Posts Tagged ‘The September Issue’

Um sonho: descobrir de quanto em quanto tempo a Anna Wintour costuma aparar as pontas

Dezembro 6, 2012

sarah jessica parker

Diz que é picumã mesmo, de raiz, mas como ele está sempre do mesmo jeito, na mesma altura e comprimento, gostaríamos de descobrir esse que é um dos maiores mistérios do universo.

Nossa aposta é que como ela é rica e soon to be embaixadora do USA (sim, tem esse plot agora e torcemos por vc Anna, que finalmente será respeitada na família -tola & preconceituosa- depois disso. Sim, também tem esse plot, ou vocês não assistiram “The September Issue”? #ORGULHO&PRECONCEITO) ela deve mesmo é ter uma assistente que só veste nomes e que deve ficar 24 horas disponível apenas para essa função.

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

Setembro chegou, mas será que podemos esperar algum issue?

Setembro 9, 2011

Setembro chegou e a maratona de desfiles começou ontém em NY e segue por Londres, Milão e Paris até meados de Outubro. Não sei se foi a minha own percepção de tempo, mas eu senti que essa temporada demorou tanto para chegar, que cheguei até a estranhar.

Além do que, ninguém mais aguentava ver as mesma peças da temporada passada em quase todos os ensaios de moda por ai (sem contar as cópias…)

Aproveitando o momento de ficar ligado no que esta acontecendo no mundo da moda para o Verão 2012, decidi rever ontem o “The September Issue”, documentário a essa altura já antigo sobre a publicação mais importante desse universo que é a Vogue de Setembro da Anna Wintour, que eu já tinha visto logo quando foi lançado no passado (e pelo menos mais umas 2 vzs) e que eu acho sensacional, além de inspirador.

Na época em que eu assisti pela primeira vez eu até escrevi sobre aqui no Guilt e se vc não for meu leitor antigo (humpf…), pode ler a minha declaração de amor para a Grace Coddington, que é a grande estrela do documentário. MUSA!

A verdade é que esse momento de novas coleções me deixou um pouco mais animado novamente. Acho que estamos precisando de coisas novas e eu como sempre espero me emocionar. Talvez eu esteja carente de moda de verdade, de vontade e de menos preguiça…

Afinal, quando vc é apaixonado por alguma coisa, vc espera que ela seja no mínimo verdadeira, não?

Quem sabe a temporada nos surpreende…

ps: estou tendo vontade de colocar uma idéia antiga em prática que envolve as minhas ilustrações e se der tempo acho que vai ficar bacana. Aguardem…

70!

Abril 15, 2011

Descobri a pouco que hoje é o aniversário de 70 anos da Grace Coddington, da para acreditar?

70 anos de muita magia ruiva, Höy! Quem acompanha o Guilt sabe que eu AMO a Grace e o seu trabalho no mundo da moda que é tão inspirador e é claro que eu não poderia deixar passar batido uma data tão importante assim para uma das minhas muses.

Happy B’Day Grace Coddington! Sua maravileeeandra!

E eu duvido que qualquer pessoa nesse mundo que tenha assistindo “The September Issue” não tenha se apaixonado por ela. DU-VI-DO! (filme que eu vou rever hoje em sua homenagem tsá?

The Grace Coddington Issue

Outubro 26, 2009

fdfds

Tanto eu falei aqui no Guilt sobre o documentário da Anna Wintour que acabei me esquecendo de dizer o quanto eu fiquei ainda mais apaixonado pelo trabalho do mercado editorial de moda e especialmente nesse caso, pela revista Vogue.

Mas uma paixão tornou-se ainda muito mais forte, devo confessar para vcs. E essa paixão é pela verdadeira estrela do documentário, a incrivelmente genial Gracie Coddington. Seu trabalho como editora de moda, sua vida, suas paixões e toda a sua inspiração e coragem para enfrentar a fashionista mais temida de todas ever me fez ficar ainda mais fã do seu trabalho, que é INCRÍVEL e em caixa alta.

44c791bc9090afa4fca554f31a208776

Chochos, cortes em seu trabalho, uma batalha atrás da outra tentando convencer a Anna a não cortar dos editoriais a serem fotografados algumas das suas peças preferidas da estação, é apenas uma pequena parte do seu trabalho que ilustra muito bem um pouquinho do dia a dia de quem trabalha com moda, é claro que em suas devidas proporções.

Grace rouba a cena no documentário e mostra o um lado mais artístico do mundo da moda, onde egos inflados e decisões de última hora podem tombar com qualquer trabalho. Além disso, a editora se mostra humana, mas sem perder o humor negro e a sua personalidade forte diante das câmeras, soando muito mais natural e verdadeira do que as demais.

43427

Anna Wintour é claro que tem seu brilho próprio e mostra que sua rígida criação colaborou e muito para a formação do seu caráter, personalidade forte e as vezes distante, que todos nós já conhecemos muito bem. Mas o que é muito mais importante é que Anna se mostra uma mulher de poder que entende como ninguém o complicado mundo da moda em todos os seus setores, mostrando como a sua visão e o poder de suas escolhas poderão afetar a moda e o comportamento em todo o mundo durante toda uma geração.

A poderosa editora da maior revista do mundo ainda mostra o seu lado “humana” ao lado de sua filha que quer distância do mundo da moda por enquanto e também em outros momentos aparece oferecendo oportunidades de ouro para jovens e talentosos estilistas. Tudo isso com a Vogue como cenário neam? Quer coisa melhor? Todas as grifes a seus pés, as semanas de moda mais importantes do mundo, os fotógrafos mais incríveis a sua disposição (que as vzs escorregam, como podemos ver no doc com Mario Testino causando sérias reações no carão de Anna) e a possibilidade de explorar um mundo de oportunidades fashion, que vão desde os acessórios do momento até as locações mais incríveis do mundo para os ensaios fotográficos.

colorblock grace coddington

A afetação do vídeo fica por conta de André Leon, que é uma estrela a parte e garante o lado comédia e caricata da historia. Fora isso, podemos ver um monte de gente amedrontada com o extremo profissionalismo e sinceridade de Anna Wintour que faz questão de deixar bem clara a sua opinião antes da farta distribuição de chochos e cortes sem o menor pudor ou distinção. Esqueça tudo o que vc viu e amou em “O Diabo Veste Prada”…que comparado ao documentário, certamente vai parecer água com açúcar demais, fikdik!

E poder enxergar o profissionalismo do mundo da moda com os olhos por trás da maior revista de moda de todo o mundo é uma oportunidade de ouro para quem gosta do assunto e até mesmo para quem não entende nada do mundo da moda passar a entender um pouco mais de toda essa loucura por trás do trabalho dos fashionistas e passar a levar mais a sério a grandeza que o mercado da moda representa para o mundo.

Mas de tudo isso o que mais me emocionou mesmo foi o brilhantismo do trabalho da Grace Coddington, todo o seu trabalho que apareceu durante o documentário é digno de muito respeito e admiração de qualquer pessoa que consiga enxergar o mínimo de beleza na arte. Pura inspiração, me senti agradecido por ter uma pessoa como Grace a frente de uma das revistas mais influentes do mercado da moda, nos presenteando em cada edição com um banho de imagens sensacionais. O meu sonho é um dia trabalhar com alguém que compartilha da mesma paixão que ela, que tenha uma bagagem gigantesca como a dela e que simplesmente esteja disposta e ensinar jovens profissionais da moda como eu a enriquecer com toda a sua sabedoria e experiência. Por que cá entre nós hein? O que tem de gente escrota no mundo da moda não é brincadeira neam? Mas tenho certeza que isso não é exclusividade do nosso mercado de trabalho. Grace conquistou meu coração com a sua importantíssima participação no The September Issue que eu estou completamente apaixonado e disposto a tudo para conseguir aprender qualquer coisa com vc. Me adota?

grace_coddington

Esqueça todo o seu preconceito, opiniões pessoais e qualquer tipo de antipatia que vc possa ter sobre o nome de Anna Wintour e asssista o documentário , não perca tempo, vale super a pena, mesmo que vc nem seja assim um apaixonado pelo mundo da moda como eu e que não reconheça metade dos nomes importantíssimos desse universo e que figuram durante a sua duração, o doc é muito mais do que um simples retrato de uma parte do que é o mercado editorial da moda no mundo, trata-se de uma aula de profissionalismo e paixão e sem dúvida nenhuma será um dos docs que eu vou assistir pra sempre, toda vez que eu precisar de um pouco mais de inspiração, fato.

O Diabo veste Prada mesmo!

Agosto 20, 2009

Não disse? Anna Wintour bem humorada fez a phina equilibrada e foi de Prada na pré-estréia do seu  The September Issue, no Museu  de Arte Moderna em NY!

E ainda apareceu com a própria capa da September Issue 2009, Sienna Miller…bela e montada num curtíssimo báfu como sempre!

Quero muito ver o doc logo (hello Torrent?)

sienna-miller-september-issue-premiere-12

Rá! E Anna sorriu…para quem ainda não acreditava que isso seria possível esta aqui a prova!


%d bloggers like this: