Posts Tagged ‘Zzzz’

Nosso novo casal de meninas preferido (mentira, mas valeu o título)

Julho 11, 2014

zac-efron-michelle-rodriguez

Zac Efron e Michelle Rodriguez. E quem é que precisa entender alguma coisa, não é mesmo?

Por isso, preferimos seguir o mantra de que “na vida e com jeitinho, tudo encontra o seu encaixe”…

#Zzz

#KAIKAI

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

Teen Choice Awards: quando o pior não é a escolha dos adolescente e sim as escolhas deles todos…

Julho 24, 2012

Ok, a gente sabe que a adolescência é o tempo onde é permitido errar como se não houvesse amanhã para que no futuro, a gente tenha pelo menos alguma história engraçada/ridícula para contar.

Por isso escolhemos tão mal os nossos ídolos nessa época (quem nunca teve um poster de boy band pendurado na parede – tisc tisc ou foi em um show de boy band e ficou na grade, cantando de um tudo como se fosse parte do grupo, tisc tisc), ou um totém de tamanho natural do colírio do mês que vc negociou na banca de jornal mais próxima & amiga (beija tios das três bancas perto lá da minha casa antiga) ou um poster daquela banda de rock de cabeludos medonhos e antigos que atire o primeiro álbum de figurinhas completo das Spice Girls, ao som de “Wannabe”. NOW – joga e mira em mim, rs), mas nada justifica as escolhas tão erradas (quanto as nossas, só que naquela época) para cada um dos ídolos de hoje, que também parecem não acertar tanto assim. E olha que a maioria deles de teen não tem mais nada.

Portanto, com muita preguiça, vamos comentar o que aconteceu no fucsia/purple carpet do Teen Choice Awards 2012. E olha que esse ano tem até alguns nomes que nós gostamos muito, que não serão poupados do xoxo nosso de cada dia. Amém! (snap)

Vamos começar por ele?

Xustin Beaver, que é tão sexy quanto a Susan Boyle (por onde anda? Procura-se Susan desesperadamente!) de camisolinha e de banho tomado. (alguém me ajuda a esquecer essa imagem que eu acabo de projetar na minha mente? My eyes!)

Achei importante que esse ano durante a sua apresentação, sua performance foi toda pautada na inclusão e por isso ele resolveu assumir de vez que usa uma prótese de ouro no lugar do braço.

Mais do que importante, achei humilde, porque faltou cravejar uns diamantes nesse ouro, claro. Mas mesmo assim, reconhecemos que lutar pela inclusão é algo sempre importante.

Go Xustin!

Eu não conheço uma música da  Demi Lovato, não me lembro de um filme que ela tenha participado (sei que ela fez aquele lá da Disney, um dos menos importante, Quém!) e me recusaria a ser julgado por ela em um reality qualquer, mas conheço no mínimo umas 316 drags que já usaram algo parecido com a sua escolha durante a premiação adolescente e com muito “menas” condição, conseguiram fazer muito melhor do que isso.

E não tem aplique mixo certo. PÁ!

#NAOÉASELENAGOMEZNEMAVANESSAHUDGENS

Hayden Panettiere é aquela ex cheerleader que fomos enganados durante um curto espaço de tempo e deveríamos ter deixado fazer a passagem desde a sua primeira ameaça mortal…

Como respeitar alguém que escolhe se vestir inteira no mesmo tom do carpete da premiação?

Suspeito que a verba era pouca, ela pegou um pouco das sobras do “ticido” do tapetão, grudou umas lantejoulas e se fez mulher. Simples assim.

ZzZZZ

Só não consigo ter mais preguiça, porque tenho que terminar de escrever esse post…

NEXT….

Ai Zooey Deschanel, já gostei tanto mais de vc no passado…

Mas ok, temos três chances de voltar a nos dar bem:

a) Zooey deixa de lado o shape do vestidinho de sempre, meio cinquentinha, brecholento e com aquela cara de fundamento antigo, que a gente já gostou bem mais no passado, mas que hoje em dia não passa de mais um do mesmo e nela nos já enjoamos e não aceitamos mais

b) ou ela aprende a atuar comicamente falando e resolve o probleminha do tom da sua Jesse bocó & apatralhada demais em New Girl, que foi o motivo que me fez abandonar a série do adorável Schmidt (sim, New Girl deveria ser New Boy e ser a série dele), culpa que eu carrego até hoje, mas que não pretendo voltar mesmo assim. Não para essa Jess…

c) ou ela deixa eu entrar de uma vez por todas para a sua banda e assim fundar a minha sonhada “She & Him & Him”, onde com toda a minha influência de baterista (i wish…) vocalista (…i would) eu poderia convencê-la a melhorar nas duas primeiras opções e assim, seria um win win para todas!

E ai, qual vai ser Zooey?

Lea Michelle é tão desesperada por atenção quanto as bailarinas do programa do Faustão (que são mais competentes pelo menos, pq as do Gugu, nunca conseguem decorar uma coreô, nem as mais simples)

E só de pensar que ela é BFF do uncle Ryan Murphy e tem a chance de ficar de amigas fazendo trança espinha de peixe naquela careca, isso enquanto o Robert aparece no cantinho muito sentido colando a lista com a eliminação da semana, o Zach se auto abraça daquele jeito foufo que só ele sabe fazer e a Nikki continua sendo aquela megabitch de sempre, eu chego a pensar em encerrar com essa vida injusta… (a dela, claro, rs)

ZzZZZ

E já que o assunto é Glee, o que aconteceu com o Chris Colfer?

Cadê todo o fundamento & coragem de madame Kurt?

Nada no mundo justifica tamanha cafonice. NA-DA

#CHATIADA

Mas quer ver quem estava ainda pior?

Kevin McHale. BOOM!

Esqueçam o Kurt, porque o que nós queremos mesmo é saber o que foi que aconteceu com o nosso adorkable Artie?

Todo arruinado em estampa militar + sapato e camisa bicolor. Porque Cher, porque?

Juro que se ele viesse me dar o seu pente mágico nessa hora, é claro que eu aceitaria, pq ninguém sabe o dia de amanhã e o Ebay está ai minha gente, salvando vidas da falência, rs, mas não teria como receber o mimo sem lançar o meu olhar de julgamento mais profundo…

#NAOTABOMNAO

Mas nem tudo está perdido no McKinley High  e tivemos a presença do Chord Overstreet para garantir alguma magia vinda diretamente do coral que todas amam, mesmo bem básico e preguiçoso. As vezes, – é +…

E não é que agora ele será regular no elenco de Glee? Também, depois daquelas reboladas todas em formato de trapézio, a gente só poderia dizer: finalmente! (ZzZZZ)

Temos um recado para o Ian Somerhalder: dá para se esforçar um pouco mais?

Porque esse combo gola v + jeans + olhar apertadinho que todas já conhecem, está ficando meio óbvio demais, hein Boone?

Mesmo para o seu nível alto de magia. Höy!

Vamos lá, a essa altura todo mundo sabe o quanto o Guilt AMA a Gwen Stefani e toda a sua família, não sabe?

Então, por esse motivo, nos sentimos íntimos de Oliveira o suficiente para fazer o xoxo sem abalar a nossa amizade de ânus.

Precisava fazer essa volta do No Doubt tão literal, apostando no cabelo antigo daquela época mais antiga ainda, hein Gwen?

Não, não precisava. Vc não precisava.

E quando é que ela vai aceitar a nossa sugestán de lançar uma banda com os seus filhos? Aguardamos ansiosamente por esse lançamento já reservando um espaço especial para esse poster em nossas paredes (sim, as vezes bate saudade daquele adolly que fazia escolhas bem duvidosas de vez em quando, rs)

E com essa imagem acima, que é o sinônimo da cara da preguiça, encerro esse post sobre o Teen Choice Awards 2012 deixando a mensagem de que nada é mais preguiçoso nessa vida do que premiação de adolescentes.

ps: só eu acho que eles dois deveriam investir nesse namoro do truque? Seria tipo o encontro perfeito: Alface meets Nabo (♥ – Ew!)

 

♥ Já está seguindo a magia do Guilt no Twitter? Ainda não? @themodernguilt

Sempre muito frágil, sempre precisando de um boy para “cuidar” dela, sempre uma decepção…Humpf!

Maio 18, 2012

Não acho que essa mãozinha do noivo da Britney seja um sinal de cuidado e sim de ciúmes, de homem que gosta de controlar, sabe?

Tenho nojo… (pior é que parece que ela sempre vai precisar de um homem desse tipo, para tentar controlar os seus impulsos ou a sua falta de cuidado)

Mesmo porque, a bonita estava com as mãos bem livres e se fosse importante para ela, poderia a própria ter segurado a barra do vestido, não?

Ou será que Britney estava com as duas mãos ocupadas?

Se a resposta for a segunda opção e não a primeira bem óbvia (e mais provável), batemos palmas lentamente: Clap Clap Clap!

Zzzz

Coachella 2012 – A parte preguiça do festival que a gente preferia não ter visto

Abril 16, 2012

Sim, até um dos festivais mais bacanas do mundo sofre com a popularização, humpf!

Mas vejam bem, não quero dizer com isso que não é bacana que o festival seja um espaço para todos, porque todas sabem que o separatismo não é o plot do Guilt. Mas quando a preguiça e os wannabe hipsters passam a ocupar a maior parte das notícias sobre o Coachella 2012, nós começamos a sentir uma preguiça insuportável desse que já foi um festival magia.

E como apesar de tudo, nós ainda acreditamos no festival, na música e no fundamento, resolvemos dividir o Coachella 2012 em 2 partes, com o que foi bom e o que foi meio assim no festival. E é claro que a gente vai começar pelo xoxo neam?

Preparados para o pior?

E vamos começar por ela, a musa da edição 2012 do Coachella, só que ao contrário e de ponta-cabeça: Vanessa Hudgens! (Zzzz)

Ahhh esse pessoal do Highl School…(Faculdade nem pensar neam gata?)

Tem coisa mais pavorosa do que essa fantasia (porque pra mim isso não é um outfit) de Kakadawikka, dela? (“Night At The Museum” quote, rs)

#NAOTABOMNAO

Mas esse não foi o único look pavoroso (talvez tenha sido apenas o mais pavoroso deles) da nossa diva do High School preguiça…

Tem esse outro…PÁ!

E esse aqui também…PÁ!

E a pergunta que não quer calar é: em que pool party das amigués que a Vanessinha anda procurando os seus namorados?

Primeiro o Zac Efron (que significa até imóvel, de boca fechada e com a sua eterna cara de bom moço), agora o aleatório de Switched At Birth. Já podemos dizer que ela tem um tipo? SIM!

E a sugestão do Guilt para a Vanessa Hudgens é que ela desvie o olhar do time de patinação artística do High School (que também sempre significa, SEMPRE!) e comece a prestar mais atenção nos colegas de classe do time de Rugby. (que significa bem menos, porque as amigués espertas não se arriscam a perder os dentes por pouco, rs)

Sugerimos também que ela não faça mais a cockblock, porque o combo sleepers + calça dobradeeenha + regata paga mamilo = mais do que significa, hein?

Deixa essa borboleta voar!

Katy a Perry, parece que mesmo com o namorado novo e modela dela (sim, modela), ainda não superou o ex marido lindíssimo (NOT), porque esse look está ou não está Russel Brand demais, hein?

Depois ela bem que tentou fazer a moça virgem vinda direto do interior acompanhada dos seus gêmeos (rs), mas não colou e o look viúva do dia anterior conseguiu ser ainda melhor do que essa transparência horrorosa da nossa Katy.

E cadê que ela não se apresentou ao vivo? Tanto talento assim disponível e disperdiçado no gramado do festival? Numacredito? (euri)

Se eu fosse ela, tinha grudado na Ke$ha que também circulava na audiência do Coachella 2012 e tinha improvisado um acapella, ali mesmo. (imaginem a terra se abrindo em um racho profundo nesse momento, ao som dessas duas vozes maravilhosas! Se quiserem uma colaboração brasileira, sugiro um nome: Cláudia Leite – e com essa parceria, esse dia também ficaria conhecido como o novo apocalipse, rs)

Outro que pesou a mão no look desse ano foi o Jarde Leto neam?

Logo ele que é praticamente o embaixador da regatinha paga mamilo. Vai entender…

No dia seguinte ele até que deu uma melhorada, mais ainda assim estava pesado demais, não?

Ainda falando do look do meninos, também vamos deixar o Emile Hirsch preso na versão preguiça do festival, apenas por esse look de motoboy militar que não nos diz absolutamente nada, praticamente em um único tom de preguiça. WOO!

E com dor na minha varinha mágica, vou ter que dizer que esse look da Emma Watson com bota de cano alto e salto quase fino #NAOTABOMNAO, humpf!

Achei preguiça, achei Pussycat Dolls e achei que a Hermione merecia um toque a mais de magia…(falando em magia, esse é o seu novo boy magia, Will Adamowicz)

Fugly (Beija Perez Hilton), que não é lá uma pessoa de muito prestígio para se ter em um festival, neam?

Se bem que, poderia ser pior e ela poderia estar cantando com a sua banda preguiça. (NÃÃÃÃÃO!)

Ou seja, antes ter uma Fergie caminhando feito hippie preguiça no gramado (mesmo porque ela vem acompanhada de um acessório até que interessante chamado Duhamel), do que ter os 25 integrantes do BEP juntos no palco, que seria algo como pedir para morrer sob torutra com requintes de crueldade. WOO!

Gerard Buttler, que ultimamente só vale a pena, por quem anda por perto dele, tipo o moço com as tattoos espaçadas a sua frente. Höy! (para o desconhecido)

Será que isso é um sinal de que significa? (pensando sobre o assunto…)

Kellan Slutz…Zzzz (sono profundo)

Vamos a fórmula de Kellan:

cara de Zacharias antigo + corpo de gogo boy + cabelo do Belo = TODAS PASSAM! (ou pelo menos deveriam…)

E o Boone, hein?

Fiquei com a impressão de que ele estava com o mesmo figurino do ano passado. Seria o chapéu?

Ou essa pulseireeenha de bolinha, que já foi budista e hoje eu não sei mais o que representa ou se  ainda reresenta? (NOT, claro!)

ps: vou pular a imagens dele com sua namorada colega de trabalho, por questão de não acreditar no “gênero”…

Rachel, Finn, Puck e Bocão reunidos no mesmo lugar e nem arriscaram um encontro/flash mob?

Tudo bem que faltaram os nossos preferidos (Porcelana + Artie + Santana + Brittany + Becky Evil), mas ainda assim, acho imperdoável que não tenha saído nem pelo menos o refrão de “Don’t Stop Believin’”…

Três últimas considerações sobre o Glee Club no Coachella:

1) O que é a cara de vendida da Lea Michelle, tirando foto no lounge como se fosse para a revista Caras (que já é bem meio assim) e descobrindo dois segundos depois que além de tudo, era para a Contigo?

2) O que é o figurino de bad boy motoqueiro de BMX do Puck?

3) Só eu fico imaginando a Rachel na frente do palco, com uma mão no ouvido e a outra à la diva, tentando alcançar notas maiores do que quem estiver se apresentando no mesmo palco? (rs)

LiLo em liberdade. SEGURA!

E esse figurino de quem foi ao Coachella para arrecadar? Hein?

$$$ Catching (assim esperamos, porque as contas continuam chegando…)

E para finalizar essa versão preguiça do primeiro finde do Coachella 2012 temos ela, minha arqui-inimiga do momento, aquela que no ano passado levou a sorte grande bem grande (não vou falar muito sobre pq ainda me sinto magoado, mas procurem no meu post antigo da outra edição do festival): Teresa Palmer, também conhecida como megabitch.

A respeito dela e do seu figurino pavoroso preguiça e medonho, eu não tenho nada o que falar, a não ser que essa roupinha é inteira horrenda e que eu continuo achando ela uma megabitch evil. Mas nesse caso, o meu recado tem nome e endereço certo e em caixa alta, simbolizando a mágoa do caboclo de alguém que ainda não se conforma:

VC PODERIA FAZER MUITO MELHOR DO QUE ISSO, SCOTT SPEEDMAN! PÁ!

ps: Scott que é o meu muse do Coachella de todos os anos e que não esteve no festival nesse primeiro finde (SIM, Tez esteve sozinha, algo que tem se tornado constante… significa?). Será que ele percebeu que não valia mais a pena?

Lindsay foi presa de novo ou ganhamos a sua mais nova versão?

Abril 9, 2012

Não, Lindsay não foi presa de novo, obrigatô!

E também ela não deixou o seu strawberry blonde virar uma água de salsicha preguiça…

…e sim a atriz Amanda Bynes, que foi presa no finde com esse cabelo meio assim (de hipster que não convence), pega no colocón ao volante e resolveu sair assim disfarçada de LiLo da delegacia, só que com menos condição.

Seria essa uma tentativa desesperada de Amandita de voltar para a media?

Seria essa uma promessa da nova Lindsay?

Seria esse o marco do novo anúncio da sua aposentadoria, como ela já fez (e nos enganou) no passado?

Será que a a gente consegue permanecer de olhos bem abertos antes de entrar em coma depois de ler esse post sobre alguém tão importante e que todas nós amamos, só que ao contrário e de ponta-cabeça?

Zzzzz

Inaugurando hoje o cantinho do “Think Again”: Madonna e o seu M.D.N.A

Março 27, 2012

Alguns artistas eu confesso que tenho uma dificuldade imensa de criticar. Talvez por culpa…uma culpa moderna, não sei, rs. (The Modern Guilt – jazz hands)

Por isso, para evitar o chocho de quem eu ainda tenho alguma esperança de ser próximo nessa vida e também porque eu estou numa fase mais foufa, resolvi criar um nova categoria aqui no Guilt que será o cantinho do “Think Again” que é para onde a gente vai mandar (sempre de ponta-cabeça) tudo o que a gente achar meio assim de quem a gente realmente gosta por um motivo qualquer, para repensar seja lá o que for que a gente achar necessário. Tipo um cantinho do castigo, sabe? (na minha escola antiga bem antiga, colocavam as crianças indisciplinadas contra a parede quando pegos fazendo algo meio assim na hora do intervalo e na única vez que fui parar lá – pq fui pego, não que tenha sido a única vez que aprontentei, rs – acabei recorrendo aos meus instintos artísticos de ator e forjei um choro bem sem vergonha, só para ganhar a liberdade do castigo, rs)

Enfim e inaugurando a nova categoria do Guilt temos Madonnão e o seu M.D.N.A, do qual eu me recuso falar qualquer outra coisa (boa) a respeito…(Zzzz)

Por isso ela será a primeira a inaugurar o cantinho do “Think Again”, até que a gente mude de ideia quanto ao seu novo álbum lançado ontém…

E só para não dizer que eu fui covarde e não falei nada, digamos que essa faixa aqui diz muito sobre o novo trabalho da rainha do pop.

Para (ela) repensar…

Não faz a Claudia Ohana albina, hein Katy Perry?

Março 23, 2012

Vamos deixar a depilação em dia minha filha, que esse moitão está mais puxado do que aguentar as suas performances ao vivo. WOO!

Ops…era o topete da bailarina? My bad…

Sorry, mas não resisti a piadinha da bagina invertida (The Office quote)

Aproveitando que estamos falando de Katia…vcs viram o novo video dela? (“Part Of Me”)

Vergonha define… (preguiça também)

E caso Katy Perry não tenha conhecimento, Demi Moore no passado antigo, fez um filme bem mais fundamento (e olha que estamos falando da Demi Moore, e não da Meryl Streep hein?) sobre mulheres no exército do que o seu video, onde a Recruta Perry aparece maquiada até o último cílio postiço.

#VERGONHA

ps: me recuso a posta o vídeo preguiça…Zzzz

O dia em que o mundo ficou sem extensões de cabelo preguiça e lápis/delineador de olho preto

Março 16, 2012

Que foi o dia em que essas duas se encontraram neam? BOOM!

Disse que nessa data, não teve Sephora nem cabelo natural de indiana certo! É o que dizem…

Preguiça…Zzzz

Assim como os adolescentes de 13 anos em Skins, nós não somos nenhuma Taylor Swift…

Março 8, 2012

…e nem gostamos dela (piadinha do último episódio de Skins “6×07 Alo” que eu achei divertidíssima. Também gostei da piadinha com a menina chamando o Alo de “Chris Brown”, quando ele a segurou pelo braço), mas esse seu biquíni é bem bom, não?

Maravileeeandro!

Mas apenas o biquni, porque nós continuamos achando a Taylor Swift muito preguiça. Zzzz

Mesmo imprimindo peruca boa, ainda assim está bem melhor

Janeiro 26, 2012

Não sei, acho que é a cor que eu achei meio fake, mas que está bem melhor do que aquele curly sem vergonha e sem graça de sempre, isso está.


%d bloggers like this: