Posts Tagged ‘Where The Wild Things Are’

Gostaria de ser apenas badass o suficiente para dizer que eu queria abraçar o James Gandolfini apenas por Sopranos…

Novembro 27, 2012

… mas na verdade, é claro que eu gostaria de abraça-lo também por ter feito a voz do Carol em “Where The Wild Things Are”. Sou desses. Me julguem…

E a pergunta que não quer calar é a seguinte: Brad está ou não está ficando cada dia mais parecido com sua estátua de cera no Madame Tussauds? (#NAOTABOMNAO)

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

Margot + Antoinette + Max

Dezembro 19, 2010

Amigo secreto bom é aquele que se apega aos detalhes:

Os Excêntricos Tenenbaums

Sério? A quanto tempo eu queria esse filme? Juro que eu pedi só por desencargo de conciência, pq eu achei que ninguém acharia mesmo (pq nem eu mesmo nunca achei por ai). Direto para a prateleira magia dos preferidos ever!

Não troco, não vendo, não empresto e se vc quiser, vem assistir aqui comigo, rs

Maria Antonieta

Muse! E detalhe: a versão pink que eu tanto queria! Howcoolisthat? Te amo amigo secreto!

Onde vivem os monstros

Awwwwwnnnn! Esse porque ele disse que ficou com inveja do meu trabalho sobre o filme, onde eu fiz uns stickers. Foufo mil!

Saldo mais do que positivo, não? Quero que todos os anos eu tenha uma amigo secreto assim! Thnks F., best amigo secreto ever!

Ass: Essy Tenenbaum

Golden Globe 2010 versão Purple Rain e os vencedores dos prêmios para TV

Janeiro 18, 2010

 

Ontém, em meio a uma chuva torrencial na Calif aconteceu o Golden Globe 2010. Pencas de celebridades no red carpet, algumas bem ricahs…outras nem tanto (mas isso será assunto para outro post)  e muita umbrella com o logo do patrocinador para proteger todo mundo da água que não parava de cair em El Lay. Mas ainda assim todo mundo compareceu na esperança de levar um prêmio para casa…vamos ver quem se saiu bem então? (vencedores em negrito)  

 

mas antes disso, a minha foto báfu de bastidores do Alexander Skarsgard, que me reconheceu de longe e veio elogiar o Guilt, se declarando leitor assíduo, alôka! Brinks hein? 

    

 

Melhor comédia  

Glee / 30 Rock / Entourage/ Modern Family / The Office  

Da lista, a única que eu não assisti nada ainda é a nova Modern Family, mas não achei tão injusto o prêmio para Glee, que cumpre muito bem o seu papel de comédia. Mesmo tendo apostado em The Office e 30 Rock  


  
Melhor série de drama  
 Mad Men/ Big Love / Dexter  / House  / True Blood  

 

Achei um pouco previsível ja que todo mundo estava falando dessa temporada de Mad Men (que eu ainda não assisti, então não possp falar muito), mas o nível da série é sempre muito bom mesmo. Minha aposta (na verdade foi mais vontade do que aposta) aqui foi para Dexter, fom forom fom fom.   

   

Melhor ator de comédia  

Alec Baldwin – 30 Rock / Steve Carell – The Office / David Duchovny – Californication / Thomas Janes – Hung / Matthew Morrison – Glee  

Mais uma prêmio previsível da noite e nem por isso menos merecedor, ainda mais com esses concorrentes. Mas eu queria mesmo é que o Steve Carell fosse o vencedor na categoria, fato.  

   

Melhor atriz de drama  

 Juliana Margulies, The Good Wife – Glenn Close, Damages / January Jones, Mad Men / Anna Paquin, True Blood / Kyra Sedgwick, The Closer  

Eu espero do fundo do meu coração que Patty Hewes Cruela Glenn Close não tenha engolido essa e desconte toda a sua ira em uma terceira e báfu temporada de Damages. Suck it Anna Paquin (será que ela tinha alguma esperança?). Suck it Kyra! Agora…Juliana Margulies? Seriously? Acho ela tão canastrona…eu continuo dizendo que a Patty merecia mais hein?   

   

Melhor ator de drama  

 Michael C. Hall – “Dexter” / Simon Baker, The Mentalist / Jon Hamm, Mad Men / Hugh Laurie, House / Bill Paxton, Big Love  

Dexter levou o merecido prêmio (talvez mais pelo conjunto da obra do que por essa temporada de Dexter em si, pq a primeira e a segunda foram bem superiores, inclusive ele) e antes tarde do que nunca, uma vez que ele já havia sido indicado 4 vzs ao Golden Globe (entre indicações por Dexter e Six Feet Under) e nunca havia levado nenhum prêmio para casa. E foi emocionante ver ele recebendo o prêmio, já abatido pelo tratamento do câncer porém digno! Stay Strong Michael C. Hall! Suck it Hugh! Suck it Simon (Hoy)! Suck it Jon (Höy)!   

   

Melhor atriz de comédia  

 Toni Collette – United States of Tara / Courtney Cox – Cougar Town / Edie Falco – Nurse Jackie / Tina Fey –  30 Rock / Lea Michele – Glee  

É claro que esse prêmio seria dela, i told you so! A única que poderia ameaçar Toni nesse caso seria  a sempre incrível Edie Falco, mas eu bem que achei que Nurse Jack não se encaixava direito nessa categoria. Suck it Tina Fey!  

   

Melhor atriz coadjuvante  

 Chloë Sevigny – Big Love / Jane Adams – Hung / Rose Byrne – Damages / Jane Lynch – Glee / Janet Mcteer – Into The Storm  

Eu acho a Chloë Sevigny bem digna, por isso não me irritei dela ter tirado o prêmio da Sue Sylvester, que para mim é uma das melhores atrizes no ar hj em dia, prontofalei!   


  
Melhor ator coadjuvante  
 
 John Lithgow – Dexter/ Michael Emerson – Lost / Neil Patrick Harris – How I Met Your Mother / William Hurt – Damages / Jeremy Piven – Entourage  
 
 

 Merecidíssimo prêmio para o Trinity, que com certeza será lembrado e odiado por muito tempo pelos fãs de Dexter. Michael Emerson sinceramente não fez por merecer esse ano, agora William Hurt tmbm foi muito bem em Damages hein?   

   

Minissérie ou filme feito para a TV  

Grey Gardens / George O’Keeffe /  Into the Storm / Little Dorrit / Taking Chance  

Nenhuma surpresa, quero ver seu eu assito ainda esta semana, prometi das outra vez mas ainda não assisti, fom forom fom fom  


  

Melhor atriz de filme feito para a TV  

Drew Barrymore  

Clap Clap Clap!  

   

Melhor ator de filme feito para a TV  

Kevin Bacon  

Kevin Bacon? O amor de Jack? Clap Clap Clap!  

   

Nada de muito surpreendente na lista não? Achei bem okayam os prêmios e não consegui enxergar nenhum grande injustiça na premiação de ontém a noite. Para quem quiser ver as minhas apostas furadas para a premiação, é só se jogar aqui óh:  

https://themodernguilt.wordpress.com/2009/12/16/as-series-indicadas-ao-golden-globe-2010/

 E  na lista abaixo, os vencedores das categorias de cinema, essa sim com várias injustiças…fom forom fom fom (vencedores em negrito) 

  
 
Melhor filme drama

 
“Avatar”  
“Guerra ao terror” 
“Bastardos inglórios” 
“Preciosa” 
“Amor sem escalas”
 
 

Melhor ator – drama

 
Jeff Bridges, “Crazy heart”  
George Clooney, “Amor sem escalas” 
Colin Firth, “A single man” 
Morgan Freeman, “Invictus” 
Tobey Maguire, “Entre irmãos”

Melhor ator – musical ou comédia

 
Matt Damon, “O desinformante” 
Daniel Day-Lewis, “Nine” 
Robert Downey Jr., “Sherlock Holmes”  
Joseph Gordon-Levitt, “500 dias com ela” 
Michael Stuhlbarg, “Um homem sério”
 
 

Melhor atriz – drama

 
Emily Blunt, “The young Victoria” 
Sandra Bullock, “The blind side”  
Helen Mirren, “The last station” 
Carey Mulligan, “Educação” 
Gabourey Sidibe, “Preciosa”
 

Melhor filme musical ou comédia

 
“500 dias com ela” 
“Se beber não case”  
“Simplesmente complicado” 
“Julie & Julia” 
“Nine”
 

Melhor direção

 
Kathryn Bigelow, “Guerra ao terror” 
James Cameron, “Avatar”  
Clint Eastwood, “Invictus” 
Jason Reitman, “Amor sem escalas” 
Quentin Tarantino, “Bastardos inglórios”

Melhor ator coadjuvante

 
Matt Damon, “Invictus” 
Woody Harrelson, “The messenger” 
Christopher Plummer, “The last station” 
Stanley Tucci, “Um olhar do paraíso” 
Christoph Waltz, “Bastardos inglórios”

Melhor filme estrangeiro

 
“Baaria” 
“Abraços partidos” 
“La nana” 
“Um profeta” 
“A fita branca”

Melhor roteiro

 
Neill Blomkamp, “Distrito 9” 
Mark Boal, “Guerra ao terror” 
Nancy Meyers, “Simplesmente complicado” 
Jason Reitman, “Amor sem escalas”  
Quentin Tarantino, “Bastardos inglórios”

Melhor atriz – musical ou comédia

 
Sandra Bullock, “A proposta” 
Marion Cotillard, “Nine” 
Julia Roberts, “Duplicidade” 
Meryl Streep, “Simplesmente complicado” 

Meryl Streep, “Julie & Julia”

 Melhor trilha sonora original

 
Michael Giacchino, “Up – Altas aventuras”  
Marvin Hamlisch, “O desinformante” 
James Horner, “Avatar” 
Abel Korzeniowski, “A single man” 
Karen O, Carter Burwell, “Onde vivem os monstros”
 

Melhor canção original

 
“Cinema italiano” (Maury Yeston), de “Nine” 
“I want to come home” (Paul McCartney), de “Everybody’s fine” 
“I will see you” (James Horner e Simon Franglen), de “Avatar” 
“The weary kind” (Ryan Bingham), de “Crazy heart”  
“Winter” (U2), de “Entre irmãos”
 
 

Melhor animação

 
“Tá chovendo hamburguer” 
“Coraline” 
“O fantástico sr. Raposo” 
“A princesa e o sapo” 
“Up – Altas aventuras”

Melhor atriz coadjuvante 
Penelope Cruz, “Nine” 
Vera Farmiga, “Amor sem escalas” 
Anna Kendrick, “Amor sem escalas” 
Mo’Nique, “Preciosa”  
Julianne Moore, “A single man”

ps: Essa sim uma lista muito mais injusta neam?

Awnnnn! Fantoches de Where The Wild Things Are

Janeiro 16, 2010

Quero todos, quero mil!

ps: para quem não viu o filme ainda, a estréia nacional foi ontém, fikdik

Esqueci de contar para vcs que eu vi “Where The Wild Things Are”

Dezembro 24, 2009

Delicado, foufo e pessoal…acho que eu posso definir assim o novo trabalho sensacional que Spike Jonze (Hoy) fez e nos presenteou em sua foufuríssima versão para Where The Whild Things Are. Claro que como sempre eu esqueci de contar para vcs, mas agora que lembrei vou ahazar, estão preparados? Preciso fazer um Spoiller Alert? Então tah, Spoiller Alert! (Bang! Bang! Bang)

Eu confesso que fiquei super emocionado com o filme, do começo ao fim, a história, o roteiro, os personagens, é tudo muito foufo, mas não de um olhar, sei lá …Disney de ser, sabe? O filme é sujo, com ruídos, texturas, contrastes que nos levam a um universo maravileeeandro que dizem ser onde vivem os monstros de Spike. Será? Não sei…mas achei linda a floresta com aqueles tons todos de marrom, céu super azul e as flores rosas (no estilo meio japonês sabe?) caindo por todos os lados enquanto Max pega uma carona pendurado nos chifres do monstro Carol, que tem a voz emprestada por ninguém menos que Tony Soprano James Gandolfini.

O filme não é assim tão fiel ao livro de Maurice Sendak, mesmo porque o livro não tem tanto texto assim para nos fornecer um roteirón cheio de referências, mas o diretor deu um bom jeito (e me pareceu muito particular) para trazer o filme mais para os dias de hj e isso é claro, com a supervisão e respeito ao trabalho original do ilustrador.

Agora, sensancinal mesmo é a trilha de Karen O  and the kids para o filme, que faz o plano de fundo perfeito do começo ao fim para o filme, causando emoção e animação ao mesmo tempo. Uma preciosidade essa trilha viu, para quem não tem ainda fikdik! (eu djá tenho fazânus como bem mostrei para vcs, mas depois de assistir o filme eu confesso que a trilha fica ainda melhor).

Carol é um monstro meio assim tmbm viu? Fazendo a maldita, todo nervoseeenho, meio revoltado e que sofre de um amor bruto e mau resolvido por KW, outra monstra foufa do filme por quem me apaixonei. Discussões, dramas, problemas para quem vive juntos tipo em família, deixam os monstros mais humanos e menos caricatas, o que eu achei uma perfeita alusão a vida real em termos de relações humanas, para quem sacou isso no filme eu achei bem sensível da parte dos roteirista e diretor. Fora que aquela maquete que Carol fez, com o que seria o seu mundo perfeito, com os monstros em miniatura e onde ele vive o seu amor por KW.

Minha única crítica ao filme é que ele é muito curteeenho, espera mais e superacho que dava para explorar mais esse ricoh universo selvagem, principalmente da segunda parte do filme para o final. Senti falta de mais momentos de foufurices…

Agora o ponto alto do filme, além das cenas de ação e violentas/foufas  entre o pequeno Max correndo na floresta/praia/deserto com os seus novo amigos monstros, se tornando o rei mais incrível ever. E o menino ator que faz o papel de Max é incrível, um foufo que da vontade de ter como filho sabe?

Meio triste com os dramas em família, sendo ignorado pela irmã adolescente e fazendo foufurices como a dança do robô para alegrar a sua mãe. Uma das cenas mais foufas do filme (além de quando ele repete a dança como forma de solucionar os problemas dos monstros na floresta). Max Records é seu nome e ele é simplesmente o Spike Jonze em miniatura! LOVE Max revoltado por ter seu iglu ahazado pelo colegas uó da sua irmã, fazendo a maldita no quarto dela só para dar o troco, LOVE!

Fiquei ainda mais apaixonado pela história que só ganhou com essa versão nas telonas dirigida por Spike Jonze, que por si só já é bem do incrível neam? Vamos todos ao cinema a partir do dia 01/01/10 para conferir onde realmente vivem os monstros que é bem báfu e o Guilt superecomenda! LOVE Spike Jonze, LOVE e amei dançar na pixxxta com o diretor báfu, HOY!

E para deixar todo mundo com um pouco mais de vontade assistir ao filme, esse é o clipe da música All Is Love, da trilha do filme feita pela Karen O And The Kids, maravileeeandro!

Where The Wild Things Are Dazed & Confused

Novembro 14, 2009

abbeylee1

abbeylee2

abbeylee3

abbeylee4

abbeylee5

abbeylee6

abbeylee9

Incrível essa capa hein?

N.U.D.E!

Novembro 4, 2009

42707

Tô nude! Vcs acreditam que Spike Jonze deu um carão no Glória esse finde? Ahhhhhhhhhhhhhhhh! Porque ninguém me avisou hein?

O muse diretor veio para a festa de um ano do Squeak E Clean (que é seu irmão) junto com o Zégonza!

Beijomorritentandomesuicidarporqueeuenãomijogueinabuatchycomospyke!

Ódio!

Não me conformo de ter perdido esse báfu!

Porém, N.A.S.A vai tocar no Planeta Terra sábado neam? E eu bem vou mijogar! Será que já que são superameeegos, Spike ficou para mais um finde aqui no Brasil? Será?

ps: Spike, se vc estiver por lá eu não vou ressitir! Juro! Vou fazer a tiete hein? Brinks, sou phino, mas farei seu stalker mesmo assim até nos tornarmos melhores ameeegos ever! E eu quero ser o novo Max em Where The Wild Things Are Vol. 2

Feliz aquisição do dia

Outubro 31, 2009

xvgn4

Roaaaaaaaaaw! Yei!

Where The Real Wild Things Are

Outubro 29, 2009

kingston-zuma-rossdale-pick-pumpkins-28

Kingston The King diz: Roawwwww!

kingston-zuma-rossdale-pick-pumpkins-29

Os dias se passam e Kingston fica cada vez mais foufo neam? E dessa vez ele nos mostra where the real wild things are, enquanto escolhe umas abóboras para o Halloween! Yei!

ps: Kingston tmbm aparece aqui nesse momento para combater a feiureeenha de quem falamos no post anterior

Pré-estréia de Where The Wild Things Are

Outubro 14, 2009

blake-lively-where-the-wild-things-are-08

Não, eu não fui, mas vou na estréia aqui com certezaaaaaaa de tanto que eu quero ver esse filme. Anyway, Blake Lively Serena foi e ahazô no fundamento com seu vestideeenho Marchesa. Achei divertido, achei simpático (euricomesseacheisimpático), achei chic!
Mas não é para qualquer uma, Blake é enorme e magra, portanto, se vc não for no mínimo parecida e maravileeeandra, nem adianta tentar que vai ficar cagada! Fikdik

XoXo

Gossip Boy


%d bloggers like this: