Posts Tagged ‘Sawyer’

Sawyer!

Dezembro 20, 2011

E por onde anda o Josh Holloway hein (tisc tisc, na premiere do novo Missão Impossível, tisc tisc)? Que saudade do Josh Holloway, hein? Uma beija Josh Holloway!

ps: amei a padronagem do plaid básico com fundamento da camisa, mas achei a gravata grossa demais. Höy!

Josh Magia Holloway no aguardado novo episódio de paintball em Community

Abril 30, 2011

E vestido de cowboy ainda? Höy!

Pelo nível excelente de comédia no qual a série se encontra, eu não sei nem o que esperar…

E esse climão western da roupa dos dois hein? Suspeito…será que tem alguma relação com aquelas partes com o mesmo clima do episódio com os  flashbacks? Será que na verdade tratavam-se de flashforwards?

Ansioso mil!

Sawyer Magia Holloway

Outubro 15, 2010

Pausa …(para as covinhas hipopotizadoras)

E nós vamos adorar ver o Sawyer  no cinema, não? Será que ele vai ser amigo da Tom em “Mission Impossible IV”?

Veremos!

E o pior é que mesmo bem arrumado e limpo  (euri), ele continua com a cara do Sawyer neam? Bem achei…

Höy!

Live Together, Die Alone – Enfim o final de Lost

Maio 23, 2010

Ainda hoje chega ao fim uma das maiores séries de tv de todos os tempos e certamente uma das mais (se não a mais) importante série de TV da década.

Ultimamente vcs me viram fazer várias críticas sobre a série e sua atual temporada final que não tem me deixado muito feliz. Mas ainda assim eu preciso esclarecer uma coisa com todos vcs: I ♥  Lost!

Mesmo não tendo ficado nem um pouco satisfeito com o caminho obscuro que a série caminha em sua reta final, não tem como negar e nem desmerecer o trabalho de  uma das melhores séries de tv de todos os tempos, afinal foram 6 anos de puro entretenimento.

Quem não ficou de cara com o episódio piloto de Lost e pensou: C@&@#&!, essa série vai ser muito, mas muito boa! Hein?

E assim foi, pelo menos em grande parte de sua existência.

Na Season 1  fomos apresentados a esse grupo de sobreviventes e passamos a conhecer um pouco da bagagem de cada um deles. Vários issues, falhas e muitas imperfeições. Sem contar o climão de suspense na ilha em que tudo pode acontecer, com direito a um monstro assustador que arrancava árvores com a maior facilidade desse mundo e até ursos polares perdidos na floresta. Cool!

Logo nos envolvemos com a história pessoal de cada um deles e acompanhamos o surgimento do triângulo amoroso inevitável em quase toda série de TV: Jack + Kate + Sawyer

Eu sempre torci para o Jack, porque ele é quase do time dos nerds como eu, rs. Mas entendo perfeitamente o apelo do Sawyer…e quem não entende? Höy!

No final da primeira temporada temos Jack e Locke olhando para aquele buraco que eles ainda não sabiam do que se tratava. Até que descobrimos com o começo da Season 2 que tratava-se da escotilha. E dela surge um dos personagens para quem eu mais torci durante a série: Desmond, o homem que viaja no tempo. Cool!

Passsamos a conhecer os Outros e a introdução de Benjamin Linus não poderia ter sido melhor. Mentiroso, cheio de mind games e seus grandes olhos azuis arregalados, ele bem que tentou nos enganar, mas não conseguiu nos convencer por muito tempo.

Até que tivemos outro final incrível, com Michael traindo seus amigos para recuperar o seu filho sequestrado pelos Outros e seguindo para fora da ilha no barco do Popeye (euri), deixando os seus amigos para trás e nas mãos dos Outros.

Começa a Season 3 e temos a Dharma Ville, Juliet e seus amigos vivendo em casas pré-fabricadas em uma vila feliz, discutindo um assunto qualquer no clube do livro, até que eles passam a observar um acidente na ilha, o avião do voo 815 se partindo em dois no céu e ai começamos a entender que essas pessoas a quem fomos apresentados recentemente  (os Outros) já tinham planos para os passageiros daquele avião.

Eles ficam de reféns, presos em jaulas e “aquários”  por um tempo com o pessoal Dharma e descobrem que eles são mais estranhos do que eles pensavam. Enquanto isso, mais coisas estranhas acontecem na ilha e ninguém parece entender do que se trata. Mistério.

Aqui, no final da temporada  nós tivemos o que na minha opinião foi o momento mais importante da história de Lost. A cena do episódio final quando vimos Jack, bem diferente de como estavamos acostumados, inquieto, perturbado e gritando para Kate que eles tinham que voltar para a ilha. Uow! Quase morri nessa hora! Como assim eles tem que voltar para ilha? Quer dizer que eles conseguiram sair de lá? Howcoolisthat? E a partir de agora, surgia uma nova dinâmica para que essa história nos fosse contada: a introdução do Flashforward.

Pra mim, esse foi o momento alto e inatingível de Lost, um momento único e díficil de alguma outra série conseguir superar. Que emoção boa neam?

Na Season 4, tivemos a introdução do pessoal do cargueiro e finalmente passamos a conhecer a história que levou eles para fora da ilha. Mas não todos, apenas 6 deles. E com isso tivemos outra cena emocionate, quando os sobreviventes chegam em terra firme e reencontram suas famílias. Foi outro momento bem bacana. Mas não foi das melhores temporadas, isso é fato. Ahhhh, e ainda teve a ilha se movendo e desaparecendo diante dos olhos deles e dos nossos tmbm. Meio absurdo, mas cool mesmo assim. É, cool!

A Season 5 pra mim foi a mais arrastada (até eu começar a assistir a sexta neam?) e mais difícil de engolir. Tudo ficou bem confuso com as viagens no tempo, a volta dos personagens que sairam da ilha e a divisão da linha do tempo só colaboraram para deixar tudo mais confuso ainda. Então vamos explodir tudo e tentar apagar o passado? E foi isso que eles fizeram. BOOM! Nota 5 para ela.

E chegamos a reta final, “LAX” abrindo essa Season 6 e nos apresentando um novo cenário com o voo da Oceanic chegando de fato ao seu destino em LA. Mas espera ae, 1 cenário não, 2! Porque ainda temos os sobreviventes do acidente lutando para sobreviver na ilha. Confuoooso não?

Daqui para frente vcs conhecem a história porque eu escrevi aqui no Guilt sobre todos esses eps e vcs, meus 6 leitores (Guilt Six, rs) são bem informados e leem meus posts, mesmo esses enormes e meio sem sentido, rs.

Lost teve altos e baixos como toda série de tv dramática que dura muito tempo no ar. É justo dizer que foram muito mais altos do que baixos, mas de vez em quando eles bem que escorregaram não? Mesmo tendo duras críticas a essa temporada final, eu não acho que foi um tempo perdido (como ouvi muito por ai  ultimamente) passar por todas as temporadas anteriores, mesmo quando a história atual apresenta pouca relação com tudo que aconteceu na ilha ou fora dela até hoje. Sou fã de Lost, sim, é isso mesmo. Por isso eu acho válido criticar, não assisto Lost para procurar defeitos, assisto para me divertir. E quando isso não acontece eu falo/escrevo. Mas faço o mesmo quando acontece, então…

Só sei que eu já estou com saudades. Qual outra série será digna de ocupar esse espaço que ficará vazio em minha vida depois desse final? Snif…

Pausa dramática antes que eu fique cafona de vez, rs

A maior importância que eu dou para Lost foi como a série conseguiu mudar o costume de como as pessoas assistem tv. Fomos apresentados ao Paolo Torrento por ela, passamos a não ter mais que esperar a série ser exibida tardiamente  por aqui, o que eu acho bem digno. A forma com que a série mobilizou os fãs a se reunirem e dividirem o assunto foi absurda, quase assustadora. E foi um primeiro passo da evolução do modo como assistimos tv hoje, fatão. Hoje em dia assistimos muito mais coisas pelo computador do que pela TV e acho que esse é um caminho sem volta.

E mais uma vez eu digo, a velocidade com que as legendas de Lost apareciam era incrível! E esse mérito é todo dos legenders que se dedicaram a facilitar a vida de muita gente. Um trabalho gratuito, de quem é fã mesmo e que deve ser reconhecido por todos. Outra vez eu agradeço aqui no Guilt pela dedicação de todos vcs. Clap Clap Clap!

É claro que esse não será o meu último e nem o penúltimo post sobre a série, afinal ainda temos o “The End” pela frente neam? E certamente eu vou escrever pencas sobre ele e é bem possível que eu escreva pencas tmbm sobre as opiniões otimistas sobre a série que sempre me irritam, ainda mais se o episódio final for bocó como a grande maioria dessa ultima temporada. Que Jacob não cruze o meu caminho!

Mas aqui estou eu, já saudoso com o series finale mais aguradado no mundo todo. Antes eu previa a data do episódio final de Lost como o dia em que a internet cairia no mundo todo e que não teria Paolo Torrento certo nessas horas para salvar as nossas vidas. Mas como a série não continua mais a mesma eu já não tenho certeza de que isso poderá acontecer.

A única certeza que eu tenho é a que eu, Essy, vou passar a noite em claro a base de ansiolítico até a chegada desse grande final que eu ainda espero que assim seja! (mesmo mantendo pouca esperança)

Namaste!

Jack + Kate + Sawyer para a Vanity Fair

Maio 20, 2010

O ensaio esta bem báfu, mas por enquanto vou postar apenas esse aperitivo porque eu pretendo usar as demais fotos em um post báfu que eu ainda vou fazer antes do final da série que será no próximo domingo, declarando o meu amor e tmbm algumas reclamações sobre Lost.

E eu sugiro que vcs aguardem pq vai ser bem báfu tah?

Agora para quem não se aguenta de curiosidade, dá para ver as fotos aquiam

Sawyer, La Fleur, Jimmy ou James?

Março 17, 2010

Não achei assim tão grande coisa o episódio dessa semana de Lost, que já é o oitavo dessa última temporada (6×08 Recon), mas qualquer coisa que nos faça esquecer de todo o passado obscuro dos primeiros episódios dessa temporada já deve ser considerado uma grande coisa, fatão!

E é claro que a partir  daqui o texto esta recheado de…Spoillers!

Um episódio mediano eu diria hein?  Esse que teve a vida paralela de Sawyer como centro da história, aplicando mais uma vez o seu velho e conhecido golpe com a combinação perfeita: mulher insatisfeita no casamento + mala cheia de dinheiro + galã descamidado da série. Só que dessa vez, para a surpresa de todos, La Fleur esta do lado da lei, vivendo com uma policial em LA. E que continua descamisado e pegando geral…Howcoolisthat?

Como se já não fosse sensacional e completamente inesperado essa “realidade paralela” de Sawyer, ele conta com um companheiro de trabalho que já foi seu parceiro em sua viagem aos 70’s. Miles! Howcoolisthat?

Miles ainda ao ver o amigo meio que “sozinho” por muito tempo, acaba descolando uma candidata a vaga de Sra Ford e essa vaga fica para a ruíva Charlotte! Poor Faraday!

Achei ótima essa realidade paralela deles, sério! Tipo um spin off de Lost que seria muito bom, ainda mais com a perseguição perto do final do ep, que terminou com Jimmy prendendo ninguém menos do que Kate, em um momento de reencontro dos dois (vcs ainda lembram da cena do elevador neam?)

Tudo isso serviu para contar que mesmo estando sempre muito próximo de ser um vilão, Sawyer na verdade só consegue pensar nele mesmo, no que seria melhor para a sua vida. Talvez por ser uma pessoa só desde os 9 anos de idade quando aconteceu o báfu com os seus pais, isso tenha de alguma forma afetado profundamente a vida do seu personagem, o que não é pra menos.

Sendo assim, James é incapaz de escolher lados, ele circula entre todos os meios e sempre em busca de algum benefício para ele mesmo. E não esta nem ai para toda essa mitologia que ronda a ilha, não esta nem ai para os mistérios sem solução, mesmo porque por ali tudo é tão absurdo que fica difícil de qualquer explicação ser no mínino aceitável. Ele quer mais é ver o circo pegar fogo, ainda mais quando a briga não envolve ele mesmo. O  mais legal disso tudo é ter um personagem principal que não esta nem ai para tudo aquilo e que só quer mesmo é sair de vez desse lugar imprevisível.

Dessa forma Sawyer consegue tudo aquilo que deseja, ou pelo menos quase tudo. Sua personalidade que sustenta muito bem qualquer mentira faz com que o anti herói consiga a promessa de sair da ilha pelos dois lados da batalha. Mas o que ele quer mesmo é ocupar quem quer mesmo um confronto  e se livrar de vez desse ticket para o inferno, saindo de vez da ilha. Se ele vai conseguir ou não nós ainda não sabemos e por isso mesmo não perdemos os próxinos eps da série por nada nesse mundo. Será que ele sai dessa vivo? Eu faria uma aposta: Miles vai acabar se sacrificando em nome do amigo, eu bem acho que isso pode rolar…

E rolou outras coisas de importante? Ahhhh rolou sim:

  • Teve a Claire Wee! tentando matar a Kate
  • Teve o Sayd meio locão nem ligando para a briga das duas
  • Teve o Flocke mandando um tapão na cara da Claire Wee!
  • Teve a Kate toda triste chorando em meio as árvores por ter levado Aron
  • Teve o Jin de muletas, ZZzzzzzz
  • Teve o irmão coloquette do Charlie procurando por ele na delegacia
  • Teve a nova personagem já passando a perna em Sawyer
  • Teve o Flocke tendo um conversinha  estranha com a Kate

A propósito, por falar nessa converseeenha…

Locke contou que teve uma mãe que era meio maluca e deixou bem claro que ele é o que é hoje por conta disso (ou tmbm por isso) e disse que Aron agora é quem tem a crazy mom…Hmm mmm, será que ele estava tentando mandar um fikdik para Kate?

Bem achei que talvez quando contou essa história ele estivesse se referindo ao futuro do garoto que vimos na floresta no ep do Locke, que para mim esse foi um fildik de que o garoto é realmente o Aron hein? Afinal, aquela conversa meio amigão se não for por algum outro motivo não teve o menor sentido hein? Mas posso estar apenas empolgado

E vem cá, desde quando Sawyer sabe como “pilotar” um submarino hein? Tipo, ahhhh eu nunca pilotei um, mas deve ser igual andar de bicicleta neam?

E tem mais, quem é que comete um erro com uma pretendente e depois vai pedir desculpas com um girassol + pack de cerveja hein? Precisa aprender algumas coisas hein Sawyer? Que papo é esse?

O que ficou bem claro para mim é que no final das contas é que James pode ser Sawyer, La Fleur ou Jimmy, desde que ele leve alguma vantagem com isso? E será que no final essa mania de pensar apenas no seu próprio bem pode acabar levando Sawyer a morte? Será? …

Estou mesmo é ansioso com o próximo episódio, 6×09 Ab Aetemo, que será centrado em Richard Alpert, onde finalmente devemos conhecer a história do homem que usa lápis de olho e que nunca envelhece! E eu não espero nada além de um ep sensacional! Ahhh…e agora só faltam 8! Namaste


%d bloggers like this: