Posts Tagged ‘Samuel’

Impossível decidir o que gostar mais no Samuel nessas fotos. IMPOSSÍVEL! (♥)

Dezembro 5, 2013

jennifer-garner

Se o seu look nesse momento beijinho de peixe…

jennifer-garner--samuel-09

Ou se nessa sua fase ferramentas, carregando martelos e possivelmente ameaçando quem for contra seu pai no papel do Batmão.

Sério, #TEMCOMONAOAMAR?

(R: não, não tem… ♥ #PLIM)

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

Anúncios

E isso foi o que você perdeu enquanto estivemos de férias…

Novembro 21, 2013

Sim, estive de férias, um período que acabou durando o dobro do previsto (sorry de novo), por isso achei importante dar uma recapitulada em tudo que consideramos de extrema importância e que não tivemos tempo de comentar durante esse período. Vamos lá? (imaginem esse post com a voz do narrador de Glee)

bloom lfynn

Para começar, o Orlando Bloom se separou da Miranda Kerr e nós ficamos com a mesma cara foufa de indignação de W H A T DA F L O C K, do Flynn nessa imagem acima. Humpf!

orlando-bloom-y

Mas sabemos e confiamos que o filho de Legolas nasceu para ser um guerreiro e jamais se deixará abalar por um detalhe como esse. Que o melhor aconteça para ambas as partes, que aparentemente, continuam bons amigos.

ps: abra o olho Flynn, porque parece que alguém bem perto de você anda roubando o seu suquinho descaradamente como podemos observar na imagem acima (em uma outra dessa mesma sequência, dá quase para flagrar o Orlando cometendo o crime, acreditem!). Argh, odiamos injustiças! rs

joshua-jackson

E não é que nesse meio tempo Peter Pacey resolveu cruzar universos para nos fazer uma visita? (“nos” querendo dizer “me” fazer uma visita)

E ainda fomos agraciados com um shirtless na sacada do hotel no Rio, que é o que todo mundo que vem visitar a cidade deveria fazer. Höy!

Mas a revolta por não ter encontrado com o filho do Walter (que veio acompanhado da lindíssima Diane Kruger) realmente bateu forte quando descobri que ele não só esteve no Rio como em Sã Paula e a amiga de uma amiga tirou até foto com ele na festa da Chanel e confirmou a informação de que ele parece ser muito mais foufo do que a gente imaginava.

E sim, até agora não me recuperei dessa mágoa…

gwen-stefan

Aí nós descobrimos que a Gwen MUSE Stefani está esse tanto de grávida. Sério, #TEMCOMONAOAMAR e desde já desejar uma boa hora e ou enviar o CV para babá e ou começar a produção desse chá de bebê?

E mesmo sabendo que ela faz meninos lindos como o Kingston e o Zuma, estamos torcendo para que dessa vez ela e o Gavin ganhem uma menininha para chamar de um nome bem exótico qualquer. Sugestão: Princess Beyoncé ou Lady Madonna.

Muah!

Como atitude covarde durante esse período de férias, tivemos o Justin Timberlake, que resolveu lançar esse vídeo de “TKO”, que é uma delícia, principalmente porque nos deu a ideia de quem é que precisa de latas amarradas no carro de “recém casados”, quando podemos amarrar o próprio JT, hein?

E a cena na bancada da cozinha? Melhor não dizer mais nada. Pausa para um copo d’água, por favor….

zZZZ

zZZZ

zZZZ

Até que tivemos o Halloween desse ano e sobre o assunto, o que nós temos a dizer é o seguinte:

 Heidi Klum

Ninguém arrasou mais no fundamento do que a versão “Cocoon” da Heidi Klum. Nin – FUCKING – guém! Clap Clap Clap para ela que resolveu sair de casa um dia sem maquiagem, revelando sua verdadeira idade alemã, rs.

E para todas as angels da Victorias’s Secret, é assim que vocês vão ficar um dia. (Damn it que mesmo assim, elas possivelmente serão melhores que todas nós. Lágrimas de inveja em pedra descendo em 3,2, 1)

E por falar em “Cocoon”… (me recuso a explicar referências, rs)

Pausa: acabei de lembrar desse novo trailer do especial de aniversário de 50 anos de Doctor Who, que acontecerá no próximo sábado e terá exibição simultânea com a terra da rainha em alguns cinemas da rede Cinemark aqui no Brasil. Hurray!

Não preciso nem dizer que eu vou e vou vestido de um mix de Doutor e TARDIS, preciso? (alguém me empresta um chapéu Fez?)

E tem esse outro trailer aqui um pouco maior ó >

Além disso, recentemente ganhamos também esse websode chamado “The Night Of The Doctor”, que é um prelúdio do especial The Day Of The Doctor. (que assistiremos e m 3D comendo cupcakes com coberturas azuis acompanhados de um chá, é claro)

Agora, voltando ao assunto Halloween… (desculpem minha cabeça associativa um tanto quanto confusa…)

g4

Gisele até que tentou ganhar o prêmio de fantasia foufurice do ano, vestindo o seu zagueirão coxinha de leão de “The Wizard of Oz”,  mas não conseguiu levar o prêmio, nem apelando pela covardia.

Sorry Dzel…

ben-affleck-as-tin-man-

Outro que também tentou nos convencer no quesito foufurice foi o Ben Affleck, que também emprestou o seu fundamento de Oz e que a propósito…

jennifer-garner-ben-affleck

… ao lado do Samuel continuam sendo os meninos mais lindos da família Garner/Affleck. Foufos mil!

Mas também não foi o suficiente para esse ano. Sorry, Argo fuck yourself, Ben!

neil-patrick-harris-family-celebrity-halloween-2013

Porque quem realmente ganhou no quesito foufurices foufas do Halloween desse ano foi a família inteira no Neil Patrick Harris, que nasceu para isso, não?

ps: qualquer família vestida de qualquer personagem de “Alice In Wonderland” estaria nas primeiras colocações de qualquer concurso nesse blog, confesso.

BX8BDhJCEAAS9ul.jpg_large-433x650

O mesmo vale para a segunda opção de fantasias da família, que como se não sobrasse em fundamento, ainda tem filhos que entram perfeitamente na brincadeira. O que são essas crianças? Que os meus sejam exatamente assim e entrem no personagem sempre que necessário, ou seja, toda hora. AMÉM!

Harry-Styles-Miley-Cyrus-

Mas temos que ser honestos e admitir que qualquer pessoa vestida de Miley Cyrus durante o VMA no Halloween desse ano também ganhou o nosso coração, incluindo o Harry Styles, que se a gente fosse uma garota de 13 anos (e bem lá no fundo, sabemos que somos), se transformaria na nossa #CRUSH número 1 do momento, principalmente depois que tomamos conhecimento do seu bromance com o outro coleguinha de elenco da sua boy band de uma única direção.

od-

#AMAMOSBROMANCES #PLIM

Smiley Show

Falando em Smiley, ela continua se afirmando como a nova rebelde do momento, embora quase ninguém inteligente compre essa ideia e a maioria das pessoas tenham vontade de dormir toda vez que ela abre a boca e ou resolve sair na rua com seus looks pavorosos. E ela é rebelde do tipo que acende um cigarro daqueles que não devemos fazer apologia por motivos de segurança nacional e isso em Amsterdã, que todo mundo sabe que é o que todo mundo faz o tempo todo a todo momento quando não estão dirigindo suas bicicletas por aí e ou dando uma volta na “rua vermelha”. To-la.

E como estamos cansados de nos assustarmos com sua cara feia por aqui, de hoje em diante, usaremos um Smiley para cobrir a sua cara que mais parece que foi destruída por uma wrecking ball (e Glee fez uma versão dessa música com a Marley cantando no episódio da última semana, que teve uma das performances mais vergonhosas de todos esses anos na série. Sério!). Alguém saberia dizer se durante a gravação do clipe, Smiley levou uma bolada daquelas na cabeça?

Sorry, melhor não perguntar… rs

adriana-lima-

Falando em fantasias muitas vezes ridículas e motivos para usar pouca ou nenhuma roupa, recentemente tivemos também o Victoria’s Secret Fashion Show, que é aquele desfile em que as brasileiras ainda fingem que são os maiores nomes da passarela, mas que nós sabemos que já tem algumas edições que a coisa mudou de figura.

Aproveitando que esse ano a Adriana Lima (que pernas são essas meu Deos e porque é que as nossas não são o equivalente a 25% delas?) foi de pomba gira, achei que seria justo desejar para cada uma das angels que namora um boy magia da nossa wishlist, uns 15, 58 % de gordura corporal (que no caso delas, pesando no máximo 20 quilos cada, seria o equivalente a uma obesidade mórbida no nosso universo de pessoas comuns) e lingeries cada vez menores e desconfortáveis, além de um fonoaudiólogo para a própria Adriana Lima, que continua falando inglês com o mesmo sotaque colombiano da Gloria de Modern Family (que anda ótima e precisamos falar a respeito em breve), mesmo sendo brasileiríssima.

E sim, boa parte desse post foi baseado em sentimentos de pura inveja. Me aceitem, me respeitem.

big hamm

Mas não tem angel de Victoria certa, porque quem provou que existem angels de verdade mesmo foi o Jon Hamm, que voltou a sair “bem solto” e só por isso acreditamos no milagre da vida e em seres celestiais.

HÖOOOOOOOOOOOOOY

elle-magazine-michael-fassbender-cover

E já que a imagem acima da acima (mas se vocês reparem bem nessa que está apenas acima, com o Jon Hamm, vão reconhecer que estamos falando de um padrão, rs) está cheia de vermelho e em chamas, lembramos que o Michael Fassbender, que é do #TeamRed e sempre nos deixou em chamas, apareceu lindo assim em PB na capa da Elle de dezembro…

… e se você achou pouco ou ainda não se convenceu disso, dá só uma olhada nesse teaser do ensaio. Detalhe que na entrevista ele disse que nunca se achou bonito e nós fingimos que acreditamos. Aposto que ele nunca se achou um “grande” ator também. (e por grande, a intenção foi dizer enorme, por qualquer motivo que você possa estar pensando nesse exato momento. Höy!)

tom-hiddleston-

Por falar em magia ruiva, tivemos o despertar de uma não tão nova #CRUSH assim, que só vem aumentando por um dos concorrentes diretos do Fassbender nesse mesmo quesito, ele que atende como Tom Hiddleston e tudo isso graças a esse vídeo (THNKS M.C, e respondendo a sua pergunta no Twitter, não, #NAOTEMCOMONAOAMAR!), onde ele demonstra parte do seu talento on a dance floor. Pergunta honesta: se ele não fosse um excelente bailarino, com essa cara e esse tom de ruivo, alguém realmente se importaria em encará-lo dando qualquer tipo de vexame na pixxxta? (R: ninguém, nunca, JAMAIS!)

E se você ainda não se deu por convencido pelos poderes de Loki himself, é melhor preparar o seu coração para a versão cantada do mesmo nesse outro vídeo…

Sério, estou apaixonado, mas que o nosso próximo assunto não nos ouça… #TEAMO (♥)

goslindo

E quem andou fazendo aniversário durante nossas férias foi o nosso Ryan Gosling (mas meu do que de vocês, mas ainda assim, nosso, é claro, rs) e o que é que o nosso aniversariante de 33 anos merece? (gosto de pensar que essa é a cara de preocupação deles em relação a todas as nossas outras magias)

ryan

YEAH! Bom, isso também e desde já peço desculpas pelo subconsciente desse blog que de vez em quando resolve se manifestar de forma indiscreta (rs), mas o que nós achamos que ele merece no momento (e por “no momento”, queremos na verdade dizer “já que estamos tão longe e sabe-se lá qual bitch pode estar por perto”…) é o nosso “Höy” em um só voz, portando em 5, 6, 7, 8: HÖY!

Gosling

ps: imprimi a imagem acima e coloquei ao lado da minha mesa no trabalho e ainda espero por alguém honesto o suficiente que o encontre e resolva devolvê-lo intacto. Aceito inclusive de segunda, terceira ou quadragésima quarta mão. Faço minha assistente checar se temos alguma notícia a respeito todos os dias… (Brincadeirinha boss!)

anigif_enhanced-buzz-3022-1382277704-14

Outro que fez aniversário por esses dias foi o John Krasinski, que fez 34 anos e nós desejamos o mesmo que para o Ryan, ainda mais para alguém com uma cara tão adorkable como essa…

anigif_enhanced-buzz-9530-1382277314-22

ou essa. Höy! (♥)

E o aniversário pode até ter sido do Krasinski, mas o presente quem ganhou foi a gente. Estão preparados? (melhor avisar os colegas do escritório que eles possivelmente irão ouvir alguns gritos na sequência)

Krasinski

HÖY + CATAPLOFT + #CRAZYEYES + #OFFICEFEVER

Krasinski

Essa segunda imagem pode até parecer meio comprometedora para a Emily Blunt, que está lindíssima grávida e é dela essa cabeça ao sul da imagem, mas o momento hoje é dele por motivos de um shirtless aguardadíssimo e totalmente inesperado. Já podemos acender as velas para a Nossa Senhora do Shirtless?

Ian Bohen

Recentemente, descobrimos também essa magia aqui, que diz que atende pelo nome de Ian Bohen, que só pela magia confirmada e mesmo sem saber muito ou qualquer coisa a seu respeito (a não ser que ele faz ou fez Teen Wolf), merecia ser mencionado por aqui. Höy!

amy-poehler

Aí, o Abel, filho da Amy Poehler (que nós AMAMOS, mas que precisa dar um jeito urgentemente na sua Parks & Recs, que anda bem sufrida), resolveu provar que é tão bom no caretismo quanto o seu irmão, Archie.

Sério, #TEMCOMONAOAMAR? (R: não, não tem. ♥ #PLIM)

joe-manganiello

E ainda tivemos o Joe Manganiello que finalmente resolveu cortar aquele cabelo que #NAOESTAVABOMNAO, nos revelando de volta a magia confirmada que já conhecemos muito bem. Não tão bem quanto a gente gostaria, mas ainda assim, bem. Höy!

ps: na verdade, usei apenas a imagem acima como desculpa para contar que cortei os meus cabelos com um fundamento bem parecido ao dele (mais ou menos parecido) e descobri que sou lindo de curto bem curto. Sério. Essy, magia confirmada. Digamos que além da comoção, influenciei mais 2 a fazerem o mesmo e um outro, que já não tinha mais tanto cabelo assim para cortar, acabou tirando a barba e seu amigo, que a cultivava por anos  (mesmo só o conhecendo tem alguns meses, rs), acabou fazendo o mesmo. Coincidência? #IDONTTHINKSO (e sim, andei convencidíssmo a esse respeito, mas agora já passou… rs)

Já viram o vídeo da Louis Vuitton com o David Bowie? (não estou com a minha tee de  “Aladdin Sane”, mas me imaginem com ela)

Sabe sonho? Então, como no vídeo, me transportei imediatamente para aquela house party vitoriana. Até pintei um LV na cara, penas que a lágrima que escorreu no meu rosto depois de ver o vídeo apagou… (e aqui tem o making off ó)

#TEMCOMONAOAMAR?

charming snow

E Charming and Snow (Josh Dallas e Ginnifer Goodwin) que estão grávidos também? (ficaram noivos esses dias e já estão grávidos, mas não vamos dizer nada a respeito só porque gostamos deles…)

(♥)

adam-brody-leighton-meester

Outro casal que também ficou noivo recentemente foi o Adam Brody e a Leighton Meester.

E quando é que a gente poderia imaginar que o Seth Cohen e a Queen B, acabariam juntos? #CROSSOVER

(♥)

Recentemente, também ganhamos esse delicioso promo da Season 4 de Him & Her, a última da série inglesa mais vagabunda de todos os tempos e que pela primeira vez em toda sua mitologia, nos trará seus personagens explorando outros cenários fora do apartamento do casal Steve & Becky.

A previsão de estreia é para o dia 21 de novembro, ou seja, hoje. Ansiosos?

E já que estamos falando de TV… vocês estão assistindo o The Voice? (US, porque se alguém me falar daquele circo que é a versão brasileira, eu vou preferir ignorar…)

Eu continuo assistindo e já estamos entre os 10 melhores onde entre eles, estou completamente apaixonado pela Caroline Pennel, que tem uma voz doce e consegue arrancar os melhores comentários do Blake em termos de foufurices, mesmo com ela sendo do #TeamCeeLo e com o próprio Cee Lo não sendo tão legal assim com o Blake durante essa temporada… (estou bem sentindo um climão entre os dois e um dia desses, o Blake ficou bem puto, tanto que ficou quieto de uma hora para a outra…)

Entre os meninos, estou torcendo um pouco mais para o James Wolpert, por motivos óbvios de dividirmos um coração nerd. Ele que é do #TeamAdam, que a propósito, está usando o pior cabelo que ele poderia estar usando nesse momento. Por favor Adam, reveja esse conceito.

No #TeamBlake temos os melhores cabeludos da jogada (já disse que a Cher foi sua ajudante durante essa nova temporada?), mas o meu preferido é o Cole Vosbury, não só porque ele tem uma voz maravileeeandra e parece uma versão hipster de Jesus, mas também porque ele tem uma avó adorável, que cantou/tocou com o Johnny Cash e diz ter dado o fora no Elvis apenas por ele ter sido muito concorrido na época. #TEMCOMONAOAMAR?

Do #TeamXtina, até gosto da Jacqui Lee, mas gosto menos quando ela exagera e imprime um estrangulamento de gatos. Mas gosto muito do Mathew Schuller, que cantou lindamente Florence e só por isso já merece o nosso respeito para sempre.

uktv-downton-abbey-episode-3-8

Da minha watchlist (que andou diminuindo drasticamente nesse último semestre), ainda não vi nada desde o retorno da segunda metade da Season 2 de Awkward (achei a primeira parte bem chatinha por sinal), estou super em dia com Downton Abbey, que já encerrou sua Season 4 e lindamente, mesmo depois de todas as recentes perdas e já estou super ansioso por seu especial de Natal e Glee continua tropeçando meio feio. Greysa eu não vi mais desde os dois ou três primeiros episódios da temporada e aproveitando a desculpa da falta de tempo, acho que não voltarei a ver a não ser de forma bem resumida, pulando tudo que eu achar bem chatinho. Homeland ficou meio assim também e estando em dia com a série eu só posso dizer que estou morrendo de saudades do Brody e não aceito apenas um episódio inteiro sobre a sua aparição e depois disso mais nada. Sacanagem Showtime, sacanagem…

the_national_mindy_project

It’s Always Sunny in Philadelphia continua sendo a série politicamente incorreta mais divertida da TV, Parenthood continua assando cookies caseiros no meu coração a cada novo episódio (mas ainda não estou em dia com a série) e Parks And Recreation realmente parece que se perdeu e não tem conseguido acertar nunca mais.  Sons Of Anarchy eu não vi nada novo mas pretendo colocar tudo em dia no próximo feriado e o mesmo vale para a Season 2 de The Carrie Diaries, série da qual eu confesso – com voz de menina – estar com saudades. E recentemente eu resolvi assumir para mim mesmo que The Mindy Project é a minha série guilty pleasure do momento e talvez seja a melhor comédia bobinha no ar hoje. Sério, a Mindy está conseguindo cada nome para participar da sua série… só para dar um gostinho: teve The National, cantando (duas das minhas músicas preferidas do último CD da banda) em uma proposta de casamento gay. Nada pode ser mais legal que isso na TV atual. NA-DA.

Daria

E The Walking Dead voltou transformada em uma outra série, infeccionada, com sintomas de podridão, do tipo que está ficando difícil de se interessar e ou acompanhar. Mas continua funcionando muito bem como sonífero, olha só.  No Netflix, jurei para mim mesmo que vou assistir Luther, Scandal, Merlin e talvez um dia consiga terminar Orange is The New Black. Enquanto me engano com falsas promessas, coloquei Arrested Development, The Nanny, Married With Childrens na minha fila por lá e tenho me divertido diariamente com Daria. Esses dias estava prestes a dormir, de PJ e já era quase 2h00 da manhã, quando descobri que havia chegado “Before Midnight” no catálogo do serviço, e só consegui dormir depois de ver o filme novamente, é claro. Apesar das olheiras, não me arrependo.

Do que eu consigo me lembrar de importante e que nós não havíamos comentado, acho que falamos um pouco de tudo. Agora, alguém tem um ansiolítico? Um abraço de saudade para oferecer? Já contei que estou meio que apaixonado e vivendo um amor semi platônico semi correspondido?

É meus leitores, estou oficialmente de volta. Yei…zZZZZ

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

As vezes eu acho que eles deveriam agradecer por momentos como esse…

Outubro 14, 2013

jennifer-garner-violet-

Claro que deve ser horrível sair com o seu filho na rua para comprar sorvete na esquina e ser cercado por lentes de estranhos de todos os olhos, fora a preocupação da intensidade daqueles flashes todos na cara do seu baby (sempre penso nisso), mas de vez em quando, mesmo sabendo da posição contrária de atrizes como a Jennifer Garner (que está bem envolvida em questões relacionadas as leis dos paparazzis que estão sendo discutidas recentemente do lado de lá), acho que de vez em quando, eles até deveriam agradecer por registros de momentos super foufos como esse, tirando a cara amarrada da mãe, claro.

Foufa mil!

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

Tem coisa mais foufa para hoje do que o Samuel e o seu morango?

Agosto 5, 2013

=jennifer-garner--samuel-10

Não, não tem. (♥)

#TEMCOMONAOAMAR?

 

ps: e o fundamento da estampa total com a cor desse tênis?

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

Com essa carinha foufa, #TEMCOMONAOAMAR o Samuel?

Fevereiro 28, 2013

jennifer-garner

Não, não tem. (♥)

E o quanto foi foufo no final do discurso do Ben Affeck durante a cerimônia do Oscar 2013, quando ele dedicou o prêmio aos três filhos e nessa hora, se rendeu completamente a emoção, ficando literalmente sem voz?

#SUPERCÜTE

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

Momento foufurice entre os meninos da família Garner/Affleck

Janeiro 28, 2013

ben-affleck

Super foufos esses dois juntos e com cara de sono, não? (e como o Samuel é a cara da Jennifer!)

E quem bom momento que se encontra o Sr Ben Affleck, hein? #FINALLY

(♥)

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

Que coisa foufa esse Samuel, hein?

Agosto 16, 2012

#TEMCOMONAOAMAR o menino da família Garner Affleck?

(♥)

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

Samuel! (♥)

Julho 5, 2012

O menino da família Garner/Affleck. (♥)

Foufo mil!

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

Glee-Ality, o delicioso e surpreendente final de The Glee Project

Agosto 24, 2011

Fiquei tenso porque não consegui assistir online ao season finale de The Glee Project, que aconteceu no domingo. Decidi esperar o Paolo Torrento trazer o episódio pra mim (o que ele costuma fazer na segunda ou terça), mas como fazer para evitar os spoillers até lá?

Recorri a toda a minha habilidade adquirida com o meu curso de leitura dinâmica por correspondência e passei a ler todas as páginas que eu visito diariamente, apenas batendo o olho e evitando as iniciciais “TGP”, rs. Tudo isso para evitar spoilers até eu de fato conseguir finalmente assistir o episódio.

O JJ mesmo fez questão de postar o resultado no domingo, entregando o nome do vencedor. Fiquei coçando para não clicar “acidentalmente” no link e descobrir quem ganhou. Mas resisti bravamente a minha auto sabotagem, rs. Assim como resisti também a assistir os 4 min finais do episódio, que como sempre acabou vazando por ai.

E a partir de agora, vc que ainda não assistiu ao episódio final de The Glee Project (1×10 Glee-Ality) deve parar a sua leitura por aqui pq vou começar a revelar spoilers e eu recomendo seriamente que vc evite de ler esse post até o fim, para não perder a experiência da total surpresa com o resultado da competição. Vale a pena, fikdik

* Mesmo assim, não vou colocar nenhuma imagem que entregue o vencedor, assim como as imagens do grande momento final, para não estragar a experiência de quem ainda não assistiu ao ep (que eu sei que esta dramático de achar)

Em outro post, eu já revelei para todos vcs o meu encantamento com o programa, apesar do fato de ter torcido o nariz sobre a idéia a princípio. Pois bem, realmente eu mordi a minha língua.

Não só The Glee Project é um excelente reality, como talvez tenha se tornado o meu preferido. Isso porque nesse caso estamos falando de talento e só isso eu já acho um ponto forte a favor do programa. Mas como se não bastasse vc ter jovens talentosos, carismáticos e que poderiam muito bem representar eu ou vc no high school antigo, tivemos tmbm excelentes jurados, sem aquela aura bitch que ronda as mesas de todo jurado de reality show, do tipo que adora humilhar os concorrentes a troco de nada. Sério, eu não sei como os concorrentes que entram nesse tipo de competição conseguem aguentar tanta humilhação. Eu por muito menos, sairia chutando tudo e gritando umas verdades na cara de quem fosse.

Mas no reality show que escolheria um novo personagem para entrar em Glee por 7 episódios, tudo foi diferente. Além de lidar com o sonho de muitos jovens, alguns realmente muito talentosos e outros mais dispostos a ganhar o seu momento em Hollywood, logo de cara, eles já me pareceram mais interessados em pessoas de verdade, em personagens da vida real e isso ficou bem claro durante toda a competição em diversos momentos.

Apesar de algumas predileções óbvias dos jurados, como o encantamento geral pelo Cameron por exemplo (e quem não se encantou por esse menino que atire o primeiro crucifixo), eles estavam mesmo interessados na caça ao “underdog”, termo muito utilizado no programa para descrever quem seria o merecedor de um papel na série. Sim, para vencer a competição vc precisava pertencer ao universo de Glee e não apenas ser o mais talentoso.

Glee é uma série que representa as minorias, e muito bem por sinal. Todo mundo esta cansado de ouvir falar disso e o assunto já virou até piada para os menos humorados sobre o assunto ou aqueles ainda magoados por tanta atenção que eles recebem, mas a verdade é que nenhuma série até hoje exaltou tanto como qualidade a identidade própria de cada um, e ainda mais mostrando o quanto eles sofrem apenas por ser quem são. Ser diferente não é fácil, é simples, mas não é encarado dessa forma e geralmente quem não estende esse tipo de colocação na série, geralmente é porque pertence ao outro grupo de pessoas, o oposto e tidos como “normais” pela sociedade. Eu me sinto representado, de verdade e certamente fui um underdog no meu own high school antigo. (o que pode servir de esperança para alguns, ou como um pesadelo para outros, sobre o que vc ainda pode vir a se tornar, fikfik)

Enfim, voltando ao programa, achei que eles conseguiram encaixar muito bem a dinâmica da série no reality. Personalidades bem definidas, o climão de escola antiga que a gente ama em Glee  e aquele momento de dizer adeus a cada eliminado, que era de partir qualquer coração ao som de “Keep Holding On”, música que eu ando cantando muito no chuveiro ultimamente por conta disso, rs.

Sem dúvidas, mais do que as apresentações, os videos, ou a última chance ao vivo no auditório, aquele momento em que os três possíveis eliminados caminhavam pelo corredor da escola, para saber quem não seria chamado para voltar para os testes, foi o momento mais emocionante de todos os episódios, além de ser sempre uma surpresa, algumas vezes também de partir o coração (Oh Hannah!). Muito mais do que um drama qualquer que tenha rolado, ou todo aquele mimimi de sempre de qualquer programa de tv apelativo.

No final, para a surpresa de todos (que esperavam apenas 3), tivemos 4 finalistas. Alex, Lindsay, Samuel e Damian, todos com a sua estrela dourada na lista que garantiu seus lugares na final.

Pausa: o que foi a participação do Kevin McHale no penúltimo episódio? Pura foufurice foufa, ainda mais quando ele tirou o seu pente da sorte e deu para a Lindsay, que venceu o desafio da semana. Howcuteisthat? (e todas ficaram com inveja, humpf!)

Dos 4 finalistas, o único para quem eu torci desde o começo foi o irlandês mais foufo do mundo: Damian. Ele não tinha a melhor voz, não tinha os melhores movimentos, nem as melhores caras, mas sempre foi um foufo e fazia por merecer a sua estadia. Sabe aquele tipo de personagem que vc torce logo de cara? Além do que, ele penou para chegar até a final e o melhor de tudo, sem fazer mimimi.

Do Samuel eu sempre gostei. Até o dia em que ele roubou o rap da Hannah. Nesse dia ele se revelou com um vilão pra mim. Apesar de que, desde o começo, a sua voz sempre foi a minha preferida.

Dentre aqueles que não estavam na final, a minha torcida sempre foi para a Hannah, que além de ruiva magia tinha um humor delicioso e eu preciso dizer que ela ficava maravileeeandra toda produzida para os videos, Höy, e também o Cameron, o representante nerd magia mais foufo desse mundo, que me lembrou muito um certo blogueiro ae com o seu fundamento (tisc tisc). Até hoje eu acho que se ele não tivesse desistido, ele teria levado o primeiro lugar no programa. Mas Cameron ainda é novinho e esta na hora certa para fazer as escolhas erradas. Mesmo assim, achei que ele foi tolo, ou nunca assistiu ao programa antes.

Linday e Alex eu sempre achei divonas demais. Ela perfeccionista, chata, arrogante e sempre tentando chamar mais atenção do que qualquer outra pessoa. A perfeita nova Rachel. Ele tão arrogante quanto, venenosa, com aquele tipo de humor que sobrevive de colocar os demais para baixo, só para se sentir melhor. Mas Alex tinha a coragem ao seu favor, e quando ele se vestia de cosplay da Dra Bailey (rs), toda a sua arrogâcia ganhava o escudo do seu talento, que era indiscutível, apesar do excesso de firula que eu não gosto muito.

A final foi cheia de surpresas e teve alguns clichês é claro, como a participação de todos os ex participantes, que todo mundo já esperava, mas que acabou resultando em uma foufurice a mais para o episódio. E vai dizer que não foi sensacional ter todos os ex participantes fazendo coro para os 4 finalistas aos som de “Don’t Stop Believing”? Fiquei até arrepiado!

O video do episódio foi meio assim, como quase todos os videos da temporada. Acho que merecia mais atenção nesse caso, pq eu quase não gostei de nenhum. E essa é praticamente a minha única crítica quanto ao programa.

Agora vamos ao momento das 4 apresentações finais, que definiriam o vencedor do projeto. Cada um deles, pela primeira vez pode escolher o que cantar. Algo que poderia funcionar com um arma para alguns, ou tmbm um tiro no pé para outros.

Todos optaram por algo dentro da sua zona de conforto, decisão que eu considerei inteligente, uma vez que chegou a hora de mostrar a sua bagagem e não ser desafiado como até então. Nesse momento, eu achei que a única prejudicada foi a Lindsay, que escolheu um clássico dos musicais, mas que sempre parecem longos demais, mesmo com a duração de 2 min. Zzzz. Algo que não se repetiu na apresentação do Alex, que tmbm escolheu uma trilha de musical, de “Dreamgirls”, mas como ele tem mais “camadas” e trejeitos ao cantar, além do fato de estar vestido de mulher, sua apresentação acabou emocionando muito mais.

Os dois outros meninos apelaram para a magia. Samuel recuperou o seu lugar no meu coração ao escolher “Jolene”. Para quem ainda não sabe, é o nome do meu croqui feminino preferido e minha personagem durante os 4 anos de faculdade de moda, que me acompanha até hoje. Até os meus professores conhecem a magia Jolene e devem se lembrar dela (convencido…). E esse tmbm é o nome da minha alma feminina, uma ruiva magia poder, rs (vulgo, meu nome na noite, euri).

Mas o Damian, ahhhh o Damian conseguiu deixar todo mundo suspirando na platéia, com toda a foufurice da dedicatória da sua música final para os seus melhores amigos no programa, Hannah e Cameron. Howcuteisthat?

Nesse momento eu achei que o prêmio era dele. Tinha certeza disso…

Até que o Ryan Murphy resolveu tecer merecidos elogios para os 4 participantes, todos visivelmente emocionados, além da platéia que tinha todos os envolvidos no programa até então, além dos participantes eliminados e os convidados especiais durante a temporada (menos o McHale).

Nesse momento, aconteceu o primeiro anúncio: Alex e Lindsay, não foi dessa vez.

Apesar de ficar triste com a derrota alheia, meus dedos continuavam cruzados, enquanto o coração quase saia pela boca. E eu falava baixeeenho para mim memso: Damian! Damian! Damian!

Me volta o Ryan Murphy, que fez mais alguns elogios para os dois meninos que sobraram para a vaga, dizendo que o Damian era o candidato para quem todo mundo estava torcendo, até mesmo o elenco da série e o Samuel era a estrela, aquele que tinha o fator “it”. Todo mundo estava visivelmente aflito nesse momento, inclusive o diretor de elenco e o coreógrafo. Até que sem rodeios ele anunciou: Samuel, vc venceu o The Glee Project. PÁ!

Apesar de ter ficado com o coração partido pelo Damian não ter levado, fiquei feliz pela escolha não ter sido óbvia, além do que o garoto era bem talentoso. Mesmo triste com a derrota do meu queridinho, eu aplaudi, pq sou um garoto educado.

Com toda aquela emoção da revelação do vencedor do programa, o Ryan Murphy pediu para o Damian descrever o que ele estava sentindo naquele momento e ele  generosamente elogiou o vencedor e disse (com um nó na garganta que só era maior do que o meu nessa hora) que é muito difícil chegar tão perto e não levar o prêmio. Awnnnn (glupt)

E foi nesse momento que o Ryan sambou na cara da sociedade e revelou que na verdade, o Damian também havia ganhado o programa. PÁ! BOOM! BANG! KABOOM! Damian! Damian! Damian! CATAPLOFT!

Nesse momento eu até derramei uma lágrima. Pode parecer idiota, lame, mas eu fiquei bem emocionado com aquele irlandês das sobrancelhas dançantes, pulando de um lado para o outro, além de ter ficado emocionado tmbm ao ver a Hannah, toda emocionada na platéia, feliz pela vitória do amigo boy magia do coração. Awwwnnnn!

Sim, tivemos um empate, nada mais do que justo e os dois vencedores terão os seus 7 episódios garantidos na próxima temporada de Glee. Howfairisthat? E eu já estou bem ansioso para isso.

E quando a gente acha que de emoção já era o suficiente para uma final, titio Ryan Murphy estava se sentindo generoso naquela noite e de brinde, ainda disse que vai escrever 2 episódios para a Lindsay e para o Alex também. Howcoolisthat?

Ai a comoção foi geral, apesar de sentir que uma das ex participantes da platéia estava rezando para que eles todos tivessem essa chance.

Ou seja, The Glee Project se revelou  uma delícia de competição que pode resultar em uma carreira além de tudo, nada óbiva, do tipo que eu não consegui acertar quase nenhum dos eliminados e me senti surpreendido até o final. Só senti falta da participação do elenco principal da série, que eu jurava que iria aparecer em peso na final para receber o seu novo colega de trabalho. Mas quem sabe na próxima temporada, hein?

Porque para quem não sabe, já estão abertas as incrições para o The Glee Project 2 e vc pode se inscrever aqui, que se eu fosse bem mais afinado, eu até me arriscaria hein? rs

O melhor de tudo é não ter me decepcionado com o final. Achei justo, achei foufo, achei sincero e achei generoso. Clap Clap Clap Ryan Murphy!

E com esse resultado final surpreendente e delicioso, eu já garanto o meu lugar no sofá todo domingo para a próxima temporada. E o que vai ser delicioso ver esses rostinhos conhecidos na próxima temporada de Glee hein? Com certeza, uma experiência que quem não assistiu ao TGP, não vai poder aproveitar tanto quanto a gente. Sorry!

ps: por esses dias saiu o episódio 1×00 (eu pelo menos não tinha visto antes), com o processo de seleção, que eu também recomendo e já estou na torcida para a entrada do namorado da Becky na série, rs. Mas a pergunta que não quer calar é: foi ele o par da Becky na formatura? Hein?

Que foufurice foufa esse Samuel da Naomi Watts, hein?

Junho 13, 2011

Ainda mais com essa sacola do Cookie Monster neam? Yummy!

Foufo mil!


%d bloggers like this: