Posts Tagged ‘Oprah’

Oprah está precisando de novos amigos…

Agosto 7, 2012

Porque andar de amizade com a Riwanna é um passo largo para o fim de carreira.

Mas tudo bem, diz que essa proximidade todas das duas só aconteceu por conta de uma entrevista que a apresentadora foi gravar com ela em Barbados.

Mas posso falar?

Não sei se vcs já repararam, mas em todas as suas férias, Riwanna faz questão de dar uma passadinha por lá, que é de onde ela veio e eu sempre acho isso bem importante (raízes meu povo, raízes!), apesar de achar que a população de Barbados merecia looks menos cafonas desfilando em suas ruas uma vez por ano. Go Riwanna! Go Riwanna!

ps: meosonho nº 87854574552 é ser amigo da Oprah. Mas amigo mesmo, do tipo que pula no sofá, ganha brinde no final do programa e faz trança um no cabelo do outro, do tipo íntimo de Oliveira!

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

Katie Holmes provando na despedida da Oprah que é pura preguiça…

Maio 19, 2011

Custava ficar de pé para não deixar o shorts de tecido nobre todo amassado? Preguiçosa…

Olha só que pavoroso que ficou o look, justo no dia da despedida da Oprah? Não pode neam?

Pior que isso, só mesmo ter como concorrente a Halle Berry (Catwoman fail 4 ever) ao seu lado, que apareceu mais bem vestida do que vc. PÁ!

Se fosse comigo, voltava para casas aos prantos. Pelo cancelamento do programa da Oprah é claro, pq eu jamais passaria uma vergonha dessas e vc sabe pq?

Pq eu sou ricah! RI-CAH!

#NAOTABOMNAO

Anota ae: 25 de Maio, o dia do Fim do Mundo!

Maio 18, 2011

Sim, o dia do fim do mundo sim senhor, porque o que nós vamos fazer depois do final do programa da Oprah? Hein?

Não sei, ainda não estou preparado para esse dia…

25 temporadas depois, Oprah gravou ontém o seu último The Oprah Winfrey Show, em Chicago e com pencas de participações.

O programa vai ao ar na america antiga no dia 25/05 e eu fico imaginando o que a platéia vai ganhar nesse dia hein? Uma castelo para cada um? Uma ilha? Uma cidade americana inteira? Euquero!

Fora isso que o meosonho era ser convidado para sentar no programa da Oprah, o que me parece que não vai mais acontecer. Humpf! Não vai ser dessa vez que a america antiga vai conhecer o Guilt, rs

Todas ficarão morrendo de saudades da Oprah!  MUSE!

NKOTBSB

Novembro 9, 2010

E a turnê animada (tisc tisc) do New Kids On The Block + Backstreet Boys, hein?

Será que já estão todos pencas endividados ? Pq o que mais justificaria neam?

Eu só iria se essa sigla ae aumentasse para NKOTBSB + NSYNC+5+WL…tsá?

Imagina? Turnê dos teenage dreams, neam? (euri) Zzzz

E vcs viram o BSB na minha amiga Oprah? Não? Então vejam que foi bem foufo >

Detalhe para a participaçán do Kevin, eterno boy band magia (se bem que eu achei ele meio assim…) cantando um dos hinos da nossa adolescência neam? “Smells like teen spirit”, quédizé, “I want it that way”, rs

Quem nunca gostou de um boy band que atire o primeiro cd do Led Zeppelin, rs. Até a Oprah cantou tsá?

 

E o John Mayer que disse que daria todo o seu dinheiro para ter mais uma noite com…isso?

Março 12, 2010

Sério? E eu achando que ele era melhor que isso, doce ilusão…

Não reconheceu a buzanfa? É da Jessica Simpson, que até chorou na Oprah por conta das declarações, progama do qual John Mayer foi gongado por um comentário racista que o tolo fez um dia desses. Ou seja, tá bem merecendo pegar esse tipo ae neam?

Harlem, 1987

Março 1, 2010

Lúdico e dramático. Fiquei bem cagado ontém depois de ter assistido o belíssimo filme “Precious”  dirigido por Lee Daniels e confesso que chorei e chorei muito. Que história boa hein? Se eu fosse vc não perderia, mas deixaria para assistir em um dia que vc esteja bem disposto a se emocionar pencas.

O filme tem um linguagem bem direta, violento, mesmo nos poupando com uma total escuridão nos momentos mais dramáticos. Os diálogos são diretos, sem muitas voltas e carregado nas gírias típicas do Harlem. Me incomodei um pouco com o filme, achei que as cenas poderiam ter sido um pouco melhros cuidadas, não sei…alguma coisa me deixou meio assim. Acho que impliquei com a direção de arte nesse caso.

A história é dramática, os abusos, humilhações que a personagem principal recebe ao longo do filme são de cortar o coração e em alguns momentos eu fiquei até sem ar com a franqueza nos diágos, que são muito honestos. Precious (Gabourey Sidibe) é uma garota obesa de apenas 17 anos, que é violentada constantemente pelo seu pai e mãe. Dessa relação de abuso sexual com o seu pai ela tem 1 filha portadora de Down e esta grávida do seu segundo filho com o seu pai. A mãe sabe de tudo, muitas vezes ela presencia os abusos sem dizer nada e tmbm abusa da menina que mesmo ciente de que o que eles fazem esta errado, acaba se “deixando” ser explorada, provavelmente por estar completamente traumatizada a essa altura do campeonato.

Sua mãe (Mo’Nique) usa da força física para atacar a garota, além de insultos e provocações o tempo todo, colocando Precious para baixo o tempo todo, provavelmente para que ela acredite que realmente não é capaz de se virar sozinha e asism permaneça nesse ambiente nojento. Essa mãe que depois descobrimos que sempre soube e permitiu os abusos sexuais por parte do pai com sua filha desde os 3 anos de idade (que horror!), ainda culpa a filha por seu marido sentir mais desejo por Precious do que por ela mesmo, ou seja, um nojo. Uma mulher completamente perturbada e violenta que convence tanto no papel que eu acho muito provável que ela leve o Oscar para casa, pq sua atuação é tão verdadeira que eu cheguei a odiar a sua personagem. E continuo odiando na verdade. Coisa de atrizona! Clap Clap Clap!

Fico pensando, como pode exisitir uma história de tamanha violência e covardia como essas neam? Ainda mais tratando-se de um núcleo familiar, que deveria ser muito diferente do que nos foi mostrado na história de Prescious. Talvez eu tenha tido sorte de vir de uma família sem grandes problemas e talvez por isso fique difícil de imaginar um cenário tão absurdo e nojento como esse. Abusos como esse, nesse nível é um absurdo sem tamanho e o filme provoca uma certa inquietação em vc, ao abordar esse tema, fatão!

Lenny Kravitz e Mariah Carey fazem participações, eu diria que quase que afetivas no filme e se saem muito bem. E o longa ainda contou com a produção da Oprah que bancou os custos do longa apostando em seu sucesso. E como tudo que a Oprah toca vira ouro, não preciso nem dizer o resto neam? Trilha báfu que emociona. O figurino é simples, mas Precious mesmo estando acima do peso mostra que tem estilo, sem muitos recursos e mesmo usando peças inapropriadas para o seu tamanho. Gostei mesmo do figurinos das amigas de classe de Prescious, em especial ao da personagem Joann, que além de ser muito divertida, usa as roupas mais descoladas da turma, em um figurino super possível para os dias de hoje.

 

O que eu gostei muito em Prescious foi a coragem da personagem e a sua vontade de ser diferente, de ter uma vida melhor por ela mesmo. E assim ao longo do filme ela vai se descobrindo, aprendendo a escrever a sua história de uma forma diferente. Mesmo com tantos dramas que ela enfrentou durante a sua vida ela não perdeu a vontade de sonhar e esse sonhos são apresentados de forma lúdica durante o filme, para quebrar um pouco do peso da história.

E com o apoio de sua professora, que ela vem a descobrir depois que é gay assumida, Prescious ganha a força que precisava para dar o primeiro passo para a sua nova vida. Curiosamente ela acaba descobrindo essa força com o nascimento do seu segundo filho, que ela acredita que deve cria-lo e em breve recuperar a sua primeira filha para que possam viver como uma família de verdade.

No final das contas eu fiquei bem emocionado com a história e só de pensar que existem muitas pessoas que passaram por situações de vida parecidas por ai, eu acabei ficando bem emocinado com a história e o que pra mim, acabou justificando bem o final do filme, com a dedicatória escrita em tipografia handmade: for precious girls everywhere. (tears)

ps: eu bem que gostaria de ver a Gabourey Sidibe (Precious) ou a Carey Mulligan (An Education) tombando com a Sandra Bullock (The Blind Side)

Alguém consegue imaginar esse cachê?

Fevereiro 10, 2010

Bilhões de zilhões na certa! Oprah…quer ser minha ameeega?

Eu não aceito o fim do programa da Oprah, não aceito!

Novembro 20, 2009

Fiquei nude com a notícia de que a Oprah teria decretado o fim do seu programa, tendo seu último episódio já com data marcada para o dia 09/09/2011. Tudo bem que esta longe ainda, mas isso só pode ser o fim do mundo minha gente! E todo mundo nessa onda de 2012 que é uma grande bobagem, quando o mundo vai acabar mesmo é no dia do último episódio da Oprah! Chorei litros de lágrimas de diamantes agora!

LOVE Oprah e não aceito o fim do seu programa, nunca jamais! Fora que eu nunca fui na platéia para ganhar aqueles báfus de ricah que ela dá no programa dela, tipo carros para todos, Yei! E nem fui entrevistado via Skype aindra! Não aceito, não aceito, não aceito! Oprah é o futuro e eu exijo ela todos os dias na TV como sempre foi! Aprendi tanto com a Big O! Mais uma das minhas muses! Minha meta agora é sentar naquele sofá com a Oprah até o dia 09/09/2011.

Tin amo Oprah, me liga se quiser desabafar tah?

ps: estou pensando em montar um passeata em NY para impedir o fim do programa da Oprah, os interessados favor se alistem aqui no Guilt que vai ser báfu!

Oprah & Ellen

Novembro 11, 2009

ellen-degeneres-oprah-december-4-covers-03

ellen-degeneres-oprah-december-4-covers-02

ellen-degeneres-oprah-december-02

ellen-degeneres-oprah-december-01

ps: Oprah, meosonho é ser entrevistado por vc via skype, acho digno! Riachhhhhhhhh! E eu vivo recebendo um email para ir até a platéia das duas, do tipo pacote turístico sabe? Sinto cheiro de golpe!

Oprah com vergonha alheia

Setembro 18, 2009

0,,21972768-EXH,00

Sabe quando vc tem vontade de esganar o convidado em seu talk show? Oprah sabe…repare nas mãos dela, linguagem corporal é o futuro. Nem liga boba, eu tmbm ficaria com vergonha alheia dessa pegação pública e teria a mesma vontade se eu tivesse meu próprio talk show é claro!

Ew!!!

0,,21972896-EXH,00

Oprah diz: Awnnn (sorriso nervoso com vontade de assassinar o convidado), como eles são exóticos não? PRÓXIMO convidado, entre por favor!


%d bloggers like this: