apresentação bem bacana e vampiresca da Annie Lennox antiga. E o que era a pose antiga da Kate, jogando o corpo de um lado para o outro e fazendo cara de desdém, quando a sua “cortina” foi aberta? Isso sim é uma top. Aprendam quéridinhas! (Alessöndra estava tão apagadinha coitada. Eu esperava muito mais daquele caminhar no calçadão…)

Ainda tivemos aquele momento lindo do “Wish You Were Here” que nos levou a pensar naquela lista interminável de nomes que a gente gostaria que estive ao nosso lado naquela hora (eu lembro de ouvir no carro com a minha família antiga = ♥). E eles ainda recriaram a capa de um álbum ícone, enquanto um ruivo new generation (Ed Sheeran) cantava lindamente o hit da banda antiga. Para emocionar, claro! (e tinha que ter um representante da magia ruiva, além do nosso Harry neam? Höy!)

Imagens lindas do nosso David Bowie de fotos que nós conhecemos bem e amamos, do antigo ao atual (pena ele não ter ido…), projeções de Lennon, Freddie, Brian May tocando seus acordes ao vivo e sem acompanhamento (só faltou entrar a Lady Gaga, rs). Tem como não se arrepiar inteiro? Tudo bem que teve a Jessie J nos vocais na hora do Queen, mas poderia ter sido pior e a gente poderia ter que aguentar um Adam Lambert ao vivo e com a cara toda borrada de blush, uma camada bem grossa de base e muito pó. E não tem removedor de make certo!

E ai me entra o Eric Idle com todo aquele humor inglês que nós AMAMOS de Monty Phyton antigo bem antigo, cantando “Always Look On The Bright Side Of Life”, que é claro que me levou as lágrimas, enquanto assoviava como se não houvesse amanhã! (sempre me imagino saltitante feito um cartoon com essa música. Sabe quando vc dá aquele pulinho e bate os dois pés no alto? Então…)

Até que chegaram elas: Posh + Ginger + Baby + Sport + Scary = Spice Ghols!

Ai foi desespero, emoção, comoção, compilação de sentimentos, taque cardia e tudo mais. AHHHHHH! (foi a minha reação)

Claro que foi tudo muito rápido, elas só cantaram parte de dois dos seus hits (Wannabee + Spice Up Your Life) , mas quem se importa? AMAMOS ver essas meninas reunidas novamente!

Obviamente que fizemos as duas coreôs como se não houvesse amanhã depois do after (que é sempre pior) e nos sentimos adollys de tudo novamente, não?

E elas estavam todas lindas, todas gatonas, magronas e gostosas. Mel B estava a cara da Beyoncé, Emma está xóvem como um bebê, linda de rosa e com um cabelo maravileeeandro, Mel C estava sapatônica daquele jeito que a gente sempre AMOU, Geri fez a patriota, claro e Victoria estava com a cara amarrada de sempre que nós AMAMOS, que fez a entendida das modas e investiu numa cauda só para causar o efeito “Priscila” no momento volta olímpica em cima dos taxis pretos, que a gente bem sabe que ela não veio no mundo para ser uma pessoa comum e bem humorada, não é mesmo? (só faltou descer do seu taxi, pegar o seu Teivid e mandar aquele beijão ao vivo, neam? PÁ na cara da sociedade inglesa indeed!)

Aliás, só eu fiquei apavorado com a velocidade daqueles carros? Mas deu tudo certo graças a Cher, ninguém caiu e nós tivemos nossos poucos minutos para ver as Spice (sem plural, sempre) de volta! Awwwnnn! (♥)

E quem não queria ter congelado um pirulito antigo delas para chupar nesse exato momento que atire as primeiras 25 caixas de Kleenex vazias que nós usamos quando soubemos que a turnê de reunion não iria passar por aqui. NOW!

E foi assim, tudo lindo, animado e já nos deixando com muita saudade de London baby! E agora é mais do que oficial, recebemos a bandeira e temos que fazer uma festa no mínimo digna quando chegar a nossa vez. Digamos que a nossa apresentação lá naquela hora foi tipo qualquer coisa, mas tudo bem, ainda confiamos que podemos fazer sim tudo bem direitinho quando chegar a hora em 2016.

Paisagens maravileeeandras a gente também tem, gente linda também, só falta mais organização e quem estiver no comando disso tudo entender um pouco mais do significado da palavra “honestidade”. De resto, só nos resta esperar que por aqui também seja tudo lindo (cada um com a sua cultura) e que pelo menos a gente não passe muita vergonha.

E mesmo emanando energia gracinha para que isso aconteça no Rio 2016, continuo achando que o nosso lema para a ocasião deva ser #DESCULPAQUALQUERCOISA.

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

Nesse finde, nós só vamos querer saber de uma coisa: Spice Girls (♥)

Agosto 10, 2012

Finde com show de encerramento das Olimpíadas de Londres 2012, com direito a todas elas que já foram pegas ensaiando: Victoria, Geri, Mel B, Emma e Mel C. Yei!

Não faço mais nada nesse domingo a não ser vestir meu tênis plataforma de 20cm enquanto faço todas a coreôs antigas como se não houvesse amanhã! (♥)

E está rolando todo um boato a respeito desse line-up, que dizem que vai ter Adele (imagina ela grávida e soltando aquela voz? #SÓAMOR!), Jessie J, George Michael (classic GM, please!), The Who, Queen, Pet Shop Boys, One Direction, Muse e dizem que talvez até pode acontecer um encontro do Take That. Tsá? Mas e o Bowie hein? Eu cairia duro no chão e daria um salto duplo carpado Tsukahara cravado se ele aparecesse cantando um clássico. Sério. E faria um raio na cara enquanto fazia tudo isso, com toda a habilidade e coordenação motora desse mundo! E dizem que o Sir Paul irá aparecer de novo. Alguém duvida?

Como representante real, dizem que teremos a princesa Ana e ele, o nosso MUSE da magia ruiva real, Harry, que vai tocar o after de despedida dos ingleses. (e quem não adoraria ir a um after do Harry? #SONHO)

E como nossos representantes, mandamos a Marisa Monte e o Seu Jorge. #FUÉN. Mas antes de reclamar, lembrem-se que poderia ser tudo muito pior, com nomes como Carlinhos Brown e Claudeeenha Leite Morno. EW!

Só sei que vai ser assim, vamos comentar tudo no Twitter, claro, fingindo que estamos tomando um chá das cinco e vestindo Alexander McQueen feat Vivenne Westwood com direito a fascinator do Phillip Treacy e tudo mais e seu eu fosse vcs, também não perderia essa delicia inglesa por nada nesse mundo indeed.

#SPICEUPYOURLIFE

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

Ryan Lochte, Höy!

Agosto 7, 2012

Diz que é o novo muso das costas largas da natação atual. Höy!

Acho promissor… (e qualquer coisa é melhor do que a cara mal diagramada do Michael Phelps

Mesmo assim, não consigo ignorar um fundamento como esse aqui ó:

#TEMCOMONAOAMAR o #NANOSUNGUISMO do inglês Tom Daley?

E a gente achando que a sunga baixa branca e asa-delta era coisa nossa… Fuém!

Apoiamos a coragem indeed. Höy!

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

Minifigures Olímpicas

Agosto 6, 2012

Edição especial das Lego Minifigures para os jogos Olímpicos de Londres, que são 9:  Brawny Boxer (Boxe), The Stealth Swimmer (Natação), Relay Runner (Corrida), Judo Fighter (Judô), Tactical Tennis Player (Tênis), Flexible Gymnast (Ginástica Olímpica), Wondrous Weightlifter (Levantamento de Peso), Horseback Rider (Hipismo) e Agile Archer (Arco e Flecha), todos foufos mil!

Euquero!

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

London baby!

Julho 30, 2012

Maravileeendro!

Fiquei tão emocionado com a festa de abertura das Olimpíadas da Londra antiga…

Tudo bem que não teve Doctor Who (que eles trocaram pelo Mr Bean e eu tinha certeza que isso aconteceria, ZzZZZ), faltaram meninas e meninos vestidos de Spice na parte musical (mas dizem que elas vem para o encerramento e todas aguardam ansiosamente o momento de tirar o tênis plataforma antigo com 20 cm de altura do fundo do closet para essa performance), mas de resto, foi tudo bem perfeito, não?

Fiquei realmente emocionado a ponto de me arrepiar inteiro com a J.K. Rowling lendo um trecho lindo de Peter Pan (que é o clássico preferido da minha roommate, que está na Londra e disse que iria na abertura, por isso espero que ela tenha conseguido! ♥) e também me emocionei muito na parte musical, quando os Beatles apareceram naquelas projeções durante a parte da “evolução musical” deles, que na sequência ainda teve David Bowie (e o que a gente não daria por uma daquelas cabeças gigantes e ruivas do Bowie?) e Queen, que foi quando eu não consegui conter as lágrimas e me rendi completamente.

Aí tocou Prodigy, que me levou a um tempo antigo, para uma pixxxta mais antiga ainda para a qual eu nem tinha idade, rs. Mas quando eu me senti a dancing queen, young and sweet, only seventeen de novo foi na sequência do Ewan McGregor novinho de tudo, correndo como se não houvesse amanhã ao som de “Born Slippy” do Underworld (que até hoje me dá vontade de sair pulando/rodopiando sem culpa). E ainda tocou “Valerie” (que a gente dança fazendo coreô inspirada nela e para ela, claro), awnnn! Tinha que tocar Amy! (e todos os outros clássicos, claro!). Fora a covardia de colocar a sua própria equipe entrando no estádio ao som de “Heroes”, que pra mim, foi um golpe baixo dos melhores possíveis! (de chorar!)

E teve o bom humor da Rainha, que a gente nem tava esperando que fosse chegar tão bem humorada assim. E teve o Beckham percorrendo o Tamisa de lancha com o cabelo intacto, enquanto sua parceira lutava contra o vento (euri, diva é diva!). E teve a história de um país contada lindamente, com direito a show do Arctic Monkeys tocando até Beatles, vejam só. E depois, para encerrar da melhor forma possível tivemos ele, Sir Paul McCartney!

Realmente, eu não posso dizer outra coisa para essa cerimônia a não ser: Deitou todas Danny Boyle! (mas vamos concordar que com um material riquíssimo desse, a tarefa não seria das mais difíceis)

Espero que a gente tenha aprendido alguma coisa com esses ingleses e que não façamos feio quando chegar a nossa vez. Cultura é cultura e cada um tem a sua, por isso acho que temos que respeitar todas. E mesmo que a nossa não tenha os Beatles, o Bowie, ou a Edina e a Patsy para nos representar carregando a tocha olímpica (dei um pulo nesse momento! AbFab = ♥), espero que a gente encontre bons representantes para a nossa vez. Mas desde já, a minha sugestão é que a nossa cerimônia de abertura comece com a frase “Desculpa qualquer coisa” em vários idiomas… (rs)

London baby!

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt


%d bloggers like this: